Restaurante Nozomi: ótima comida e sushibar mais bonito de São Paulo!

Olá a todos!

Em mais um de meus passeios pela Zona Leste de São Paulo, Gourmet San e sua companheira tropeçaram, felizmente, no incrível Nozomi, localizado na Rua Eleonora Cintra 1040, (11) 2338-3327, no bairro Anália Franco. Apesar dele ficar localizado num bairro bem movimentado, a altura em que está instalado é predominantemente residencial, inclusive ele fica entre 2 prédios se não me engano, você pode até passar por ele sem ver!

O Nozomi não era nossa escolha da noite, saímos para ver o que de melhor aparecia e depois de ligar e analisar alguns restaurantes, resolvemos parar nele mesmo, escolha muito feliz. Bom, ligamos e descobrimos que o rodízio de sushi sai por R$ 54,00! Um preço bem genérico não concordam comigo? Se vocês acompanham o blog aqui sabem que essa faixa de 50 e poucos reais é bem perigosa, pois você pode achar rodízios bons, médios ou ruins…

Ao entrar no Nozomi é impossível não se surpreender com o ambiente super refinado, decorado na medida, como um restaurante japonês chique deve ser na minha opinião! não perde em nada para restaurantes requintados de outras regiões de SP. E logo que sentei no balcão dei meu veredito: um dos mais bonitos de São Paulo!

Chegamos por volta das 19h30-20h e ele estava vazio, e como disse, sentamos no balcão. O host extremamente simpático e solícito, assim como os garçons. Perguntamos o que estava contemplado no rodízio e a resposta era sempre na mesma linha: tudo está incluso, a vontade, do jeito que os clientes quiserem! O serviço dos garçons é extremamente atencioso e como eu disse logo anotaram o que queríamos de entradas, começaram a nos servir! Inclusive foram super solícitos com nossas bebidas, pois o suco veio meio sem gelo e ao pedirmos gelo, um deles perguntou se não queríamos que eles batessem com gelo! Legal né? Serviço de 1a classe é isso, sempre oferecer mais do que o cliente pede.

Pois bem, chega de churumelas, vamos para a comida servida pela Nozomi!

De entrada pra começar a abrir o apetite, claro, sempre, os guiozas!

O Nozomi os serviu no ponto exato que eu acho que um guioza deve ser feito, na chapa, porém apenas de leve para o recheio de dentro ficar quentinho e a massa levemente marcada, com ar de feito no vapor!

Também nos trouxeram shimeji, é algo que sempre pedimos pois alguns restaurantes realmente conseguem variar da batida receita! Eles podem vir em pontos diferentes, alguns mais fritinhos e torrados, outros com mais molho, outros com menos e por aí vai! O do Nozomi foi desses bem diferentes! Eu fico bem feliz pelo restaurante ter ousadia de fugir do comum shimeji marronzinho no ferro quente (ainda bem)! Vejam abaixo:

Vocês viram? Bem diferente do costumeiro shimeji que encontramos por aí né? E ele estava super saboroso, com um gosto bem diferente do normal, mas muito bom de um jeito singular! Como eu disse acima, isso é muito bom para a riqueza da gastronomia, um mesmo prato com diferentes interpretações!

Seguindo começou uma atuação bem legal do host/maitre da casa…Ele trouxe mais uma das entradas porém com algo que não tinhamos pedido, 2 tempurás de camarão! Achei que tivesse sido algo especial pois estávamos tirando fotos com o celular, porém depois vi que nesta noite ele fez o mesmo com outros clientes! É uma sacada muito boa pois ele os serve dizendo que conseguiu algo especial da cozinha, fazendo nos sentir bem recepcionados! Ótima dica para qualquer restaurante! Vejam abaixo o que nos serviram:

Os tempurás de camarão estavam bem temperados porém eu acho que a massinha poderia estar um pouco mais crocante só. Além deles você também vê bolinhos de peixe, deliciosos e harumakis de peixe também! Exato, os comuns rolinhos primavera de legumes, bem diferentes, começando com o recheio! Além disso, a massinha em volta também não foi a costumeira, mas crocante igual, porém foi feita de outra forma, isso me fez pensar que eles provavelmente o fazem lá e não compram prontos como é o esperado!

Antes de irmos para o sushi, minha intrépida e muito sábia companheira resolver pedir lulas que também faziam parte das entradas. Que ótima idéia foi, vejam abaixo:

As lulas a dorê estavam no ponto, iguaizinhas as servidas na praia, o que é bem difícil de se encontrar por aí! Acho que faltou apenas um limãozinho para acompanhar! Elas estavam bem crocantes…saudade só de pensar nelas agora! Hummm!! Apenas vale a pena citar que senti um pouco de falta dos molhos acompanhantes dos pratos quentes!

E agora, a última e talvez uma das melhores entradas da noite (se isso é possível)! Ceviche! Sim, o clássico prato de influência peruana ganhando diferentes versões nos restaurantes japoneses paulistanos! Vejam abaixo que beleza os sushimans do Nozomi prepararam!

O ceviche estava preparado na medida, devem ter colocado os peixes para marinar um pouco antes de servir, como é a forma correta! Dá pra sentir facilmente quando o peixe já passou do ponto de cozimento com o “suco” de limão! Pois bem, mais um acerto do Nozomi! O ceviche veio com salmão, atum e peixe branco, o que acho ótimo, não precisa fazer misturas demais! Esse prato estava tão bom que repetimos depois no decorrer do jantar! Se forem lá, não vacilem, peçam esse ceviche delicioso!

Agora sim…chegamos…nos sushis e sashimis!!

Acima vocês podem ver a variedade do combinado para duas pessoas! Os nigiris estavam ótimos (polvo, atum, salmão e tilápia), dá pra ver que os sushimans sabem o que estão fazendo, o jeito deles trabalharem me lembrou muito o jeito do Juraci (ex Jun Sakamoto) em seu Restaurante Aya, cortando cada fatia com muita concentração e parecendo dar muita importância para cada corte! Foram colocadas raspas de limão sisciliano no nigiri de salmão, o que dá ótimo sabor pro sushi! Outro fato curioso são os 2 nigiris de camarão empanado, nunca tinha visto! Estavam gostosos, mas não sei se combina muito com este tipo de sushi!

Seguindo temos 2 hot rolls bem bons, com o salmão não no centro do enrolado mas sim na borda! Os outros sushis e os enrolados uramakis estavam apenas ok, nada de especial!

Já os sashimis, da mesma forma que os nigiris, são cortados com muita calma pelo sushiman e acho que ele os corta com uma grossura correta, nem grossos demais ou finos! O atum e a tilápia estavam ótimos! Veja abaixo um zoom pois merece:

Quando terminamos o combinado acima, como sempre, utilizamos o tempinho para dar uma descansada na comilança e avaliar o que iríamos pedir a seguir para repeteco! Foi aí que pedimos novamente o ceviche e também mais um combinado! Dessa vez pedi para que os sushimans focassem em nigiris e enrolados diferentes que eles tivessem! Olha só abaixo!

Vamos começar com a parte boa: os nigiris! Eles são realmente fora de série para um rodízio de sushi! Os cortes de salmão, tilápia e atum perfeitos, assim como o sabor de cada um deles! O salmão estava misturado com raspas de limão sisciliano, o que dá um outro sabor ao sushi! Além disso, também nos serviram um quase inédito sushi de linguado, que eu só tinha comido no Tanuki e no Aya! E também um fortíssimo nigiri de cavalinha marinada! Eu digo fortíssimo pois o sabor não é para qualquer um, ele é bem carregado com gosto de mar mesmo, provem, não deixem passar, mas se preparem!

Além dos ótimos nigiris, pedi também o sashimi de atum com corte japonês (mais grosso) e mais tako (polvo)! Estavam bons, porém o polvo estava um pouco durinho infelizmente…Agora a única parte meio decepcionante são os enrolados, vieram os mesmos, meio sem graça.

Nesse momento o maitre/host voltou a ação e nos serviu mais um prato bem especial, tataki de atum:

Ele nos disse que a forma correta de comer esse prato é desmontar a montanha de atum e deixar com que o peixe fique em contato com o molho por uns instantes para que adquira um sabor especial! Seguimos as instruções e o resultado foi divino, um prato delicioso! Já estávamos meio que satisfeitos porém comemos como se fosse o primeiro prato da noite! Parabéns, nota 10 mesmo!

E agora, para finalizar a noite…eu queria dar mais uma provada no que os habilidosos sushimans do Nozomi fazem com a faca e os peixes! Então pedi como se fosse um repeteco do último combinado, ou seja, nigiris e enrolados especiais! Para os nigiris eu apenas pedi que ele servisse novamente o de cavalinha marinada!

Acima vocês podem ver que em termos de nigiri o nível é alto! Me serviram polvo, linguado, salmão, atum, tilápia e cavalinha! Bons demais!! Porém fiquei decepcionado com os uramakis, parece que eles não combinam com o rodízio sabe? Ficam meio perdidos no  jantar! Eu acho que essa é a principal falha do Nozomi, eles precisam dar um upgrade nos enrolados, acho que fica a desejar mesmo!

Por último, se vocês não repararam, convido a reverem todas as fotos do post e ficarem de olho na cerâmica que o Nozomi serve os pratos! Sensacional, isso é um baita diferencial da maioria das casas que apostam no plástico mesmo!

Gostamos muito de visitar o Nozomi e ficamos com enorme vontade de retornar para experimentar o Menu Degustação! Eles são um restaurante muito bom e com ótimo preço além do ambiente ser nota 10! A única falta mesmo é de enrolados um pouco mais sofisticados para acompanhar o restante da refeição, nem se para isso precisem aumentar um pouco o preço do rodízio!

Abraços

Gourmet San

Sushi Guen: tirashi e uramaki de anagô

Saudações amantes de culinária japonesa!

Gourmet San retornou a um dos melhores restaurantes japoneses de São Paulo, é o Sushi Guen, do experiente itamae san Mitsuaki Shimizu, localizado na R. Manoel da Nóbrega, 76, na galeria Ouro Branco, tel (11) 3289-5566. Na primeira vez que fui lá já gostei muito, porém demorei para retornar, pois bem, hoje a review é justamente sobre minha segunda vistia! Acho que é válido ler a primeira review antes, então para os interessados, cliquem aqui.

Bom, ir a um restaurante com comida tão gostosa como o Sushi Guen sempre dá um friozinho na barriga, pois você já está indo fazer algo diferente dos usuais rodízios. Fomos de carro e para estacionar foi tranquilo, na Rua Manoel da Nóbrega encontramos vaga sem maiores problemas! O ambiente é muito legal e você se sente acolhido, a porta da entrada é de correr, o balcão de madeira e todos te comprimentam quando entra e vai embora!

Ao abrir a portinha, a melhor notícia de todas: balcão livre =)! Sentamos e logo fomos atendidos, o serviço lá é rápido demais e os sushimans também, então siga essa dica: sempre peça alguma entradinha legal e talvez quente, pois assim você fica mais tempo aproveitando o jantar! Caso contrário corre o risco de em 20 minutos já ter comido todos sushis e sashimis que deseja.

Antes de pedirmos nos serviram a entrada cortesia de tofu:

Seguindo a tática que citei, pedimos meia entrada de guioza, ou seja, 3 unidades, se não me engano o valor de 6 fica por volta de 12 a 15 reais! Eles levaram uns 10 minutos para vir, o que geralmente é sinal de que são feitos na hora. O resultado não poderia ser melhor:

Sem brincadeira, foi um dos melhores guiozas que já comi! A primeira nota especial é que ele tinha um sabor único! Foi utilizado algum tempero na carne de porco do recheio, algo que trouxe um sabor a mais. Para completar eles foram feitos na chapa! Algo inédito é o limãozinho para temperar os guiozas, como em casa de restaurantes de alto gabarito eu sempre sigo as recomendações da casa, pinguei um pouco do limão no guioza o que fez com que o sabor ficasse melhor ainda.

Seguindo o jantar, apesar de sabermos o que queríamos, um tirashi, não foi fácil escolher…O Sushi Guen tem o cardápio como o do Sushi Yassu Paulista, cheio de fotos! Nossa isso traz uma riqueza enorme para os pratos, pois você já tem a idéia visual do que quer, porém, da mesma forma torna a escolha bem mais difícil!

Como estávamos enrolando muito, resolvi recorrer aos enrolados a la carte, mais especificamente os uramakis! Tinha umas 8 opções, mas não resisti ao de enguia anagô, que é a de água salgada! Como eu tinha boa recordação dos uramakis do Sushi Guen, estava com expectativa alta! O valor de um rolo com 8 uramakis anagô é 18 reais, então 4 ficam por 9 reais. Não me decepcionaram:

Eles vieram exatamente como eu esperava, arroz extremamente macio, muito recheio e formatos irregulares! Já aviso, os uramakis são bem servidos, enchem sua boca com muito sabor e ótima textura! Não tem nem o que dizer, gostei demais, comeria uns 10 sozinho!!

Enquanto saboreávamos esses deliciosos uramakis pedimos um Tirashi Simples por 44 reais! O legal do Sushi Guen é que, assim como no Sushi Yuki, o sushiman fica super atento ao ritmo do cliente, e só serve o próximo prato quando terminamos os que estamos comendo! Bom, assim que terminamos os uramakis nos serviram o tirashizushi a seguir:

Fique muito feliz com tudo que vi, variações de peixe branco, um atum lindo, salmão, salmão gordo batido, um lindo camarão e talvez a minha maior alegria, um tamagoyaki, ou seja, o omelete japonês! Eu vi um cliente ao lado comendo um desses e fiquei com inveja, ainda bem que nos serviram também! Vamos dar mais uma olhada no tirashi, mais de perto:

Ahhhh agora ficou melhor né!! O omelete japonês, o tamagoyaki estava delicioso, super macio! Os sashimis também estavam tão bons quantos! Atum com sabor bem pronunciado, salmão também. O ponto legal foi a barriga de salmão picada e servida sobre a folha de shissô! Mas agora uma decepção: o arroz! Ele estava bom, estava ok, mas não estava com aquele sabor sensacional de um shari com um bom tempero, realmente ficou devendo!Achei estranho pois os uramakis estavam ótimos! Outro fato que não gostamos muito foi o excesso de folhas misturadas, o que tornou um pouco difícil para finalizarmos o prato!

Bom, após terminarmos o tirashi, eu ainda tinha um pinguinho de fome batendo…porém eu não queria gastar muito a mais…e em restaurantes a la carte como o Sushi Guen, qualquer desatenção te faz gastar o dobro do que planejou! Então após analisar um pouco as opções, optei pelo repeteco: uramaki de anagô! Realmente são irresistíveis, até quem estava comigo concordou, eles enchem a boca de sabor!

Um ponto engraçado é que ao pedir meio uramaki (4 enrolados), o sushiman me perguntou se eu queria 4 rolos inteiro, o que resultariam 32 enrolados! Hahaha já pensou?? Nâo que eu não gostaria…mas seria um exagero para apenas duas pessoas!

Bom, a conta saiu isso, por volta de 70 reais, super tranquilo para 2 pessoas! Eu mais que recomendo ir ao Sushi Guen!

Abraços

Gourmet San!

O caríssimo temaki do Yoi! Rolls & Temaki!

Olá você amante de um bom sushi e temaki,

Se você acompanha o blog sabe muito bem que o Gourmet San não gosta de falar mal de nenhum lugar de forma acintosa, que o intuito deste site é fazer críticas construtivas e honestas sobre cada experiência gastronômica para vocês, leitores, terem uma expectativa realista do que podem esperar antes de se aventurar gastronomicamente.

Porém algumas vezes é preciso ser direto como o caso de hoje. Sábado resolvi almoçar apenas um temaki pois não estava com muita fome! Então fui a uma temakeria que há tempos não ia, o Yoi! Rolls & Temaki. Sempre tive boas experiências com este restaurante que, apesar de preços mais elevados, mantinha uma qualidade boa.

Bom, eu queria almoçar mas não morrer de fome antes do início da noite então resolvi pedir um temaki Big, pois na maioria das temakerias se você pede um temaki grande, ele vem bem generoso. Como de costume pedi o clássico salmão simples, vejam abaixo:

Agora me digam, sinceramente, quanto vocês acham que custa este temaki? Humm…ok…dou mais uns 10 segundos…prontos? Mais uma chance, olha só, fiz um post tempos atrás sobre este mesmo temaki, ele custava 17 reais… Ok…e agora? Já tem um palpite?

Bom…esse temaki é vendido hoje por incríveis R$ 22,50!!! Caro demais!! Muito caro!!! Sem noção nenhuma do que os concorrentes estão cobrando!! Será que o Yoi! está podendo tanto assim? A clientela é tão fiel?

Para explicar melhor a minha revolta dê uma olhada neste post da Temakeria sobre um temaki pequeno e este do temaki grande; além da Temakeria e Cia não podemos esquecer de outras temakerias como a Makis e a Temaki Urbano. Poxa, sinceramente, de onde o pessoal da Yoi! tirou esse valor de R$ 22,50? O valor é o dobro do temaki grande da Temakeria e cia e o tamanho do temaki é igual ao temaki pequeno deles, que custa menos de 10 reais!

Espero que eles reconsiderem esses valores ou aumentem este temaki, pelo menos dobrem o tamanho.

Abraços

Gourmet San

Hideki Pinheiros – buffet de sushi no almoço!

Olá a todos!

Hoje aqui no Gourmet San mais uma review do top restaurante Hideki!

Já visitei o Hideki em situações diferentes: Restaurant Week, buffet de sushi na unidade Bela Vista e rodízio na unidade Pinheiros! Se vocês acompanham o blog devem saber que, apesar da qualidade incontestável da comida, não gostei muito da minha experiência com o rodízio, pois o atendimento deixou a desejar, assim como o preço altíssimo para um rodízio (quase 90 reais), com direito a miguelarem uns sashimis e ovas!

Porém como a comida no Hideki é realmente muito boa, e a experiência que tive com o buffet de almoço na unidade da Bela Vista foi fora de série, resolvi tentar novamente o Hideki Pinheiros, mas agora o buffet de sushi! O Hideki Pinheiros fica na Rua dos Pinheiros, 70 (www.hidekisushi.com.br).

O sistema é exatamente o mesmo! Uma longa sequência de pratos frios e quentes! Você pega um prato e um pegador de metal limpíssimo que você dispensa no final! O começo é com os clássicos sushis, sashimis e hossomakis. Eu sinto falta de uramakis, mas tudo bem, afinal das contas eles oferecem ovas a vontade. Aqui merece um ponto, infelizmente cheguei tarde, 14h30, então imagino que os sushis já estivessem meio desfalcados, sempre vou com a esperança de comer uni (ovas de ouriço), porém não tinha. Nos pratos quentes a oferta é boa também, tem quase de tudo, e o melhor, tudo bem quentinho ainda, melhor que o Yashiro nesse quesito. Para minha enorme alegria tinha ostra empanada, vocês verão! O preço subiu um pouco, agora sai por 65 reais!

Bom, como todo mundo está aqui apenas por um motivo, a comida, vamos logo para os pratos que fiz neste almoço no buffet do Hideki Pinheiros:

Primeiro prato:

Como o Hideki é um restaurante tradicional, pop…mas ainda tradicional, sempre busco antes de mais nada os clássicos nigiris! Acima vocês veem a variedade que encontrei, inclusive com salmão chamuscado! Todos estavam excelentes, não tem do que reclamar, os sushimans do Hideki sabem o que estão fazendo, mesmo já estando tarde a reposição de sushis ainda ocorria então os sushis estavam frescos! Além dos nigiris peguei 3 gunkan sushi de ovas tobiko, as laranjas e as verdes (temperadas com wasabi).

Peguei também um sushi que nunca tinha visto no buffet do Hideki, um sushi prensado chamado de oshizushi e que é uma das formas mais antigas de se fazer sushi através de um instrumento chamado batera. Vejam abaixo esse prensado com ovas e atum:

Na sequência levantei-me e corri para ver o que mais não poderia perder!! Minha seleção para o round 2 foi essa:

Como vocês podem ver…não resisti e peguei mais nigiris! Mas eu tenho uma desculpa, são a especialidade deles, não tem como fugir e eu não ia ficar me empanturrando de hossomakis enquanto posso comer deliciosos sushis como esses da foto. Além dos nigiris de atum (3), de polvo (tako) e do peixe branco que não me recordo agora, peguei mais um repeteco de ovas e  claro que passei na parte de pratos quentes…ahhh os pratos quentes…

Em cima vocês veem duas coisas: ostras empanadas e camarões empanados! Nossa não posso nem lembrar…é duro escrever sobre esses dois pratos…dá vontade de ir lá amanhã!! Mas o dinheiro não dá, complica…preciso me focar aqui apenas no texto! Bom, primeiro as ostras empanadas, elas são diferentes da do Yashiro, são um pouco maiores, mas são tão boas quanto. Digo novamente, é uma das melhores coisas que há para comer no buffet, parece que você vai comer um bolinho, mas quando mastiga, sente aquele sabor refrescante de ostra dentro!!

Sobre os camarões empanados, eles são temperados de forma maravilhosa, dá vontade de comer porção atrás de porção…Ah, vale mencionar… não são camarões empanados, é tempurá de camarão, há diferença no processo de preparo!

Bom, como eu já disse em outras reviews de visitas a buffets de sushi, depois do segundo prato você já está meio que satisfeito, mas como o valor pago é fixo, a comida é deliciosa e está ali, a poucos metros de você, poxa, qualquer forcinha extra é válida. Então levantei e fui uma última vez ao buffet.

Meu terceiro prato abaixo:

É…a carne é fraca…eu estava totalmente rendido aos nigiris, gunkan de ovas, tempurá de camarão e ostras empanadas, não resisti e repeti tudo! A única novidade aqui foi a ostra aberta, ela é deliciosa e para minha felicidade veio sem os temperos apimentados que eles geralmente colocam, eu prefiro assim, simples com limão.

O buffet do Hideki não tem muitas surpresas, lá é assim mesmo, comida de alto nível, podem ir sem erro, o preço não é barato para um almoço, 65 reais, porém pensa bem onde você encontra comida japonesa tão boa por esse preço e além disso…a vontade! É claro que não podemos esquecer do buffet concorrente ali perto, o do Yashiro, que custa 50 reais e é um pouco mais simples é verdade, mas vale tanto a pena como esse com  diferença que não é todo dia que eles tem ostras ou ostras empanadas.

Muitos de vocês, fãs de sashimi devem ter sentido falta deles certo? Mas eu me explico! O sashimis a la carte do hideki são sensacionais e os do buffet não me parecem tanto assim, claro, talvez tenha sido devido ao horário que fui, mas não foi dessa vez!

Bom gente, é isso ae, tenho de parar por aqui pois se não terei de ir amanhã novamente! Então entre o Hideki e o Yashiro, sugiro que vá aos 2, tire suas próprias conclusões, ahhaha pensa assim, ta apertado de dinheiro vá ao Yashiro, quer esbanjar um pouquinho mais? Vá ao Hideki!

Abraços!

Gourmet San

Temakeria Temaki Urbano

Olá a todos!

Passeando novamente pelo modernoso bairro do Tatuapé num final de tarde de domingo, procurava algum lugar para matar o que me matava: a fome! A região é incrivelmente bem servida por restaurantes de comida japonesa, temakerias, rodízios baratos, caros, de todos os tipos, então se você está com vontade de comer um bom sushi, não terá problemas!

Como não estava no pique de sentar e comer um rodízio resolvi apostar em uma das temakerias da região, o escolhido foi o restaurante Temaki Urbano, localizado na Rua Serra de Japí, 859, Tatuapé, tel: (11) 2091-1620, www.temakiurbano.com.br. O local fica ali no meio de vários barzinhos, numa região bem movimentada, porém não foi difícil achar uma vaguinha para estacionar!

Já sentados, fomos atendidos rapidamente pelas garçons e o que pareceu ser um dos gerentes da casa, nos trouxe os cardápios! Logo de cara você vê a proposta do restaurante, todos temakis com nomes de cidades do mundo, veja abaixo!

Após comermos a clássica saladinha de pepino, sunomono, pedimos 2 temakis, um Santiago e um Toyo, hahaha que são os clássicos: salmão simples em cubos e salmão completo com maionese! Se vocês viram no cardápio acima, tem 2 tamanhos de temakis, pequenos e grandes, como eu queria pedir 2, pedi a opção menor mesmo, e eles não demoraram a vir:

Temaki de salmão simples em cubos, Santiago:

Temaki de salmão completo com maionese, Tokyo:

Antes de analisar os temakis em si, olhe a primeira foto, do temaki de salmão simples em cubos. Vejam o prato que estilizado! Nossa, a apresentação fica muito mais bonita, mas muito mesmo! Parabéns para o pessoal do Temaki Urbano, mandaram muito bem, poxa as vezes cansa aquela mesmice de pratinhos de plástico japoneses retangulares! Então, nota 10 pela inovação!

Agora sobre os temakis, estavam ambos bem gostosos, bem mesmo! Se tem uma coisa apenas que senti falta foi talvez de um pouquinho mais de arroz, o shari. Não estou dizendo que gosto de temakis cheios de arroz, claro que não, só acho que faltou um pouquinho de arroz.

Seguindo, eu não iria embora sem pedir um temaki mais diferente, minha escolha foi o Londres, em homenagem as Olimpíadas, hahaha! O temaki Londres da temakeria Temaki Urbano é o de camarão empanado com molho tarê e gergelim, uma combinação infalível!

Como era de se esperar, o temaki demorou um pouco mais, pois os camarões são empanados e fritos na hora! Mas sem muita demora, nos serviram o temaki Londres:

Sempre quando peço temaki de camarão empanado em algum lugar sempre fico esperando pra ver se os camarões empanados serão daqueles maiores, que depois são cortados, ou dos menorzinhos. A Temaki Urbano optou pelos menores, o que geralmente me deixam com um pé atrás! Porém que trabalho bem feito, eles vieram super crocantes, com muito sabor e bem quentinhos! O complemento com molho tarê e gergelim cai com uma luva realmente!

Porém eu acho o pessoal do Temaki Urbano pecou um pouquinho em colocar o molho tarê em contato com o arroz! Dessa forma, na parte final do temaki o arroz acabou se desmanchando! Abaixo mais uma foto!

Bom, por esta visita foi só, a conta com o serviço saiu por um pouco menos de 40 reais, um preço muito bom se você pensar que pedimos 3 temakis e um deles sendo de camarão empanado! Fiquei, infelizmente, com um gostinho de quero mais por não ter pedido nenhum temaki grande pois vi em outras mesas que os temakis grandes são gigantescos!!! ENORMES mesmo!! Então se for lá, creio que vale a pena pedir!

A Temaki Urbano tem uma proposta bem legal, com detalhes interessantes e que o diferenciam de outras temakerias. Tem apenas alguns pontosque precisam ficar atentos, como um pouquinho mais de shari, e não misturar o molho tarê com o arroz para ele não desmanchar!

Ahhh quase que vou esquecendo…a música de fundo do Temaki Urbano, sensacional, rock clássico dos melhores! Não sei  se a rádio estava sintonizada na Kiss FM ou se era seleção própria deles! Mas gostei muito!

Bom, vou ficando por aqui!

Abraços

Gourmet San

Restaurante Sushibol – Almoço Executivo

Olá a amantes da culinária japonesa!

Hoje no blog do Gourmet San a análise do Restaurante Japonês chamado Sushibol! Ele tem 3 endereços, porém o que visitei foi o da R. dos Pinheiros, 1143, em Pinheiros, tel (11) 3097-8187 (www.sushibol.com.br). O nome é bem curioso mas infelizmente não sei se tem algum significado especial!

Visitei o Sushibol no horário do almoço, esperando que servissem o rodízio, porém, para minha surpresa, rodízio é só a noite! Durante o almoço eles oferecem a la carte ou pratos executivos! Eu acho isso uma boa proposta, de verdade! Pra mim é forçar a barra servir rodízio no almoço! Quem busca comida japonesa no almoço geralmente tem 1h pra comer e voltar ao trabalho e o rodízio toma muito tempo, inclusive por você ter de esperar os diferentes pratos e a ordem com que eles são servidos!

O Sushibol possui uma parte do cardápio com as opções executivas, são combinados que variam entre 20-30 reais mais ou menos! E o legal é que com 4 reais você leva uma porçãozinha de shimeji!

Cheguei tarde pro almoço, umas 14h30, porém os garçons e garçonetes foram gentis e me atenderam super bem apesar de já estarem quase fechando! Pedi um combinado que vi que englobava um pouco de tudo…enrolados (hossomakis e uramakis), temaki e guioza! Ou seja, uma variedade bem legal, daria pra me satisfazer e o preço seria ok! Vejam abaixo tudo que recebi por 32 reais (combinado + shimeji):

Os guiozas estavam bons, cumpriram sua função de entradas! Mas vou dizer algo a mais, nesta proposta de combinados executivos, servir guiozas é legal pois dá uma enchida sabe? Ele mata um pouco a fome e ajuda a você sair satisfeito no final da refeição!

A seguir o shimeji, apesar de eu ter ficado muito feliz com essa idéia deles de adicionar o prato por 4 reais, digo que ele não estava muito bom não. Talvez estivesse velho já, pois cheguei tarde, mas isso não é desculpa! A porção foi de bom tamanho, mas acho que tinha alguma coisa faltando, talvez tempero, talvez tempo de cozimento ou na manteiga. Me lembrou um pouco o do Gendai! Vejam abaixo:

Seguindo veio o combinado com meu temaki que pedi com gergelim!

Gostei muito como ele foi montado e a variedade também é legal! Os 4 nigiris de trás estavam bons e, apesar do horário não ser favorável, o arroz estava gostosinho, melhor do que eu esperava, foram 2 de salmão, 1 de atum e 1 de robalo. Vejam como o salmão foi bem cortado! O temaki de salmão simples estava gostoso, apenas me surpreendi pelo gergelim não ser aqueles costumeiro preto e branco, sabem? Esse gergelim não é o costumeiro!

Agora a única parte realmente ruim do almoço, os 4 uramakis de salmão skin! Estavam secos demais, não tinha nem um molho tarê por cima, foi difícil de engolir! O sabor estava normal, mas já estavam passados.

Bom, no final das contas, por 32 reais, o almoço executivo do Sushibol vale a pena sim! Tem opções de combinados com bons preços, a quantidade de comida é bem legal e o serviço atencioso! Só acho que eles escorregaram um pouco nesses detalhes, o shimeji e os uramakis de salmão skin!

E você, já foi ao Sushibol? Comeu o rodízio? Nos conte sua experiência!

Abraços

Gourmet San

Restaurante São Paulo Tokyo Sushibar

Olá a todos!

Gourmet San visitou o famoso Sushibar São Paulo Tokyo, do chefe Mário Tucillo, que já apareceu até em programas na TV! O restaurante fica localizado na Rua Borges Lagoa, 1172, (11) 5081-6444 (www.saopaulotokyo.com.br).

Fazia tempo que eu queria visitar o Restaurante São Paulo Tokyo, é um restaurante que sempre aparece na mídia! Visitamos o restaurante do Chefe Mário numa sexta-feira a noite e, assim como no restaurante Ponkan, foi fácil de estacionar na rua, porém fico curioso se é devido ao período de férias de julho, caso não queira se preocupar, deixe no vallet da porta.

Diferente de muitos restaurantes, eles possuem uma equipe completa na porta: vallets, seguranças, hostess e garçons. O Chefe Mário Tucillo também estava presente! E como o Gourmet San aqui sempre quer sentar no balcão quando possível, liguei antes e fiz uma reserva para 2 lugares!

O restaurante São Paulo Tokyo tem 3 propostas: a la carte, rodízio e menu degustação! O rodízio fica por R$54,00 reais, um preço bem ok se você for pensar a média dos rodízios por aí, mas temos de ver se a comida está a altura, certo? Já vimos rodízios de todos os tipos! Bom, além do balcão, você tem a opção de mesas e tatames com espaço para os pés (importante)!

Não enrolando mais, vamos falar de comida, vocês vão sair com o apetite aberto, já aviso! Como é de praxe nos restaurantes japoneses minimamente organizados, o São Paulo Tokyo possui um cardápio apenas para o rodízio. Foi bom ter lido que incluía polvo e sushis com camarão e ovas. E que claro que, como todo restaurante que inclui esses itens mais caros, eles os servirão de acordo com o pedido do freguês, então se você gosta, peça!

Antes mesmo de pedirmos as entradas, nos serviram um usuzukuri de tilápia no molho ponzu! Quase nunca vejo os restaurantes usarem esse peixe, que é muito gostoso e macio. O prato estava ótimo, só acho que podia ter um pouco menos de molho! É incrível como as influências peruanas do ceviche estão por todas as partes, veja as cebolas roxas acompanhando!

Depois fomos direto para as entradas: guioza, harumaki de legumes, shimeji e shitake! Tanto o shimeji (a direita) como o shitake (a esquerda) estavam bons, saborosos, talvez um pouco puxado demais na manteiga. Não acredito que precisamos da culinário japonesa para conhecer mais os cogumelos…ter ficado apenas no champignon por tanto tempo foi um erro!

As outras entradas estavam boas também! O restaurante trouxe tudo no mesmo prato e com o molho agridoce já no harumaki, acho um pouco exagero quando trazem diversos pratinhos para tudo! Ambos estavam gostosos, os guiozas, apesar de serem fritos, estavam bons (seriam melhores se feito no vapor). Os harumaki eram de legumes, ainda bem, nada pior quando o garçom diz que só tem de queijo! Poxa se quero comer pastel de queijo vou na feira!


Nos serviram uma entrada com sushis e sashimis especiais! Ótimo começo, não?

Gostei muito deste sushi de trás, com atum e ovas, ele estava demais!! Me lembrou muito um que comi no Uo Katsu! O outro fato que vale salientar é o sashimi de salmão que foi apenas levemente chamuscado! Já descobri que quando fazem esse processo em excesso fica pesado, mas esse estava na medida! Se vocês prestarem atenção, há pedacinhos de morango para acompanhar o prato. É algo que o Mori Sushi ensinou ao Gourmet San: morango combina com sushi, aliás mais do que manga!

Seguindo o jantar, um prato que entra para a lista dos mais belos já servidos ao Gourmet San! Duas colheres de porcelana contemplando vieiras canadenses!!

Vejam que prato bonito e posso afirmar que é muito delicioso também, vieira é um prato top! Tem uma textura super macia e o sabor é extremamente suave, pena que não dá para comer sempre. Perguntei se isso fazia parte do rodízio, o Chefe Mario assumiu a questão e disse que o restaurante sempre tenta inserir, quando possível, alguns ingredientes mais exóticos que fazem parte do menu degustação! Essa proposta é simplesmente fantástica e deveria servir de exemplo para todos restaurantes!

Partindo deste assunto, puxei conversa com o Chefe sobre o menu degustação! O valor é de 98 reais e segundo o próprio, quem pede geralmente são clientes de longa data da casa e que conhecem um pouco mais de comida japonesa. Perguntei também sobre a quantidade e ele disse que, apesar de ser um sistema com quantidade fixa, no meio do menu o pessoal já começa a ficar mais cheinho! Hahaha!

Aproveitei para falar sobre o blog e sobre a proposta com que trabalhamos aqui, sempre buscando expandir os conhecimentos de nossos leitores e de nós mesmos, para que a gastronomia japonesa continue se desenvolvendo! Perguntei se ele não queria dar uma amostra do menu degustação para vocês irem lá com uma opção além do já batido rodízio que está presente em 90% dos restaurantes japoneses que conhecemos! Mário, super solícito, nos ofereceu 2 pratos fora de série!!

O primeiro é um sashimi de atum temperado com sementes de papoula e molho a base de wasabi:

Eu juro, não tem explicação este prato, só experimentando mesmo, são sabores que nunca tinha provado antes, mesmo já conhecendo o sabor do atum e do wasabi! Sem dúvida foi um dos pontos altos da noite e me fez ficar com vontade de voltar outro dia para experimentar o menu degustação!

O segundo prato é uma festa de iguarias! Sobrepostos sobre as fatias de salmão vocês tem: água-viva (vermelhinha), vieira canadense (branquinha) e filhotes de enguia (são fáceis de identificar)! O prato estava temperado com flor de sal e azeite de trufas brancas, chique não?? Comi este prato de formas diferentes: tudo junto, como vem no prato, e cada ingrediente separado!

Não tem como, iguarias são um outro lado da culinária japonesa, em gosto, textura, aroma, tudo! Não é para todo mundo, mas recomendo sem dúvida experimentar. Amplie seus horizontes! Saia do sashimi com salmão de sempre! A água-viva é mais durinha e com sabor adocicado, sobre a vieira eu já citei acima, os filhotes de enguia são azedinhos e crocantes!

Para continuar o jantar, claro que não poderia faltar o clássico combinado de sushi e sashimi não é mesmo? Vejam abaixo:

Vamos começar com o sashimi de salmão em forma de flor (hanna)! Deem uma olhada num detalhe importantíssimo e que faz toda diferença, as fatias de laranja entre cada sashimi de salmão, vocês não tem idéia como o sabor muda! É incrível mesmo, fica totalmente diferente, o peixe absorve o sabor da laranja! Eu só achei a quantidade um pouco demais para duas pessoas!


Seguindo, não podemos esquecer deste sashimi branco que vocês estão vendo aí em cima, parece peixe prego não parece? Pois bem, é peixe prego! Mas ele passa por um processo especial onde seu sabor e textura mudam drasticamente (graças a Deus!). Foi uma das maiores, se não a maior surpresa do jantar, transformaram um peixe que eu não gosto muito, num prato delicioso! Pra mim gastronomia tem muito a ver com isso, trabalhar diferentes sabores.

Além destes 2 sashimis, o polvo estava sensacional! Conversei com o sushiman Luciano, que estava nos servindo e ele disse que eles não cozinham o polvo na água, eles usam uma técnica diferente! Mas o resultado é incrível, com sabor característico e muito, mas muito macio mesmo!


Os enrolados estavam todos ok, porém todos tinham um detalhe como o morango no hot holl, a couve frita, os flocos de tempurá e fatia de limão no salmão skin! Os nigiris tinham um bom tamanho, porém se tem um enrolado que não me agradou foi o doce, com geléia em cima (vejam na foto abaixo). Sem dúvida nenhuma muitas pessoas gostam, pois vejo esse enrolado em tudo quanto é restaurante, porém eu mesmo não gosto.


Após terminar o combinado (ou pelo menos tentar), estávamos satisfeitíssimos e impressionados, o Sushibar São Paulo Tokyo mandou muito bem mesmo. O sushiman Luciano nos perguntou se queríamos algo mais e fizemos uma forcinha e pedimos, hahaha! Sentimos falta de algum sushi com camarão. Rapidamente ele nos serviu este sushi abaixo, que faz parte do rodízio:

Estava gostoso, ok, só achamos que talvez o creamcheese tenha sido um pouco demais e não deu pra sentir o sabor do camarão muito bem. Luciano também nos serviu um outro prato, fatias de salmão com sal negro do Havaí! Incrível como traz um sabor diferente, muda totalmente a sua expectativa sobre o salmão!


De sobremesa, como estávamos já pra lá de satisfeitos, rachamos um sorvete de chocolate! Mas eles tem tortas também, como de chocolate e limão.

Minhas impressões tinham sido muito boas durante o jantar, mas quando sentei para escrever esta análise, percebi quantos pontos realmente foram marcantes! Pois bem, parti do São Paulo Tokyo Sushibar com um pensamento: voltar para experimentar o menu degustação com iguarias. E também com uma certeza: é um dos melhores custo-benefício de rodízios de sushi em São Paulo, mas tranquilamente…!

Abraços

Gourmet San

Mori Sushi por Daniel Hirata!

Olá amantes de uma boa comida japonesa,

Gourmet San como todos sabem é fã do restaurante japonês Mori Sushi da rua da Consolação, 3.610 nos Jardins (www.morisushi.com.br), isso é óbvio percebendo o número de posts que já foram feitos sobre o notável rodízio de sushi que servem! Alguns que vocês devem ler são: Omakasê do Mori, Criatividade e Renovação e por fim a Cartilha do Mori Sushi.

A grande maioria dos posts você encontra fotos de pratos montados pelo lendário Retalhador, ex-sushiman de lá, e sua brigada do balcão. Desta vez porém tivemos uma experiência diferente, fomos servidos pelo sushiman chefe: Daniel Hirata! Há tempos que Daniel não trabalha rotineiramente no balcão do Mori Sushi, pois no passar do anos ele adquiriu tarefas administrativas e gerenciais, afinal não tem como né, um restaurante com tanto giro precisa de foco!

Não foi sorte termos encontrado Daniel Hirata em dia de labuta no balcão, entramos em contato com o restaurante para saber quando que ele trabalhava no salão. Fomos informados que isso raramente acontecia e acabamos ficando conformados com isso. Porém, num belo dia, recebemos um feedback de que por um acaso ele trabalharia aquela noite! Nos programamos para ir, reorganizamos a agenda e seguimos a noite para o jantar!

Chegando ao Mori, é o que sempre digo, não tem moleza, para sentar no balcão você tem de chegar cedo ou ter paciência para esperar! Esperamos, e quando chegou nossa vez fomos em direção ao balcão do Daniel! O rodízio estava pelo preço de 71 reais e o jantar está todo abaixo, ponham o babador!

Se tem um único prato que não abro mão no Mori Sushi é a clássica entradinha dos sushis flambados:

É simplesmente delicioso! Não dá nem pra dizer, só não peço mais pois fico com vergonha de pedir muito da mesma entrada, mas sem dúvida vale a pena! Se for lá, peça, e mais que um por pessoa, recomendo uns 3, assim como fizemos, ahahha.

Logo depois Daniel já nos serviu uma série magnífica de sashimis! Atum, salmão, pargo, serra, robalo e um peixe especial  importado que veio em conserva na alga! Vamos dar uma olhada em todos!

O primeiro abaixo é o delicioso sashimi de salmão do Mori, eles sem dúvida escolhem muito bem seus peixes pois o salmão tem um sabor que se destaca muito dos outros restaurantes que oferecem rodízio! Ok…talvez no Hideki os peixes sejam um pouco melhores ainda!

Também nos foi servido o clássico sashimi de atum, estava bem firme e com o sabor normal, não foi um sashimi espetacular como o de atum pode ser, mas estava bom.

A partir de agora, pratos que vocês realmente tem de prestar atenção, pois não é no peixe que mora o segredo.

O primeiro peixe é o robalo com folhas de shissô picadas! Vocês não tem noção do poder de aromatização que essas folhas dão, elas acrescentam muito sabor do prato! É simplesmente demais, traz uma refrescância única!

Abaixo um peixe que não é fácil de fazer, é o peixe pargo! Para fazê-lo não basta apenas fatiar um peixe fresco, a pele precisa ser rapidamente banhada por água fervendo e depois o peixe precisa ser colocado rapidamente na água com gelo! Bom, não é fácil de fazer, eu mesmo já tentei e não deu muito certo! Contei a história ao Daniel e ele disse para não me preocupar pois é difícil mesmo! É um peixe delicioso e a momiji oroshi (mistura de nabo e pimenta) completa o sabor perfeitamente.

Agora um clássico que aprendi a apreciar no Mori, sashimi de polvo no sumissô, que é um molho a base de missô. É incrível também, coisa que depois de comer você pensa: preciso aprender a fazer em casa! O polvo também não fica para trás, estava bem macio, afinal das contas ninguém merece polvo borrachudo!

Por final um peixe que não lembro o nome, me desculpem! Mas é este abaixo, um peixe que veio importado, em conserva e com uma alga grudada nele para dar um sabor especial! Foi uma grande surpresa, gostei muito mesmo!

Seguindo o jantar, Daniel nos serviu algumas entradas bem inspiradas. Segundo ele mesmo, quis aproveitar o belo robalo que tinham disponível e fez um usuzukuri delicioso:

A entrada acima talvez seja uma das melhores que qualquer restaurante possa servir. Na minha visão o usuzukuri serve muito bem como início de um jantar japonês, é bem refrescante e não enche muito! Parece que abre o apetite!

Seguindo no jantar, Daniel nos serviu um prato bem famoso, sobretudo nos EUA, é o Ahi Poke, que é como se fosse um tartar de atum, onde o peixe é temperado com diversos ingredientes diferentes! Essa receita é oriunda do Havaí e você a encontrará facilmente em restaurantes da América do Norte. O servido para nós estava muito bom, infelizmente vocês não podem experimentar, só ver, haha:

Bom, é isso que eu chamo de bom jantar japonês, ótimos sashimis e entradas que não ficam atrás. Para continuar a refeição Daniel optou por nos servir sushis, o que eu pessoalmente aprovo muito, eu não consigo entender pessoas que preferem sashimi a sushis, o arroz japonês temperado para sushi, chamado de shari, é uma das maiores delícias que existem!

Não vou mais deter vocês, Daniel nos serviu diversos nigiris diferentes, tudo bem fora do comum, abaixo vocês verão nigiri sushi de robalo com folha de shissô, pargo com momiji oroshi, serra e camarão!

Não tem nem o que falar saber, nigiris feitos de forma perfeita e o melhor, não são comuns, todos tinham detalhes para enaltecer o sabor, desde a folha de shissô, passando pela momiji oroshi, alho frito e por final esses brotos de nabo no nigiri de camarão! Dá vontade de esquecer os sushis normais que você come rotineiramente e só comer assim! Aviso: é viciante comer sushi bom.

Além desses nigiris, Daniel nos serviu jows também, que estavam ok, nada de especial se formos comparar com o jantar até então:

Também nos serviu uramakis especiais, muito gostosos. Se tem algo que acho que o Mori acerta em cheio são os uramakis! São sushis que são muito mal feitos na maioria dos restaurantes mas eles tem um potencial gigantesco que na maioria das vezes é subaproveitado. O Mori Sushi acerta também no tamanho dos uramakis, fazendo a relação recheio x arroz muito bem, assim como o tamanho do sushi em si para o colocarmos inteiro na boca, que é o correto. Sem mais delongas, vejam o uramaki servido, com salmão e camarão! Faltou só o molho tarê!

Seguindo, como é de praxe do Mori, Daniel nos perguntou o que queríamos, se faltou algo que sentimos falta, tínhamos algum desejo especial etc. Sem dúvida nenhuma a 1a coisa que pedi foi o uraebiten, ou seja, um uramaki de camarão empanado!

Este sem dúvida é um dos melhores enrolados do tipo uramaki que você pode comer e até fazer para os outros, todos ingredientes combinam super bem e é um dos meus favoritos disparado!!! Neste de cima só faltou mesmo uma alfacinha para ficar um pouco mais leve, ela cai muito bem com o camarão, creamcheese e arroz!

Bom, como ir ao Mori não é coisa de todo dia, então sempre tento comer o máximo que posso para a saudade não bater tão rápido! Seguindo no jantar, deixamos com o Daniel para nos guiar no que mais ele tivesse em mente! E ele não nos decepcionou!

Primeiro foi um nigiri sushi de salmão skin super estilizado, utilizando um nori bem crocante envolvendo todo sushi! Foi a primeira vez que vi uma proposta dessa, me surpreendi, vejam abaixo:

Aproveitando a deixa do Daniel de nos perguntar o que queríamos. Informamos que talvez fosse interessante comer mais sashimi de polvo, pois é um de nossos favoritos! Daniel , além de nos servir o polvo, serviu também robalo, um prato bonito que eu nunca havia visto, inédito. Abaixo vocês veem sashimis de polvo e robalo com tomates cereja, azeite e cebolas roxas!

Após o prato acima não conseguíamos comer mais nada, estávamos 110% satisfeitos! Sempre gosto de deixar o sushiman que nos serve bem ciente disso, pois se te algo que odeio é o desperdício, nada pior do que receber um prato em que alguém teve um trabalho para fazê-lo e você não comer quase nada, afinal, tudo vai para o lixo depois!

Avisamos o Daniel que não queríamos mais nada e que estávamos satisfeitos! Porém, como também é de praxe de todo sushiman do Mori, ele disse que era muito cedo ainda e que precisávamos pelo menos experimentar um mais! Claro que quando um sushi chef pede para você experimentar um prato dele você não pode negar!! Sempre há espacinho para algo a mais, nem se a sobremesa ficar de fora!

Em pouco tempo Daniel nos serviu um par de sushi gunkan que ele disse é que é dos favoritos dele! O que vocês verão abaixo é um spicy gunkan tuna, ou seja um sushi no estilo gunkan de atum apimentado com tabasco!

Assumo para vocês que a pimenta foi um pouquinho demais para mim, sou fraco nesse quesito, mas Deus do céu, é um sushi delicioso, atum com este tipo de tempero, acompanhado de arroz e uma alga crocante é sensacional! Este vai pra aquela listinha dos sushis para fazer em casa também!

Nosso jantar acabou por aqui! Que dinastia de pratos não é mesmo? Daniel mandou muito bem! E algo que eu não citei foi o papo que batemos, sensacional, não é só comida que interessa quando você senta no balcão de um sushibar, aprenda também com o sushiman o que ele tem a ensinar!

A review fica por aqui! Espero que tenham gostado! O Mori Sushi é um restaurante fantástico e já fizemos muitas reviews dele, então é provável que fiquemos um bom tempo sem novas reviews, ok?

Vocês já foram ao Mori? Deixem suas opiniões abaixo!

Abs

Gourmet San

Restaurante Ponkan Sushi & Arte – sushi contemporâneo em frente ao Mackenzie!

Saudações amantes da culinária japonesa!

Sempre em busca de expandir os horizontes em todas direções e sobretudo regiões, Gourmet San visitou o primeiro restaurante do bairro Higienópolis, é o Ponkan Sushi & Arte, localizado na Rua Piauí, 217 , tel (11) 3211-7146 (www.ponkan.com.br/) o bairro é naquelas misturebas…um pouco de Higienópolis um pouco de Consolação…Centro…mas pra facilitar pra vocês: fica em frente ao Mackenzie!

Fomos numa sexta-feira a noite e para estacionar foi até que tranquilo, pois há muitas vagas na rua, mas vale lembrar que durante julho o movimento deve ser bem mais tranquilo devido as férias mesmo. Antes de falarmos do restaurante, da comida, do ambiente etc, este restaurante merece uma menção especial ao nome: Ponkan! Você já ouviu este nome, em algum lugar de sua memória…pois então, é o nome de uma mexerica a venda em muitos mercados e o nome, em japonês, significa Laranja de Mel!

A entrada do restaurante é bem típica de restaurantes japoneses tradicionais, portinha de madeira, mas logo que você entra vê que a proposta é outra! Um ambiente mais moderninho, com iluminação indireta, deixando as pessoas bem a vontade e não esquecendo do que sempre digo, o mais importante é enxergar a comida!

O Ponkan é mais famoso pelos temakis e pedidos a la carte, mas optamos pelo rodízio que é uma novidade no local! Ele está saindo por R$ 59,90! Fique tranquilo que no rodízio não tem limites para nenhum prato, então é só escolher do menu e pedir ao garçom!

O primeiro prato que pedimos foi o ceviche! Esse é um prato com inspiração peruana e que vem conquistando cada vez mais espaço! Eu particularmente adoro! O do Ponkan, além de muito bonito, estava gostoso também! Achei só que alguns peixes poderiam ter passado um pouco mais tempo “cozinhando” no limão, mas isso é um detalhe, o lance de colocar as ovas tricolor por cima foi bem legal, algo inédito pra mim, o sushiman mandou bem.

Além do ceviche, pedimos também como entrada fria o carpaccio! Carpaccio talvez seja o prato que mais muda de restaurante para restaurante. O do Ponkan vem com fatias de salmão e polvo temperadas! E quando digo “temperadas”, me refiro que são picantes! Eles colocam temperinhos como curry, pimenta e azeite! Vale super a pena pedir, mas atente-se pela picância, até acho que eles poderiam maneirar um pouco, apesar de isso variar de pessoa para pessoa.

Depois do ceviche e do carpaccio, chegaram os pratos quentes: shimeji, shitake, guioza de legumes e de carne de porco. Comenteram um erro apenas, não tínhamos pedidos guioza de legumes e sim harumaki de legumes, mas o garçom nos informou posteriormente que tinha acabado, então aparentemente eles substituíram por um guioza de legumes automaticamente! Vejam abaixo que cada prato veio em porções individuais bem razoáveis, acho que são de tamanho correto para um rodízio! A pior coisa são rodízios querendo entuxar entradas para você comer menos sushis e sashimis!

Os 2 guiozas vieram ótimos, foram feitos na hora e na chapa, nada de mergulhar no óleo, muito bom! O shimeji também estava gostoso, nada espetacular, mas é aquele shimeji que enquanto tem, você come, hahaha! Agora o shitake foi a grande surpresa…simplesmente delicioso! Nós todos ficamos na cabeça com shimeji…shimeji…shimeji…e esquecemos como outros cogumelos podem ser bons também. O Ponkan Sushi & Arte acertou na mosca, sinto saudades deste shitake até agora, é um pedido que não pode faltar quando você for lá…super macio, suculento e bem temperado!

Shitake do Restaurante Ponkan Sushi & Arte

Mas ainda não havia acabado, por sugestão da própria casa pedimos os croquetes especiais, sem saber o que esperar! O que veio foi uma maravilha: croquetes com salmão, kani e creamcheese, ou seja, praticamente um hot roll! Um prato inédito para o Gourmet San, o restaurante Ponkan acertou novamente nessa inovação, é algo para se anotar e fazer em casa! Gostoso demais, sem palavras, talvez ele pudesse vir um pouco menor apenas, mais estilo degustação.

Bom, finalmente terminamos as entradas, ufa! Mas realmente são diversas e muito boas, sobretudo os croquetes, o shitake e o ceviche! Mas agora ta na hora de mudar o foco e ir para o que mais interessa: combinado de sushi e sashimi! No cardápio do Ponkan Sushi & Arte há um combinado especial a la carte onde o sushiman capricha e faz suas invenções do dia! Porém parece que no rodízio eles capricham tanto quanto! Bom…não nos desapontamos:

Como vocês podem ver é bem variado e servido! Quando chegam pratos assim eu assumo que é difícil ficar tirando fotos antes de atacar, mas é minha função! Não sei se todos os combinados do Ponkan viriam tão caprichados assim, justamente porque nós pedimos para caprichar, mas acho q essa é a graça de lá, eles variam de acordo com o gosto do cliente!

Bom, nos serviram sashimis de atum, de salmão chamuscados e temperados com curry (diferente né?), jows de salmão chamuscado e creamcheese, mais alguns sushis especiais como camarão empanado com creamcheese, sanduichinho de camarão com salmão chamuscado e ainda um repeteco do ceviche, desta vez servido numa criativa cumbuca feita a partir de uma laranja! Veja abaixo o ceviche no copo de laranja e um outro sushi especial que falarei também.

Agora uma das maiores surpresas da noite…ta vendo esse sushizinho embaixo a esquerda na foto acima? Pois bem, o recheio é de salmão e ovas, e você tem a impressão de que essa folhinhas em volta são macias…mas não são! Elas são super crocantes, fininhas e contrastam bem com o recheio!

Além deste sushi de textura diferenciada, o combinado tinha outros sushis diferentes como eu disse anteriormente! Na  foto abaixo vocês veem um empanado de nigiri de camarão e com cobertura creamcheese misturado com molho tarê! É gostosinho, mas não segue a linha de comida japonesa que eu aprecio, mas é o que está em voga nos restaurantes criativos de São Paulo e tenho certeza que a maioria deve gostar!

Ainda na foto vocês veem o sashimi de salmão chamuscado com curry, é bem peculiar e deixa o sashimi com uma cor e sabores únicos! Os 2 jows especiais com shimeji, tarê e gergelim que vocês também podem ver achei bons, mas nada demais, seguem a mesma linha do nigiri de camarão empanado, talvez um pouco doce demais, afinal é creamcheese, tarê e salmão chamuscado, tudo indo a uma mesma direção de sabores.

Não está dando pra ver muito bem na foto, mas ao fundo do prato estão o sanduichinho de salmão e camarão junto com os enroladinhos de camarão empanado e salmão que falei. O primeiro segue a linha dos dois sushis que falei acima, gostoso porém meio doce, então acredito que o mesmo combinado possa vir com apenas um deles, para não ficar muito pesado e parecido. O segundo, o enroladinho, era um camarãozinho empanado envolto em salmão, gostoso e mais leve.

Para finalizar pedimos mais alguns sashimis de polvo e salmão e perguntamos se não havia alguma iguaria disponível! Para minha surpresa foi servido o prato abaixo:

Claro que a surpresa não foi com o polvo, nem com o salmão…foi sim é com o minipolvo! Uma iguaria deliciosa e que o Gourmet San ama muito, ao meu ver é como um galeto em relação ao frango, é um polvinho com sabor de polvo só que muito mais acentuado, muito mais!! Eu recomendo a todos!

Chamo atenção também para a grossura do sashimi de salmão, tanto do primeiro combinando, onde ele veio chamuscado, como neste último prato. Claro que dá pra ver a boa vontade em servir assim, sem dúvida, mas o ideal é achar um meio termo justamente para a pessoa que pede rodizio consiga saborear mais coisas.

Bom, essas foram as considerações do Gourmet San sobre Restaurante Ponkan Sushi & Arte, é um lugar moderno, com sushi contemporâneo de boa qualidade e um preço ok! Pelo o que eles servem o preço é bem justo, sobre tudo pelos pratos quentes e a variedade do combinado de sushi. Afinal, por um preço semelhante, o Aoyama não serve nem ovas e nem polvo, por isso achei o Ponkan uma boa pedida para você que mora na região e quer sair a noite com os amigos para comer um sushi de boa, degustar coisas novas sem ir muito longe.que tem o mesmo preço mas é sempre cheio demais.

Retornaremos para avaliar os temakis que vimos que eram gigantescos como os da Temakeria e Cia! E já digo de ante mão que talvez eles tenham que pensar algo especial para os mackenzistas, afinal o público ali deve ser forte!

Abs

Gourmet San

Novidades no Restaurante Sushi Tori em Pinheiros!

Olá a todos,

Ontem o Gourmet San visitou o Restaurante Tori, na Av. Pedroso de Moraes, 1051, tel 3813-5174 em Pinheiros e levou uma surpresa positiva: eles mudaram o sistema do rodízio! Agora você não espera mais seu combinado, misturaram o modelo de rodízio de carnes com buffet de sushi, ou seja, agora você é servido em bandeja, direto pelas garçonetes que ficam rodando pelo salão!

As vantagens são inúmeras, primeiro que você só pega e come realmente o que gosta, não tem mais aquele risco de virem sushis menos interessantes, como o uramaki califórnia! O outro ponto positivo é que a espera diminui ou quase desaparece, já que as bandejas estão sempre sendo repostas pelos sushimans e servidas pelas garçonetes a todo momento.

Fui conversar sobre essa nova proposta com os sempre simpáticos Floriano, que cuida do salão, e com o Cláudio sushiman! Floriano perguntou se gostamos deste novo sistema e o Cláudio disse que ele faz sucesso na hora do almoço pois permite maior agilidade para quem tem de almoçar em 1h, e que pro cliente a vantagem é maior também na variedade de pescados, já que o giro de peixes cresce!

Bom, está nos planos voltar lá até o final do mês para um almoço e fazer uma review deste novo sistema! Afinal ontem estava moleza para eles, terça-feira a noite, pouco movimento, no almoço deve bombar, será que dão conta? Vamos ver!

O preço do rodízio subiu um pouco, saiu dos 37 reais e subiu para R$ 41,00, mas ainda vale a pena a visita.

Os pratos servidos ainda são basicamente os mesmos, então vale a pena ver as duas reviews que já fizemos deles para conferir o que é servido: review 1 e review 2.

Abraços

Gourmet San