Teishoku na Folha de SP

Olá a todos,

De volta do feriado de meio de semana…nada melhor do que comer um Teishoku, não é não? O Gourmet San foi inspirado hoje a escrever esse post devido a reportagem no caderno Comida, da Folha de SP, também disponível em: http://folha.com/no989579

Vocês sabem o que é um Teishoku? O Teishoku é a opção de prato feito da gastronomia japonesa, onde vários elementos diferentes da culinária são servidos em conjunto, para assim agradar a pessoa que deseja saciar sua fome, geralmente durante o almoço. O teishoku é servido na grande maioria dos restaurantes japoneses e, com certeza, em todos mais tradicionais.

O prato é variado, da mesma forma que os nossos PFs (pratos-feitos) ou comerciais, ou seja, ele pode ser composto por diversos elementos diferentes (peixes, aves, camarões, bolinhos etc). Em sua grande maioria, ele sempre incluirá uma ochawan (= tigela) de gohan, uma de missoshiro, algumas fatias de sashimi e um peixe grelhado, geralmente Anchova ou Salmão. Atenção, não confundam o Teishoku com o Bentô, que é, de modo grosseiro, a marmita japonesa, preparada em casa.

Na reportagem da Folha de hoje, encontramos a seguinte ilustração:

Ilustração por Lydia Megumi

Mas além destes badalados restaurantes indicados pela Folha, como o Kinoshita, muitos outros servem essa ótima opção de almoço japonês. Aqui mesmo no Gourmet San já citamos diversas opções: O Hideki na Bela Vista, pelo Restaurant Week, o Wara na Brigadeiro Luiz Antônio, o Yakitori Mizusaka perto da Av. Paulista e o Mitsuyoshi perto da Al. Santos, no Paraíso. Este último é campeão de teishokus, ao sentar no balcão, você pode presenciar em certos momentos o sushibar ficando pendurado com pedidos deste prato, um atrás do outro!

Os preços do Teishoku variam, sem dúvida nenhuma, sobretudo pelo o que será servido e pelo nível do restaurante (que esperamos que sempre case com a qualidade dos pratos).

Na cabeça do Gourmet San, o Teishoku é a ótima opção para quem quer conhecer o outro lado da gastronomia japonesa, que foge um pouco dos clássicos sushis e “-makis” (enrolados conhecidos como uramakis, hossomakis, temakis etc), mesmo que eles ainda façam parte da refeição, não são o carro chefe. Você poderá provar o delicioso gohan (diferente do shari, arroz já temperado para o sushi), os peixes grelhados ou na chapa entre as outras opções como guioza, harumaki, tempurá de camarão ou legumes etc.

Aliás, se puder, vá ver a foto linda que a Folha de SP colocou do Teishoku do Kinoshita, com um salmão, que se não me engano é o mesmo que o Gourmet San comeu em sua visita, um que fica marinado no missô por 7 dias! Sensacional!

Aqui abaixo uma foto daqui do próprio Gourmet San do Teishoku exemplar do Hideki!

Fica a dica

Abraços

Gourmet San

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *