Home / Bairros / Restaurante Hideki Pinheiros: rodízio com ovas, peixes frescos e mal humor

Restaurante Hideki Pinheiros: rodízio com ovas, peixes frescos e mal humor

Olá a todos!

Este provavelmente é o último post do Gourmet San no ano de 2011! Aproveito para agradecer a todos que acompanham o site com as informações da gastronomia japonesa e as reviews dos diversos restaurantes, em 2012 teremos muito mais e com novidades!

O restaurante japonês visitado desta fez é um velho conhecido aqui no Gourmet San, é o Hideki, Rua dos Pinheiros, 70
Tel: 011 3086-0685  (www.hidekisushi.com.br). As primeiras 3 reviews feitas deste restaurante japonês tão famoso foram feitas na unidade da Bela Vista, agora, pela primeira vez, a unidade do bairro de Pinheiros foi a escolhida. Se você ainda não leu as 3 primeira reviews do restaurante Hideki pelo Gourmet San, veja: review 1, review 2 e review 3.

Nesta oportunidade, o Gourmet San teve coragem e encarou o famoso e caro rodízio do Hideki de 85 reais! Sim bem caro não é mesmo? Mas vamos ver a seguir se ele vale a pena afinal das contas, é um rodízio que oferece ovas!

Cheguei cedo, umas 19h e pouco e não sabia o que esperar, afinal tenho aguardado ir neste rodízio faz um bom tempo, estava ansioso! O ambiente é bem diferente da maioria, cheio de detalhes orientais bem variados, mesas a direita, a esquerda um balcão até que grande, estava vazio! Eu, como sempre, ia sentar no balcão, mas como ele estava meio escuro, iria ficar ruim para as fotos, sentei na mesa. Porém havia uma plaquinha na mesa, que eu não tinha visto, e o garçom bem mal humorado me disse que tava reservada, ok, levantei e fui para o balcão mesmo.

Como a maioria dos restaurantes japoneses, achei que algum próprio sushiman iria me atender no balcão, afinal eles estavam em muitos ali, uns 5. Mas não, esperei…esperei…até que tive meio que chamar algum, que me informou que eu deveria pedir ao garçom antes mesmo. Consegui chamar a atenção de um garçom um pouco mais de idade e com muita cara de mal humor. Ele me deu o cardápio para escolher.

Enquanto escolhia, ele me serviu uma entradinha bem peculiar, vejam abaixo:

Ela estava gostosa! Me surpreendeu a sofisticação e mistura dos ingredientes!

Bom, eu fui logo a o que interessa, meu primeiro pedido foi: “um nigiri sushi de cada peixe, um sushi de cada ovas e duas fatias de sashimi de cada peixe menos o peixe prego.”

E aí, de forma ridícula, o garçom arranca o papelzinho de anotações e entrega ao sushiman que estava na minha frente. Algo interessante a se notar é que parte do balcão é responsável pelos sashimis e a outra parte pelos sushis.

Não demoraram muito e me serviram primeiro os sushis:

Todos absolutamente maravilhosos, não há o que dizer…Não mesmo, o arroz, o peixe, as ovas, o polvo, o jow, o camarão, tudo uma delícia e o que eu gostei foi que apresentaram nesse “prato” de madeira, bem tradicionalmente japonês!

Logo após me serviram o sashimis:

Também estavam perfeitos, imagino que os peixes que forneceram essas carnes eram enormes pois a maciez de cada pedaço é fenomenal. Outra fato a se comentar, sem dúvida, é como eles servem os sashimis, numa cumbuca com gelo embaixo, mantendo uma temperatura muito mais agradável! É algo que tentarei levar para meu sushi feito em casa!

Após essa primeira degustação dos clássicos de um restaurante japonês, fui para os extras:

O mesmo garçom, se mostrando prestativo apesar de mal humorado, me ofereceu ostras, pedi 3. Diferente das ostras do buffet do Hideki, estas vieram muito mais preparadas e mais apimentadas, até demais para o meu gosto, acho que exageraram no condimento! Mas estavam boas mesmo assim, serviram em cima do gelo também!

Tempurá de legumes e de camarão. Estavam ambos super sequinhos, uma delícia, apenas achei o tempurá de brócolis muito grande, mas o resto estava fenomenal.

Neste momento, após ter tido um contato maior com os sushimans, não de conversa é claro, mas apenas por terem me entregado os pratos de sushi e sashimi, resolvi pedir mais alguns sushis de ovas. Pedi primeiro o sushi de uni, para quem não sabe, uni são as ovas do ouriço. Pedi para quem me pareceu mais receptivo, porém ledo engano, ele era apenas o aprendiz ali, e foi falar com o sushiman responsável que fez muita cara feia e foi verificar, aparentemente, se uni realmente estava no cardápio do rodízio (mas estava!), após conferir com o garçom, me serviram o sushi abaixo:

Ok…sei que a aparência não ajuda, mas é uma delícia! A consistência é meio molenga mesmo, mas o sabor é de muito frescor! Vale muito, sobretudo num rodízio onde você pode pedir sem dor na consciência de afundar seu bolso!

Bom, entrei no ritmo das ovas e pedi novamente mais. Agora um sushi de cada tipo de ovas que eles tinham:

Me serviram 3 como visto acima, todas muito boas novamente, porém eu pedi 1 de cada!! No meu primeiro combinado me serviram uma laranja, poxa, cadê? Será que não entendem o recado? Fiquei meio decepcionado!

Para finalizar, resolvi pedir uns enrolados de ebi (camarão)…

E também mais uns sashimis de atum…

Como vocês podem ver, esse sashimi de atum não é o mais bonito de todos, (o verde em cima é wassabi que eu já havia colocado). Esses sashimis estavam, inclusive, piorzinhos que o que me serviram no começo! O que aconteceu é que eu estava sentado bem próximo aos filés de atum que são destinados para o sashimi. Eles colocam em uma ordem de qualidade, dos atuns mais magros até os mais gordos. Os gordos estavam lindos, sendo possível ver bem o degradê do claro pro escuro entre as fibras, mas os menos gordos, e provalvemente oriundos das costas do atum (akami), não estavam feios não. Porém levei uma negativa com cara bem fechada do sushiman, por pedir os sashimis mais gordos: “eles não fazem parte do rodízio” e me serviu estes…

A minha experiência gastronômica no rodízio do Hideki foi essa, a comida é sensacional, top mesmo! Eu recomendo, porém houve alguns pontos quanto ao serviço muito desagradáveis. Vou focar um pouco mais nisso agora.

Logo de início a falta de sincronia entre o garçom mal humorado, eu e o sushiman. Depois o sushiman não podia pegar pedidos diretos meus, mesmo eu estando no balcão e eles estando em 5, alguns deles nem uniformizados estavam. Depois, a falta de conhecimento dos próprios sushimans quanto a quais ovas estavam no rodízio e se estavam mesmo…No final o sushiman ranzinza que me negou o atum gordo (até aí tudo bem) e me deu o que parece ser as costas das costas do atum, ou o rabo. E no final, quando fui pagar, até a japonesa do caixa tinha cara de mal humorada, eu ali, pagando quase 100 reais num jantar e ela nem olhando na cara ou agradecendo a visita.

Além disso, no final da minha experiência chegaram outros clientes no sushibar, um deles obviamente é cliente de longa data e nesse momento um dos sushimans foi correndo limpar o balcão deles e servir de maneira pessoal e personalizada! Incrível! Claro que não espero o mesmo tratamento pessoal de quem vai lá sempre, mas no mínimo o mesmo serviço de balcão!

Muito estranho essa disparidade entre o Hideki Bela Vista e o Pinheiros, lá no Bela Vista ganhei até 1 nigiri extra! Ou talvez o forte do Hideki seja o buffet mesmo e não o serviço no balcão, o que é clássico no Japão.

O resultado é, o rodízio é incrível, porém eles são muito mal humorados lá dentro. Só voltarei se as pessoas que estiverem comigo quiserem ir ou eu tenha dinheiro disponível para arriscar um repeteco!

Abraços e bom ano novo!

Gourmet San

Comentários

comments

05 Passos para Fazer Sushi

About Gourmet San

Formou-se na Escola de Comunicações da USP mas segue carreira em uma multinacional do ramo da tecnologia. Compartilha no Gourmet San toda sua paixão pela culinária japonesa, que veio da visita de mais de 100 restaurantes diferentes, de centenas de horas de vídeos no Youtube e de muita leitura e bate papo com itamaes. Apesar de seus amigos acharem que ele só come sushi, não dispensa de forma alguma uma boa pizza ou um cheesebacon maionese.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*