Restaurante Meu Sushi – comida japonesa delivery na madrugada de São Paulo

Olá a todos!

O Gourmet San teve sua primeira experiência com comida japonesa delivery e está aqui para contar como foi! O restaurante japonês escolhido foi o especializado em delivery, o Meu Sushi, localizado na Al. Campinas, 1179, tel: 3051-6701 (www.meusushi.com.br). Eles abrem de segunda a quarta-feira das 19h às 2h e de quinta a sábado das 19h às 3h! Ou seja, se você tiver fome de comida japonesa de madrugada, já tem uma opção! Mas vamos ver se vale ou não!?

Pedir sushi por delivery pode ser um pouco duvidoso, certo? Afinal você não tem como reclamar pro garçom ou pro sushiman, o que vier você provavelmente comerá, pois estará morrendo de fome, então a entrega e a qualidade dos pratos tem de ter um cuidado todo especial! Nesse ponto o Meu Sushi realmente capricha, eles possuem embalagens exclusivas que trazem os combinados de forma perfeita e bem montada!

Parando com as enrolações, fizemos o pedido e após 45min, num dia de tempestade em São Paulo, chegou a entrega!

Vieram as duas sacolas abaixo:

Nosso pedido até que foi extenso, pois estávamos famintos!

Abrimos logo as sacolas e fomos ver o que estava dentro e como são essas embalagens exclusivas para delivery de comida japonesa do Meu Sushi! Veja como vieram os pratos!

Como podem ver, as embalagens realmente seguram a temperatura interna, ainda bem, ninguém merece comer um hot roll gelado, não é mesmo? A embalagem acima a direita, mais embaçada, é a do atum selado com purê de wasabi, falaremos mais abaixo.

Para cada pessoa eles enviaram um conjunto desse com hashi, 3 frascos de mini shoyo, recipiente de plastico para por o shoyo, guardanapo e um chiclete japonês de laranja!

Eu gostaria que vocês atentassem para a qualidade da embalagem do hashi, de verdade, fiquei impressionado, achei até um pouco exagerado, parece que eu estava comprando um hashi personalizado! Pedi para minha intrépida companheira ruivinha, com suas mãos cuidadas,  que demonstrasse onde vem os hashis.

Ok…ok…vou parar de falar de embalagens e partirei logo para a comida! Desculpem a enrolação, mas é que realmente é algo que o Meu Sushi parece que se preocupa!

Bom, estávamos famintos, afinal era mais ou menos 20h e minha última refeição tinha sido o almoço.

O primeiro prato de que falarei será o combinado de salmão! Ele vem assim como você vê abaixo, montadinho, nada fora do lugar. Gostei bastante da variedade, 8 sashimis, 2 nigiris, 4 uramakis e 2 jyos. Sai por 49,90

Tudo estava muito bom, talvez o arroz estivesse um pouco fora do ponto, mas a qualidade do peixe estava ótima. Fiquei  feliz com a quantidade de salmão em cada peça, a pior coisa é quando miguelam no salmão…Resumindo, os sushis e sashimis vieram em tamanhos corretos. O preço, não se alarme, comentarei tudo no final da review.

Aí vai um zoom pra vocês:

Agora vou falar do prato que mais nos impressionou, de longe. Nunca tinha provado purê de wasabi, na verdade, quando li no cardápio, nem sabia o que esperar, afinal poderia vir algo intragável com o gosto forte e picante do wasabi, porém não foi o ocorrido, ainda bem. O atum selado com purê de wasabi é uma delícia. Ainda bem que a embalagem deixou o purê quentinho para comermos, raspamos tudo. O prato sai por 49,90 também.

Então, para deixar claro, não se trata de um purê unicamente de wasabi, é um purê de batata com um pouco de wasabi, o resultado final é que fica bom demais. A grossura dos sashimis de atum também me surpreenderam, achei que fossem vir mais finos, mas vieram em cortes japoneses, ou seja, mais grossos que os costumeiros sashimis de restaurantes de rodízio. Ou seja, apesar do preço parecer bem salgado, eu acho que é justo o que serviram, primeiro que purê com wasabi você não vê em lugar algum e os cortes de sashimis foram super generosos, os 8 sashimis servidos poderiam facilmente se tornar 16, ou até mais!

Se aqui entra uma crítica, é o processo de selamento do atum. Apesar de ter sido um belo pedaço de peixe e que tenha sido cortado da maneira correta (vejam as fibras perpendiculares),  acho que ele passou um pouco do ponto na frigideira, fica mais bonito quando há o contraste mais forte entre a parte selada e o vermelho vibrante do atum dentro. Mas eu desconfio que no trajeto de entrega, o peixe tenha continuado a cozinhar um pouco mais dentro da embalagem. Bem, talvez essa seja a dificuldade de misturas pratos frios e quentes, mesmo que fiquem uma delícia. Aliás, eu quero a receita do purê com wasabi! Um zoom pra verem de pertinho:

O prato seguinte foi o mais simples que recebemos, é o Hot Roll de salmão Meu Sushi. Ele estava gostoso, quentinho e veio numa quantidade boa, eu não esperava, 11 enrolados, ou seja, eles fritaram 2 rolinhos antes de cortar, também acompanha uma generosa quantidade de cebolinha! Mas a receita que eles usam é bem diferente da favorita do Gourmet San! Eu prefiro a que fazem o enrolado com alga por fora e dentro com salmão cream cheese e kani. Essa porção de hot roll salmão sai por R$ 27,90.

Mas eu sei que eu posso estar sendo um pouco fresco, pois esses uramakis enrolados são gostosos. O Meu Sushi enviou um potinho com molho tarê, porém não tínhamos colocado ainda! Foto mais de perto:

Agora, pro final, um dos melhores pratos, se não o melhor, o combinado frutos do mar do Meu Sushi. Que além do 3 jyos de salmão, e os 2 nigiris, ainda vierem 2 nigiris de camarão, uns 6 sashimis de polvo e o melhor de todos, 4 nigiris de polvo com finas fatias de limão por cima! Nunca havia provado dessa forma, aprovadíssimo! Ele tem o preço mais salgado de todos, sai por R$ 67,90! No site ele contempla 2 outros enrolados que não vieram, que eram com ovas, acho que por isso eles enviaram algumas substituições. Eu sei que muitas pessoas não são fã de ovas, porém há outros, como eu, que esperavam comer as ovas, pena!

Se você não gosta de polvo, não sabe o que está perdendo, minha intrépida companheira ruivinha também não gostava, mas depois de conhecer, virou o prato favorito dela!! Além do polvo, os nigiris de camarão me agradaram bastante, utilizaram camarões de tamanho ok, sem miguelar.

Bom, a experiência com o restaurante japonês Meu Sushi foi boa. São talvez os únicos especializados em delivery de comida japonesa em São Paulo, inclusive de madrugada e fazem um bom serviço. Os preços a primeira vista parecem ser um pouco elevados porém valem cada centavo.

Talvez o que eleve um pouco o preço seja justamente as embalagens personalizadas e patenteadas por eles, que funcionam muito bem aliás. Mas acho que deveriam procurar um meio termo entre quais embalagens usar, por exemplo, nenhum cliente ligaria em receber hashis em embalagens tradicionais de papel. Até no Kinoshita é de papel! Todos pratos pedidos acima alimentam 3 pessoas, para 2 foi um pouco demais, comemos além da conta!

No final das contas, acho que o Meu Sushi tem tudo para crescer, sobretudo em sua área de entrega atual, bairros nobres de São Paulo. Sei de muitos hotéis de altíssimo nível, como o Fasano, que precisam se virar para achar opções de entrega em plena madrugada para satisfazer seus hóspedes. Também há muitas empresas na região que, sem dúvida, contratariam o serviço do Meu Sushi para delivery durante reuniões e coffee breaks.

Outra nota é que eles infelizmente só atendem a noite! Eles dariam um baile no Flying Sushi na hora do almoço!

Até a próxima!

Abs

Gourmet San

Restaurante Hisa – um almoço no Japão ( Fechado =( )

Olá a todos!

Hoje o Gourmet San almoçou no 3º e último restaurante japonês da Galeria Ouro Branco. Depois do Sushi Guen e do Yakitori Mizusaka, a vez agora é do Hisa! Localizado na R. Manoel da Nóbrega, 76, cruzamento entre a Av. Paulista e a Brigadeiro Luiz Antônio.



É importante dizer que o Hisa não fica atrás dos outros dois, e é incrível como cada um desses restaurantes japoneses vizinhos são ótimos com suas propostas diferentes. O Sushi Guen fica mais com o lado do sushi e sashimi de alto nível e outros pratos correlatos. O Yakitori Mizusaka traz o lado do churrasco, com os peixes feitos na churrasqueira, pelo próprio dono, em frente ao balcão. E o Hisa…bom, este post é pra isso mesmo!

Eu já havia ameaçado comer no Hisa algumas vezes, mas em todas recuei pois tinha a impressão de que não conseguiria me comunicar lá dentro! Sempre que entrava, só tinha japoneses, de ambos os lados do balcão, inclusive com o cardápio praticamente apenas em japonês.

Mas dessa vez entrei com coragem! O balcão estava cheio, uma senhora japonesa atendendo no balcão e outra descendo as escadinhas do 1º andar. Perguntei se podia subir, ela disse que sim, mas que lá era tatame! Subi e realmente era tatame com decoração toda japonesa, umas 5 mesas com tatames e almofadas. Me sentei aguardando uma delas subir, ela me deu o cardápio abaixo e foi atender outra mesa ao meu lado.

Infelizmente a luz do teto pegou o preço da 1ª opção, mas digo a vocês que é o teishoku e que custa 30 reais e foi a que escolhi! Para quem não sabe, teishoku é como se fosse o PF (prato feito) japonês, o Gourmet San já fez um post sobre ele, clique aqui.

O serviço é extremamente preciso, é incrível como os pratos chegam aos clientes com uma ordem justíssima, não tem atropelo!

Bom, vamos ver o que contempla o teishoku do Hisa?

 

 

 

Parte 1: anchova grelhada, tempurás de camarão e vegetais, sashimi e gohan.

Parte 2: missoshiro e o pote com gohan para você se servir mais.

Uma das senhoras japonesas me serviu todos os pratos e ela mesmo colocou o arroz (gohan) na minha cumbuca. Agora vamos ver a análise de cada prato!

Anchova grelhada: comparada a do Yakitori Mizusaka, eu achei essa mais bem temperada, porém com menos carne e com muitos espinhos, muitos mesmo, não recomendo para pessoas com problemas com espinhos, só para quem tem paciência! Porém, como eu disse estava bem gostoso.

Tempurá de camarão e vegetais: estavam todos ótimos, uma das razões que pedi o teishoku foi justamente por esse prato estar incluso, como pude atestar das outras mesas. Os tempurás de camarão (2) estavam muito bons, bem temperados, assim como o de batata doce e dos outros vegetais. A única pena é que eu ainda estava na memória o tempurá do Aizomê, com sal especial e limão sisciliano, que será difícil de esquecer de tão bom.

Gohan: o arroz não tem muito o que dizer, estava bom, macio e bem grudadinho! Lembrem-se que este não é o shari do sushi, é o gohan, Gourmet San já explicou a diferença no post da receita sobre o shari! Clique aqui para a receita.

Sashimis de atum, salmão e peixe branco: simplesmente ótimos, o de peixe branco veio em fatias gordas e bem macias, o de salmão nada de especial, agora deixo por último o sashimi de atum. Vejam o degradê formado no sashimi de atum, do claro pro escuro, assim como as fibras perpendiculares, isso significa que foi servida uma parte muito boa do peixe e que ele também foi cortado com sabedoria. Nota 10 ao Hisa pelo sashimi de atum! (Suspeito que importam do Sushi Guen…hummm…).

Aqui mostro pra vocês o lado direito da minha mesa com a missoshiro, uma saladinha japonesa e o recipiente com o gohan. Esse recipiente é uma beleza, ele não é tão profundo como parece e dá vontade de montar um tirashi-sushi! Mas fiquei na vontade…

De sobremesa ainda me serviram uns pedaços de laranja bem doce:

Eu não tirei fotos, mas logo no início me serviram de cortesia o chá verde! Como sempre digo, um bom restaurante japonês serve essa bebida sem cobrar nada!

O Hisa me surpreendeu pela comida e pelo ambiente. Quem não gostou foi minha coluna pois sentar no tatame, sem encosto, necessita de alguma prática que não possuo!

Retornarei sem dúvida, vale muito a pena. Agora uma dúvida que paira no ar…quando fui pagar a conta não vi mais ninguém além das duas senhoras japonesas, será que elas tomam conta de tudo sozinhas? =O!

Abraços

Gourmet San