O incrível Menu Premium do Chefe Mario do São Paulo-Tokyo

Olá a todos,

Um tempo atrás fui conferir o restaurante São Paulo-Tokyo, do chefe Mario Tucillo. Diferente da maioria dos restaurantes japoneses de qualidade, que possuem um oriental liderando por trás do balcão, o chefe Mario, loirinho e com cara de sulista, te surpreende. Ele conhece muito de comida japonesa e já tem uma longa experiência!

Recentemente ele abriu uma nova filial do restaurante bem próxima da original. Localizado na Rua Pedro de Toledo, 399, São Paulo – SP, telefone: (11) 5083 6577.

O ambiente é muito bonito! Um vidro enorme na fachada, não deixando o ambiente escuro, poucas mesas e um enorme balcão! Eu fui lá exclusivamente para conferir o Menu Premium (R$78,00) que tanto o chefe Mario quanto os perfis de redes sociais do restaurante São Paulo-Tokyo postam nos últimos tempos. Bom não me arrependi!

O valor parece meio salgado, então vale como comparação com o rodízio do Mori Sushi, que é o que temos de melhor em termos de rodízio de comida japonesa na cidade de São Paulo.

O São Paulo-Tokyo possui 2 menus, um a la carte, e outro para o Menu Premium. Isso eu acho fundamental e respeito muito os restaurantes que fazem isso, ou seja, abrem o jogo de tudo que realmente servem para seus clientes, e permitem a eles pedir quantas vezes quiserem.

Sentamos no balcão e como a casa também é especializada em temakis, pedimos um de atum e um de camarão empanado! Estavam bons, mas não excepcionais, porém não é pelos temais que visitei a casa e sim pelo Menu Premium, então vamos lá.

Após os temakis, começamos com as entradas e alguns pratos quentes. Nossa escolha foram pelo guioza, harumaki (rolinho primavera), shimeji com lula e shitake na manteiga, vejam só abaixo:

Como vocês podem ver, o guioza foi feito no vapor, super macio e gostoso, só acho que faltou algum tipo de tempero na carne para senti-la mais. O shimeji foi servido junto com anéis de lula. Mas agora, vamos falar do outro congumelo! O shitake estava demais, simplesmente delicioso, eu pessoalmente prefiro o shitake ao shimeji, ele tem mais sabor!  Vale a pena citar que as porçõezinhas são pequenas, o que é ótimo e mostra que o restaurante não quer que você encha a barriga e não coma o resto.

Não posso esquecer do harumaki, rolinho primavera:

Fiquei super feliz em ver rolinhos primavera que me lembrarem em aparência os do restaurante chinês Ton Hoi, que eu sou fã (claro que os do Ton Hoi são inigualáveis). Eles vieram moreninhos, levemente tostados e com o recheio de legumes, sempre! Não acho legal harumaki de queijo, pastel de queijo como na feira, hahaha!

Preciso comentar algo super importante, esses tomates cereja foram essenciais para quebrar o sabor forte que fica na boca após o rolinho primavera e os cogumelos na manteiga. Afinal nada mais importante do que começar a provar peixes com o paladar limpo!

O Chefe Mario começou com um ussuzukuri de peixe branco (robalo), maçaricado com azeite, flor-de-sal, limão sisciliano e hiyashi wakame (que é uma alga japonesa especial):

Simplesmente delicioso! Demais! Demais! Um sabor novo, que eu nunca havia provado antes, o chefe Mario acertou em cheio. O robalo estava super macio e os temperos que ele colocou, junto desta alguinha verde especial fizeram este prato ser demais mesmo! Vacilei em não pedir um repeteco!

Seguindo, mas um prato com fatias de peixe, um carpaccio de salmão no molho ponzu, regado com azeite de trufas brancas, flor-de-sal e cebolinha:

Este prato também estava divino, o aroma de azeite de trufas realmente dá um toque muito especial. Mas este prato não é tão especial quanto o outro, porém ainda assim, é bem gostoso, acho que o chefe Mario poderia achar um substituto pro ponzu talvez, mas só estou dando pitaco, o prato estava excelente também.

A seguir, a 3a entrada especial do Menu Premium, o chamado sushi del fuego, que é um jow de salmão, recheado com salmão frito, temperado com mostarda, mel e molho teriyaki:

Gostei bastante deste sushi, é uma receita bem diferente de todos sushis flambados que já me serviram antes. A combinação funciona bem e o garçon foi prestativo o suficiente para nos falar para não comer o pepino que é utilizado como base deles. Isso é muito importante, nunca me esqueço de quando fui ao Kinoshita, como explicavam cada prato minuciosamente, faz toda diferença e damos muito mais valor!

Agora vamos para o ponto alto do jantar, os nigiris especiais do Chefe Mario.

Acima vocês veem 4 tipos de nigiris, atum com foie gras, salmão com azeite de trufas e raspas de limão sisciliano, robalo com oroshi e polvo com azeite de páprica!

Todos são absolutamentes únicos e deliciosos, tanto que eu repeti depois =) O Menu Premium vale a pena só por questão deles! Então vale a pena dar uma olhada mais de perto em cada um.

Nigiri sushi de polvo maçaricado com azeite de páprica:

Nigiri sushi de salmão maçaricado com azeite de trufas e raspas de limão sisciliano:

Nigiri sushi de robalo com momiji oroshi (nabo com pimenta) e raspas de limão sisciliano:

Nigiri sushi de atum com foie gras maçaricado:

Cada um deles é excelente em sua característica única. O chefe Mário acertou em cheio, não tenho do que reclamar! Dá pra ir no São Paulo-Tokyo pedir uns 20 variando entre os 4 e já ficar feliz!

Ahá, mas ainda não acabou! Temos ainda o combinado de sushi e sashimi com sushis especiais: uramaki ebiten (camarão empanado), jou de salmão com creamcheese, batera sushi crispy e um enrolado de salmão frito com salmão por cima. Vejam abaixo:

Este é o único ponto fraco do Menu Premium, não que seja ruim,  porém fica muito abaixo das entradas e dos nigiris especiais. Não precisaria de muito para elevar os enrolados especiais a realmente um nível mais alto, por exemplo, o baterá poderia ter mais casquinhas de tempurá bem salgadinhas, os enrolados poderiam ter alguns ingredientes mais agressivos, como um camarãozinho cozido por cima ou ter uma uramaki de atum spicy! O mesmo acontece com os sashimis, após comer aqueles carpaccios incríveis do início do jantar, esses perdem um pouco a graça, talvez fosse a chance de servir um atum ou salmão selado com molho especial e um robalo com ovas.

Terminamos mas ainda tinha mais um prato do Menu Premium que foi demais, um yakitori de bacon com shimeji:

Simplesmente divino, vale cada mordida!

Após este, terminamos felizes da vida, mas prontos para a sobremesa, um delicioso sorvete de creme entre duas torradinhas =)

Terminamos o jantar, tudo uma delícia sem dúvida, vale a pena muito retornar lá, não vejo a hora! O Chefe Mario só precisa fazer uns ajustes no combinado com os sashimis e os enrolados.

Abraços

Gourmet San

Restaurante São Paulo Tokyo Sushibar

Olá a todos!

Gourmet San visitou o famoso Sushibar São Paulo Tokyo, do chefe Mário Tucillo, que já apareceu até em programas na TV! O restaurante fica localizado na Rua Borges Lagoa, 1172, (11) 5081-6444 (www.saopaulotokyo.com.br).

Fazia tempo que eu queria visitar o Restaurante São Paulo Tokyo, é um restaurante que sempre aparece na mídia! Visitamos o restaurante do Chefe Mário numa sexta-feira a noite e, assim como no restaurante Ponkan, foi fácil de estacionar na rua, porém fico curioso se é devido ao período de férias de julho, caso não queira se preocupar, deixe no vallet da porta.

Diferente de muitos restaurantes, eles possuem uma equipe completa na porta: vallets, seguranças, hostess e garçons. O Chefe Mário Tucillo também estava presente! E como o Gourmet San aqui sempre quer sentar no balcão quando possível, liguei antes e fiz uma reserva para 2 lugares!

O restaurante São Paulo Tokyo tem 3 propostas: a la carte, rodízio e menu degustação! O rodízio fica por R$54,00 reais, um preço bem ok se você for pensar a média dos rodízios por aí, mas temos de ver se a comida está a altura, certo? Já vimos rodízios de todos os tipos! Bom, além do balcão, você tem a opção de mesas e tatames com espaço para os pés (importante)!

Não enrolando mais, vamos falar de comida, vocês vão sair com o apetite aberto, já aviso! Como é de praxe nos restaurantes japoneses minimamente organizados, o São Paulo Tokyo possui um cardápio apenas para o rodízio. Foi bom ter lido que incluía polvo e sushis com camarão e ovas. E que claro que, como todo restaurante que inclui esses itens mais caros, eles os servirão de acordo com o pedido do freguês, então se você gosta, peça!

Antes mesmo de pedirmos as entradas, nos serviram um usuzukuri de tilápia no molho ponzu! Quase nunca vejo os restaurantes usarem esse peixe, que é muito gostoso e macio. O prato estava ótimo, só acho que podia ter um pouco menos de molho! É incrível como as influências peruanas do ceviche estão por todas as partes, veja as cebolas roxas acompanhando!

Depois fomos direto para as entradas: guioza, harumaki de legumes, shimeji e shitake! Tanto o shimeji (a direita) como o shitake (a esquerda) estavam bons, saborosos, talvez um pouco puxado demais na manteiga. Não acredito que precisamos da culinário japonesa para conhecer mais os cogumelos…ter ficado apenas no champignon por tanto tempo foi um erro!

As outras entradas estavam boas também! O restaurante trouxe tudo no mesmo prato e com o molho agridoce já no harumaki, acho um pouco exagero quando trazem diversos pratinhos para tudo! Ambos estavam gostosos, os guiozas, apesar de serem fritos, estavam bons (seriam melhores se feito no vapor). Os harumaki eram de legumes, ainda bem, nada pior quando o garçom diz que só tem de queijo! Poxa se quero comer pastel de queijo vou na feira!


Nos serviram uma entrada com sushis e sashimis especiais! Ótimo começo, não?

Gostei muito deste sushi de trás, com atum e ovas, ele estava demais!! Me lembrou muito um que comi no Uo Katsu! O outro fato que vale salientar é o sashimi de salmão que foi apenas levemente chamuscado! Já descobri que quando fazem esse processo em excesso fica pesado, mas esse estava na medida! Se vocês prestarem atenção, há pedacinhos de morango para acompanhar o prato. É algo que o Mori Sushi ensinou ao Gourmet San: morango combina com sushi, aliás mais do que manga!

Seguindo o jantar, um prato que entra para a lista dos mais belos já servidos ao Gourmet San! Duas colheres de porcelana contemplando vieiras canadenses!!

Vejam que prato bonito e posso afirmar que é muito delicioso também, vieira é um prato top! Tem uma textura super macia e o sabor é extremamente suave, pena que não dá para comer sempre. Perguntei se isso fazia parte do rodízio, o Chefe Mario assumiu a questão e disse que o restaurante sempre tenta inserir, quando possível, alguns ingredientes mais exóticos que fazem parte do menu degustação! Essa proposta é simplesmente fantástica e deveria servir de exemplo para todos restaurantes!

Partindo deste assunto, puxei conversa com o Chefe sobre o menu degustação! O valor é de 98 reais e segundo o próprio, quem pede geralmente são clientes de longa data da casa e que conhecem um pouco mais de comida japonesa. Perguntei também sobre a quantidade e ele disse que, apesar de ser um sistema com quantidade fixa, no meio do menu o pessoal já começa a ficar mais cheinho! Hahaha!

Aproveitei para falar sobre o blog e sobre a proposta com que trabalhamos aqui, sempre buscando expandir os conhecimentos de nossos leitores e de nós mesmos, para que a gastronomia japonesa continue se desenvolvendo! Perguntei se ele não queria dar uma amostra do menu degustação para vocês irem lá com uma opção além do já batido rodízio que está presente em 90% dos restaurantes japoneses que conhecemos! Mário, super solícito, nos ofereceu 2 pratos fora de série!!

O primeiro é um sashimi de atum temperado com sementes de papoula e molho a base de wasabi:

Eu juro, não tem explicação este prato, só experimentando mesmo, são sabores que nunca tinha provado antes, mesmo já conhecendo o sabor do atum e do wasabi! Sem dúvida foi um dos pontos altos da noite e me fez ficar com vontade de voltar outro dia para experimentar o menu degustação!

O segundo prato é uma festa de iguarias! Sobrepostos sobre as fatias de salmão vocês tem: água-viva (vermelhinha), vieira canadense (branquinha) e filhotes de enguia (são fáceis de identificar)! O prato estava temperado com flor de sal e azeite de trufas brancas, chique não?? Comi este prato de formas diferentes: tudo junto, como vem no prato, e cada ingrediente separado!

Não tem como, iguarias são um outro lado da culinária japonesa, em gosto, textura, aroma, tudo! Não é para todo mundo, mas recomendo sem dúvida experimentar. Amplie seus horizontes! Saia do sashimi com salmão de sempre! A água-viva é mais durinha e com sabor adocicado, sobre a vieira eu já citei acima, os filhotes de enguia são azedinhos e crocantes!

Para continuar o jantar, claro que não poderia faltar o clássico combinado de sushi e sashimi não é mesmo? Vejam abaixo:

Vamos começar com o sashimi de salmão em forma de flor (hanna)! Deem uma olhada num detalhe importantíssimo e que faz toda diferença, as fatias de laranja entre cada sashimi de salmão, vocês não tem idéia como o sabor muda! É incrível mesmo, fica totalmente diferente, o peixe absorve o sabor da laranja! Eu só achei a quantidade um pouco demais para duas pessoas!


Seguindo, não podemos esquecer deste sashimi branco que vocês estão vendo aí em cima, parece peixe prego não parece? Pois bem, é peixe prego! Mas ele passa por um processo especial onde seu sabor e textura mudam drasticamente (graças a Deus!). Foi uma das maiores, se não a maior surpresa do jantar, transformaram um peixe que eu não gosto muito, num prato delicioso! Pra mim gastronomia tem muito a ver com isso, trabalhar diferentes sabores.

Além destes 2 sashimis, o polvo estava sensacional! Conversei com o sushiman Luciano, que estava nos servindo e ele disse que eles não cozinham o polvo na água, eles usam uma técnica diferente! Mas o resultado é incrível, com sabor característico e muito, mas muito macio mesmo!


Os enrolados estavam todos ok, porém todos tinham um detalhe como o morango no hot holl, a couve frita, os flocos de tempurá e fatia de limão no salmão skin! Os nigiris tinham um bom tamanho, porém se tem um enrolado que não me agradou foi o doce, com geléia em cima (vejam na foto abaixo). Sem dúvida nenhuma muitas pessoas gostam, pois vejo esse enrolado em tudo quanto é restaurante, porém eu mesmo não gosto.


Após terminar o combinado (ou pelo menos tentar), estávamos satisfeitíssimos e impressionados, o Sushibar São Paulo Tokyo mandou muito bem mesmo. O sushiman Luciano nos perguntou se queríamos algo mais e fizemos uma forcinha e pedimos, hahaha! Sentimos falta de algum sushi com camarão. Rapidamente ele nos serviu este sushi abaixo, que faz parte do rodízio:

Estava gostoso, ok, só achamos que talvez o creamcheese tenha sido um pouco demais e não deu pra sentir o sabor do camarão muito bem. Luciano também nos serviu um outro prato, fatias de salmão com sal negro do Havaí! Incrível como traz um sabor diferente, muda totalmente a sua expectativa sobre o salmão!


De sobremesa, como estávamos já pra lá de satisfeitos, rachamos um sorvete de chocolate! Mas eles tem tortas também, como de chocolate e limão.

Minhas impressões tinham sido muito boas durante o jantar, mas quando sentei para escrever esta análise, percebi quantos pontos realmente foram marcantes! Pois bem, parti do São Paulo Tokyo Sushibar com um pensamento: voltar para experimentar o menu degustação com iguarias. E também com uma certeza: é um dos melhores custo-benefício de rodízios de sushi em São Paulo, mas tranquilamente…!

Abraços

Gourmet San