Tonaktsu kare no Yakitori Mizusaka

Eae gente, tudo bom?

O Yakitori Mizusaka era um restaurante que eu frequentava muito uns anos atrás. Trabalhava na Av. Paulista e aproveitava muito esse tradicionalíssimo restaurante japonês que serve teishokus excelentes e para todos os gostos.

Se você ainda não foi ao restaurante, recomendo que leia minhas reviews anteriores que são de alguns anos e representam a essência do lugar, o teishoku e anchova grelhada e o de salmão, ambos muito bons mesmo. O próprio dono do restaurante tempera os filés de peixe, enfia os espetos de metal e os coloca na churrasqueira (sim isso mesmo!) bem na sua frente, isso se você se sentar no balcão no térreo, o que eu recomendo muito!

Bom, depois de uns bons anos, retornei ao Yakitori, pouca coisa mudou, as flâmulas do SPFC e uma foto do Rogério Ceni ainda estão perto do caixa, a televisão continua no canal japonês, o dono do restaurante a frente do balcão mas dessa vez acho que era o filho do casal no caixa.

Como estou na missão do “rolê do karê” pedi o tonkatsu karê! O preço do prato se nao me engano sai por uns 38 reais.

O dono do restaurante  separou na minha frente um filé de porco, temperou e bateu nele (do jeito que mãe bate em bife para amaciar a carne). Como de praxe o restaurante servia as saladinhas e otoshi abaixo:

Na parte de cima alguns vegetais cozidos beeeem japoneses, não soube nem identificar alguns deles. Na parte de baixo uma clássica saladinha de alface. Mas o destaque fica pra essa pastinha marronzinha perto da alface, que é a base de misso, simplesmente delicioso! Molhos a base de misso aliás é uma arte a parte.

Seguindo, me serviram também uma saladinha de shimeji com momiji oroshi, que é nabo ralado misturado com pimenta. Estava excelente também. Aliás o Yakitori Mizusaka é mestre em quantidade, as porções são sempre perfeitas para você matar sua fome sem sair cheio.

Pronto, chegou a hora, meu tonkatsu karê chegou!!

Me animou bastante a cor do kare logo de cara. Bem mais escuro que o usual, achei que estaria mais apimentado, mas não. Assim sendo, a cor mais escura definitivamente veio do modo de preparo com a mistura de alguma carne e vegetais. O sabor do karê estava bom, mas só, esperava mais.

Indo para o segundo elemento, o gohan, estava bem preparadinho mas veio numa quantidade descomunal, para vocês terem uma idéia sobrou metade no prato, me senti um pouco mal, porém a quantidade de karê e tonkatsu não é suficiente para comer o gohan todo. Recomendo ao restaurante diminuir um pouco o gohan e aumentar o kare e o tonkatsu.

Agora o terceiro elemento, o filé de porco a milanesa! Casquinha super crocante, porém parou por aí, infelizmente. A casquinha estava descolando da carne e o filé estava um pouco duro. Sendo bem sincero não gostei mesmo.

Acompanhando o prato veio um delicioso e bem amarelinho tamagoyaki com um bolinho de carne e esse outro vegetal que parece bandana agridoce que espero que meus amigos leitores me ajudem a identificar:

Como considerações finais, acho que o Yakitori Mizusaka possui um tonkatsu karê fraco. Porco a milanesa mal preparado e quantidade de gohan, karê e porco desproporcionais. Não acho que seja um pecado enorme desse restaurante, afinal não é o foco deles e isso ficou mais claro ainda.

Se for ao Yakitori Mizusaka, foque no clássica deles, os teishokus que saem da churrasqueira =)

Abraços

Gourmet San

Restaurante Yakitori Mizusaka – almoço com salmão grelhado na brasa!

Bom dia fanáticos por um salmão!

Depois de um bom tempo, o Gourmet San voltou a almoçar no Yakitori Mizusaka, localizado na galeria Ouro Branco, no cruzamento da Avenida Brigadeiro Luis Antonio com a Avenida Paulista e com a Manoel da Nóbrega. Gourmet San já possui uma review sobre este restaurante que é uma ótima opção de almoço na região da Av. Paulista, na primeira ocasião o prato central foi a anchova grelhada, mas desta vez vamos para um campeão, o salmão grelhado, direto das brasas de frente pro balcão!

O que eu gosto desses restaurantes verdadeiramente tradicionais e não super populares (no sentido de famosos) é que o preço quase não aumenta e se aumenta, é justo!

Chegando ao restaurante, ele continua o mesmo (ainda bem!), televisão sintonizada num canal japonês, o Sr. Mizusaka limpando peixes  e preparando filés para a churrasqueira, sua mulher preparando outros pratos e caixa, enquanto os outros funcinonários na cozinha, aberta. Você chega, senta no balcão e escolhe do cardápio português/japonês, as opções vão de R$ 20,00-30,00, o almoço com salmão grelhado sai por R$26,00!

Você não espera quase nada, já vão te servindo o que compõe a refeição enquanto o peixe grelha!

De entrada me serviram uma deliciosa saladinha japonesa de ovo com um vegetal que não me recordo agora, quem identificar, avise ao Gourmet San! Só sei que estava uma delícia mesmo!

A tradicional saladinha de alface, tomate e pepino. No Yakitori eles servem também esse bolinho de carne que é uma delicia, super leve! O tomate cereja estava super doce, incrível! Você só precisa colocar um sal e azeite pois ela não vem temperada!

Esses pratos abaixo vocês já cansaram de ver por aqui, certo? O arroz gohan e a missoshiro com tofu! A sopa de missô eu nunca tomo, mas o gohan faço questão de raspar a cumbuca!

Como todo bom almoço japonês nesse tipo de restaurante, servem também sashimis, geralmente servem salmão e atum! Estavam gostosos, não espetaculares, mas complementam a refeição como um todo, o wasabi estava especialmente ardido!

Em determinado ponto, o salmão ficou pronto e me serviram, os pratos grelhados sempre vem acompanhados com nabo ralado, como vocês podem ver no canto! Para os interessados em como fazer um belo pedaço de salmão assim, aqui vai o que eu consigo absorver apenas olhando: o peixe é limpo (obviamente), cortado em postas inteiras do filé, com aproximadamente um pouco mais de 1 polegada de largura. O sr. Mizusaka usa uns 3 espetos compridos e bem finos, como se fossem palitos de metal de uns 80cm, para espetar o peixe e ganhar firmeza no manuseio, assim ele tempera o peixe com o que eu imagino ser uma mistura de sal ou ajinomoto e mais alguns temperos, depois já coloca na churrasqueira, com a pele para baixo!

O salmão fica delicioso, a pele é muito saborosa e o tamanho da refeição e do salmão em si é suficiente para matar sua fome! Mas fique esperto, terá de comer tudo com os hashis! Sim gafanhoto…desenvolva essa habilidade!

Espero que tenham gostado de mais essa review!

Abs

Gourmet San

Restaurante Yakitori Mizusaka – a tradição da anchova grelhada

Boa noite gente,

Um dos restaurantes japoneses que mais frequento durante o almoço é, sem dúvida nenhuma, o Yakitori Mizusaka!

Absolutamente tradicional, o dono fica responsável pelos sashimis e peixes grelhados, enquanto a dona cuida do caixa. Ainda há uma cozinha que não para em nenhum segundo, preparando cumbucas atrás de cumbucas de comida para os clientes que chegam sem parar.

Localiza-se na galeria Ouro Branco, no cruzamento da Avenida Brigadeiro Luis Antonio com a Avenida Paulista e com a Manoel da Nóbrega.

Chegue e dê uma olhada no cardápio, de um lado japonês, do outro em português. Possuem muitas opções, umas 20, desde Lamen, até tempurá de camarão (ebiten). Eu já pedi muito o guioza, mas me rendi a anchova, ou como dizem por aí, “enchova”. O peixe vem muito bem grelhado e condimentado, o dono do restaurante grelha eles na sua frente (caso você sente no balcão), enfiando os pedaços de peixe, recém temperados, em espetos que vão direto pra churrasqueira.

Enquanto isso te servem os outros pratos, todos muito gostosos, uma saladinha com tomate cereja, alface entre outras coisas. Também é servido 6 fatias de sashimi, sempre 3 de salmão e 3 de algum outro peixe, geralmente atum ou o peixe serra.

O delicioso chá verde é cortesia, aliás, como deveria ser em todo restaurante japonês, nesses locais nem tenho coragem de pedir outra bebida! Sigo as tradições! O almoço vai de 20 reais mais ou menos para a Anchova e acompanhamentos até uns 35 reais para os camarões empanados com acompanhamentos.

Bom fica a dica, recomendo muito este local, não deixem de ir. Ah! De sobremesa sempre tem uma fruta, geralmente melancia ou melão!

Caso deseje que seu restaurante também seja analisado, envie email para contato@gourmetsan.com!