Home / Bairros / Mori Sushi por Daniel Hirata!

Mori Sushi por Daniel Hirata!

Olá amantes de uma boa comida japonesa,

Gourmet San como todos sabem é fã do restaurante japonês Mori Sushi da rua da Consolação, 3.610 nos Jardins (www.morisushi.com.br), isso é óbvio percebendo o número de posts que já foram feitos sobre o notável rodízio de sushi que servem! Alguns que vocês devem ler são: Omakasê do Mori, Criatividade e Renovação e por fim a Cartilha do Mori Sushi.

A grande maioria dos posts você encontra fotos de pratos montados pelo lendário Retalhador, ex-sushiman de lá, e sua brigada do balcão. Desta vez porém tivemos uma experiência diferente, fomos servidos pelo sushiman chefe: Daniel Hirata! Há tempos que Daniel não trabalha rotineiramente no balcão do Mori Sushi, pois no passar do anos ele adquiriu tarefas administrativas e gerenciais, afinal não tem como né, um restaurante com tanto giro precisa de foco!

Não foi sorte termos encontrado Daniel Hirata em dia de labuta no balcão, entramos em contato com o restaurante para saber quando que ele trabalhava no salão. Fomos informados que isso raramente acontecia e acabamos ficando conformados com isso. Porém, num belo dia, recebemos um feedback de que por um acaso ele trabalharia aquela noite! Nos programamos para ir, reorganizamos a agenda e seguimos a noite para o jantar!

Chegando ao Mori, é o que sempre digo, não tem moleza, para sentar no balcão você tem de chegar cedo ou ter paciência para esperar! Esperamos, e quando chegou nossa vez fomos em direção ao balcão do Daniel! O rodízio estava pelo preço de 71 reais e o jantar está todo abaixo, ponham o babador!

Se tem um único prato que não abro mão no Mori Sushi é a clássica entradinha dos sushis flambados:

É simplesmente delicioso! Não dá nem pra dizer, só não peço mais pois fico com vergonha de pedir muito da mesma entrada, mas sem dúvida vale a pena! Se for lá, peça, e mais que um por pessoa, recomendo uns 3, assim como fizemos, ahahha.

Logo depois Daniel já nos serviu uma série magnífica de sashimis! Atum, salmão, pargo, serra, robalo e um peixe especial  importado que veio em conserva na alga! Vamos dar uma olhada em todos!

O primeiro abaixo é o delicioso sashimi de salmão do Mori, eles sem dúvida escolhem muito bem seus peixes pois o salmão tem um sabor que se destaca muito dos outros restaurantes que oferecem rodízio! Ok…talvez no Hideki os peixes sejam um pouco melhores ainda!

Também nos foi servido o clássico sashimi de atum, estava bem firme e com o sabor normal, não foi um sashimi espetacular como o de atum pode ser, mas estava bom.

A partir de agora, pratos que vocês realmente tem de prestar atenção, pois não é no peixe que mora o segredo.

O primeiro peixe é o robalo com folhas de shissô picadas! Vocês não tem noção do poder de aromatização que essas folhas dão, elas acrescentam muito sabor do prato! É simplesmente demais, traz uma refrescância única!

Abaixo um peixe que não é fácil de fazer, é o peixe pargo! Para fazê-lo não basta apenas fatiar um peixe fresco, a pele precisa ser rapidamente banhada por água fervendo e depois o peixe precisa ser colocado rapidamente na água com gelo! Bom, não é fácil de fazer, eu mesmo já tentei e não deu muito certo! Contei a história ao Daniel e ele disse para não me preocupar pois é difícil mesmo! É um peixe delicioso e a momiji oroshi (mistura de nabo e pimenta) completa o sabor perfeitamente.

Agora um clássico que aprendi a apreciar no Mori, sashimi de polvo no sumissô, que é um molho a base de missô. É incrível também, coisa que depois de comer você pensa: preciso aprender a fazer em casa! O polvo também não fica para trás, estava bem macio, afinal das contas ninguém merece polvo borrachudo!

Por final um peixe que não lembro o nome, me desculpem! Mas é este abaixo, um peixe que veio importado, em conserva e com uma alga grudada nele para dar um sabor especial! Foi uma grande surpresa, gostei muito mesmo!

Seguindo o jantar, Daniel nos serviu algumas entradas bem inspiradas. Segundo ele mesmo, quis aproveitar o belo robalo que tinham disponível e fez um usuzukuri delicioso:

A entrada acima talvez seja uma das melhores que qualquer restaurante possa servir. Na minha visão o usuzukuri serve muito bem como início de um jantar japonês, é bem refrescante e não enche muito! Parece que abre o apetite!

Seguindo no jantar, Daniel nos serviu um prato bem famoso, sobretudo nos EUA, é o Ahi Poke, que é como se fosse um tartar de atum, onde o peixe é temperado com diversos ingredientes diferentes! Essa receita é oriunda do Havaí e você a encontrará facilmente em restaurantes da América do Norte. O servido para nós estava muito bom, infelizmente vocês não podem experimentar, só ver, haha:

Bom, é isso que eu chamo de bom jantar japonês, ótimos sashimis e entradas que não ficam atrás. Para continuar a refeição Daniel optou por nos servir sushis, o que eu pessoalmente aprovo muito, eu não consigo entender pessoas que preferem sashimi a sushis, o arroz japonês temperado para sushi, chamado de shari, é uma das maiores delícias que existem!

Não vou mais deter vocês, Daniel nos serviu diversos nigiris diferentes, tudo bem fora do comum, abaixo vocês verão nigiri sushi de robalo com folha de shissô, pargo com momiji oroshi, serra e camarão!

Não tem nem o que falar saber, nigiris feitos de forma perfeita e o melhor, não são comuns, todos tinham detalhes para enaltecer o sabor, desde a folha de shissô, passando pela momiji oroshi, alho frito e por final esses brotos de nabo no nigiri de camarão! Dá vontade de esquecer os sushis normais que você come rotineiramente e só comer assim! Aviso: é viciante comer sushi bom.

Além desses nigiris, Daniel nos serviu jows também, que estavam ok, nada de especial se formos comparar com o jantar até então:

Também nos serviu uramakis especiais, muito gostosos. Se tem algo que acho que o Mori acerta em cheio são os uramakis! São sushis que são muito mal feitos na maioria dos restaurantes mas eles tem um potencial gigantesco que na maioria das vezes é subaproveitado. O Mori Sushi acerta também no tamanho dos uramakis, fazendo a relação recheio x arroz muito bem, assim como o tamanho do sushi em si para o colocarmos inteiro na boca, que é o correto. Sem mais delongas, vejam o uramaki servido, com salmão e camarão! Faltou só o molho tarê!

Seguindo, como é de praxe do Mori, Daniel nos perguntou o que queríamos, se faltou algo que sentimos falta, tínhamos algum desejo especial etc. Sem dúvida nenhuma a 1a coisa que pedi foi o uraebiten, ou seja, um uramaki de camarão empanado!

Este sem dúvida é um dos melhores enrolados do tipo uramaki que você pode comer e até fazer para os outros, todos ingredientes combinam super bem e é um dos meus favoritos disparado!!! Neste de cima só faltou mesmo uma alfacinha para ficar um pouco mais leve, ela cai muito bem com o camarão, creamcheese e arroz!

Bom, como ir ao Mori não é coisa de todo dia, então sempre tento comer o máximo que posso para a saudade não bater tão rápido! Seguindo no jantar, deixamos com o Daniel para nos guiar no que mais ele tivesse em mente! E ele não nos decepcionou!

Primeiro foi um nigiri sushi de salmão skin super estilizado, utilizando um nori bem crocante envolvendo todo sushi! Foi a primeira vez que vi uma proposta dessa, me surpreendi, vejam abaixo:

Aproveitando a deixa do Daniel de nos perguntar o que queríamos. Informamos que talvez fosse interessante comer mais sashimi de polvo, pois é um de nossos favoritos! Daniel , além de nos servir o polvo, serviu também robalo, um prato bonito que eu nunca havia visto, inédito. Abaixo vocês veem sashimis de polvo e robalo com tomates cereja, azeite e cebolas roxas!

Após o prato acima não conseguíamos comer mais nada, estávamos 110% satisfeitos! Sempre gosto de deixar o sushiman que nos serve bem ciente disso, pois se te algo que odeio é o desperdício, nada pior do que receber um prato em que alguém teve um trabalho para fazê-lo e você não comer quase nada, afinal, tudo vai para o lixo depois!

Avisamos o Daniel que não queríamos mais nada e que estávamos satisfeitos! Porém, como também é de praxe de todo sushiman do Mori, ele disse que era muito cedo ainda e que precisávamos pelo menos experimentar um mais! Claro que quando um sushi chef pede para você experimentar um prato dele você não pode negar!! Sempre há espacinho para algo a mais, nem se a sobremesa ficar de fora!

Em pouco tempo Daniel nos serviu um par de sushi gunkan que ele disse é que é dos favoritos dele! O que vocês verão abaixo é um spicy gunkan tuna, ou seja um sushi no estilo gunkan de atum apimentado com tabasco!

Assumo para vocês que a pimenta foi um pouquinho demais para mim, sou fraco nesse quesito, mas Deus do céu, é um sushi delicioso, atum com este tipo de tempero, acompanhado de arroz e uma alga crocante é sensacional! Este vai pra aquela listinha dos sushis para fazer em casa também!

Nosso jantar acabou por aqui! Que dinastia de pratos não é mesmo? Daniel mandou muito bem! E algo que eu não citei foi o papo que batemos, sensacional, não é só comida que interessa quando você senta no balcão de um sushibar, aprenda também com o sushiman o que ele tem a ensinar!

A review fica por aqui! Espero que tenham gostado! O Mori Sushi é um restaurante fantástico e já fizemos muitas reviews dele, então é provável que fiquemos um bom tempo sem novas reviews, ok?

Vocês já foram ao Mori? Deixem suas opiniões abaixo!

Abs

Gourmet San

Comentários

comments

05 Passos para Fazer Sushi

About Gourmet San

Formou-se na Escola de Comunicações da USP mas segue carreira em uma multinacional do ramo da tecnologia. Compartilha no Gourmet San toda sua paixão pela culinária japonesa, que veio da visita de mais de 100 restaurantes diferentes, de centenas de horas de vídeos no Youtube e de muita leitura e bate papo com itamaes. Apesar de seus amigos acharem que ele só come sushi, não dispensa de forma alguma uma boa pizza ou um cheesebacon maionese.