Quer um Kare apimentado em São Paulo? Vai pro Kidoairaku

Oi pessoal, tudo bem?

Quando comecei a explorar a Liberdade (o bairro, não o conceito abstrato sociológico, rs) lá atrás, eu obviamente comecei pelos sushis e mesmo nos restaurantes mais tradicionais e com pratos quentes excelentes, acaba escolhendo os frios.

E teve a ocasião, onde indo contras minhas inclinações da época, fui ao Kidoairaku para comer um Kare e o atendente da época disse: “Olha…(gaijin, rs) é apimentado!” Com medo e ainda inexperiência, refuguei e pedi um teishoku de sashimi.

Mas tudo que vai volta! E após ganhar muita quilometragem (até no Japão), comendo Kare, recentemente retornei lá e fui firme:”QUERO O TONKATSU KARE”. Ouvi novamente: “olha…..é apimentado!”. Falei, “Pode trazer”, todo seguro de mim.

Pois bem, vejam abaixo:
Isso…agora vejam melhor!

Pessoal, se você gosta de Kare apimentado, esse é o lugar pra vocês, definitivamente ele não é mediano, ele é forte (pro meu paladar). Logo que vi, pensei o mesmo que vocês…”nossa, escuro, né?” Pois bem ele realmente é encorpado e delicioso em todos aspectos, mas…É PICANTE!

O Tonkatsu em si estava bom! MAs confesso a vocês, que depois do Japão sua concepção de tonkatsu muda. Mas isso não estraga o prato, ele é excelente.

Bom, fica a dica e o aviso, rs, se for ao Kidoairaku, já sabem o que esperar!

Abraços!

Kenzo Sushi: iluminando a Liberdade

Kenzo Sushi Liberdade dupla de atum maguro

Oi pessoal, tudo bom?

Apesar de escrever durante +7 anos sobre culinária japonesa e visitando restaurantes japoneses em todas as partes da cidade de São Paulo e inclusive fora dela, o bairro da Liberdade não é uma região que eu explorei como poderia e deveria, shame on me! Mas de tempos em tempos vou pra lá e sempre faço questão de ter pelo menos uma refeição pra tirar o atraso! Dessa vez não foi diferente!

Depois de fazer os deveres comerciais (Ikesaki, Casa Bueno, Marukai, Empório Azuki) fui ao dever gastronômico! Sempre faço o mesmo, vou descendo a Galvão Bueno, entrando nas ruazinhas e vendo qual restaurante está menos lotado (fim de semana é dose) e qual bate aquela vontade de conhecer.

Liberdade Bairro japonês

Uma das ruas com mais opções é a Thomaz Gonzaga, onde estão alguns clássicos, como o Lamen Kazu, Porque Sim e o Ban. Mas essa rua não é bonita não, pelo contrário, ela parece abandonada, cheia dessas portinhas antigas se você não sabe se são restaurantes abertos, fechados, exclusivos etc…

É por isso que me chamou muita atenção uma portinha de madeira clara, reluzindo de nova! Lá se encontra o recém inaugurado Kenzo Sushi, Rua Thomaz Gozaga, 45F – Liberdade.

Entramos, afinal do lado de fora parecia promissor, o cardápio tinha preços honestos e combinados clássicos de restaurantes tradicionais, então senti confiança.

Dentro, o restaurante era ainda mais bonito, balcão lindo, reluzindo, depois fiquei sabendo que o arquiteto do Kenzo Sushi é o mesmo do fantástico Ryo, do Edson Yamashita.

Sentamos no balcão e olhando o cardápio pedimos um combinado de 14 sushis por 120 reais mais alguns sushis no a la carte, apenas nigiris! Preciso dizer que antes de fazer o pedido eu tinha ido ao banheiro e vi alguns nigiris chegando numa outra mesa e fiquei de olhos arregalados, pois estavam lindos, de encher os olhos e a barriga. Segue o cardápio (de nada):

Kenzo Sushi Liberdade cardápio

Bom, vamos lá, foi uma sequência linda de sushis, que merecem serem mostrados um a um:

1. Carapau

Kenzo Sushi Liberdade sushi de carapau

2. Buri (um dos mais gordos que comi nos últimos tempos)Kenzo Sushi Liberdade sushi de buri

3. PargoKenzo Sushi Liberdade sushi de pargo

4. RobaloKenzo Sushi Liberdade sushi de robalo

5. Polvo e Lula com shisoKenzo Sushi Liberdade sushi de tako e ika lula

6. Camarão com yuzuKenzo Sushi Liberdade sushi de camarão com yuzu

7. MassagoKenzo Sushi Liberdade sushi de ovas

8. UniKenzo Sushi Liberdade sushi de uni ovas de ouriço

9. VieiraKenzo Sushi Liberdade sushi de vieira

10. Unagui (maravilhosa!!!)

Kenzo Sushi Liberdade unagui

11. Atum

Kenzo Sushi Liberdade dupla de atum maguro

12. Saladinha de alga wakame (deliciosa, recomendo a todos)

Kenzo Sushi Liberdade salada alga wakame

Bela sequencia, não? Saí do Kenzo com alguns pensamentos na cabeça: (1) Preciso voltar logo aqui (2) Preciso contar pra pessoas sobre esse lugar (3) Mas que achado!

Além dos deliciosos sushis servido, tive a oportunidade de conversar bastante com a simpática Cintia, uma das responsáveis pelo restaurante e também com o sushi chef Hiro, que tem experiência numa lista notável dos melhores restaurantes de São Paulo, como Nagayama, Miyabi, Kinoshita, Jun etc. Sabe pouco o Hiro? Hahaha, sabe muito!

Num desses papos durante o almoço, eu falei pro chefe Hiro que eu estava impressionado com o arroz, que além de muito gostoso, estava com ótima textura e quando colocava o bolinho de arroz na boca ele se desmanchava. Hiro então abriu um enorme sorriso e agradeceu: “poxa fico muito feliz que você reparou, obrigado!”.

Seguindo o papo sobre arroz, ele montou dois bolinhos pra sushi sem o netá, um com a técnica correta e o outro não, adivinham dos 2 abaixo qual é certo?

Kenzo Sushi Liberdade shari arroz pra sushi

Então, na verdade é bem fácil =)

O da direita é o correto, vocês conseguem perceber que o bolinho está um pouco mais comprido? Com os grãos mais espaçados? É isso! O Chefe Hiro apertou menos para fazer o bolinho.

Eae pessoal gostaram do Kenzo Sushi? Eu virei fã e quero voltar lá o quanto antes! Recomendo muito!

Abraços

Gourmet San

Sushi Isao, depois de 4 anos!

Pois é, vergonhoso!

Um dos principais restaurantes japoneses de São Paulo, com o buffet de comida japonesa mais famoso, levei 4 anos para retornar!

Uma explicação em minha defesa: tinha muitos outros restaurantes japoneses para eu visitar na Liberdade ainda, e todo esse tempo meu foco foi sempre conhecer lugares novos.

Meu intuito ao retornar foi justamente ver se eles continuavam iguais, a resposta logo de cara para vocês é: sim, o Sushi Isao continua o mesmo de 4 anos atrás!

Claro que os preços estão reajustados (não muito), o buffet almoço/jantar fica entre 80/90 reais, ou seja, compatível com o preço de rodízios bons de São Paulo.

Agora vamos falar um pouco mais o Sushi Isao. Ele fica ali na Liberdade, na Rua da Glória, 111, no segundo andar de um pertinho de fachada duvidosa. Antes ele ficava no primeiro andar, mas mudaram recentemente pelo o que percebi.

O Isao continua parecidíssimo, se não idêntico, balcão grande, ocupado pelas bandejas de sushis, sashimis, pratos quentes e outras opções como ostra, salada de berinjela etc. O ambiente estava agitado como eu bem lembrava, pessoas de um lado pro outro com pratinhos cheios e logo retornando com eles vazios.

 

Cheguei e sentei no canto do balcão, afinal estava sozinho. Inclusive, vocês podem ver minha mochila preta pendurada ali em cima a direita =)

Bom, logo de cara o que me fez abrir os olhos foi a bandejinhas de sushis gunkan de ovas:

Tinha uni, tobiko, massago e um de mix de ikura com salmão batidinho. Vou ser honesto, nenhum desses de ovas estava excelente, todos estavam ok…Claro que estamos num restaurante “coma até explodir”, e como canso de dizer aqui, qualidade da comida japonesa é inversamente proporcional a quantidade de comida que é servida. Mas não é todo dia que tem  uni (ovas de ouriço) a vontade, então é claro que enchi o prato de gunkans.

Aproveitei e também peguei um sushis de atum, hokkigai, polvo e ostras:

As ostras estavam bem temperadas e eram de tamanho médio. O atum estava fresco mas cortado sem precisão alguma. Mas no geral tudo estava gostoso, não posso negar. Se teve um ponto baixo foi o polvo, frio e borrachudo. Não tem jeito, depois que você come a receita de sashimi de polvo da família Aze-Shin-Kan, poucos lugares batem e muitos ficam longe!

Eu estava sentado no balcão, então tive visão privilegiada do que chegava e saía, além das conversas dos sushimans. Assim que um deles comentou com o outro que o uni tinha acabado, levantei e fui pegar os últimos na bandejinha. Aproveitei e fiz meu segundo prato:

Nesse eu repeti os gunkans e a ostra e peguei alguns enrolados. Desses enrolados, o ponto alto foi esse vermelhidão da direita, um de salmão batido com flocos de peixe, sushi que só tinha comido antes no Kai, do excelente chefe Paulo San. O ponto baixo foi o enrolado uramaki de shimeji, dei mais uma chance, mas não tem jeito, enrolado de cogumelo não dá certo!

No final das contas o Sushi Isao vale a pena? Sim, vale sim! Mas vou fazer agora uma análise um pouco maior. O sistema de buffet, como eu sempre digo, ele é dinâmico mas tem algumas complicações. A 1a é que a comida fica ali esperando, esperando e você não sabe quanto tempo, então não é a melhor das experiências.

Outra questão é do ponto de vista da experiência gastronômica, ou simplesmente do prazer de sentar e ter uma refeição. Com o buffet, você acaba se servindo e comendo muito rápido, o que te leva a se ver pagando a conta em menos de 30 minutos. Fica até uma sensação estranha internamente de pagar quase 100 reais numa refeição tão rápida.

Sobre o Isao em si, sei que ele tem fãs leais, eu mesmo tenho 2-3 amigos que segundos eles o Isao é o melhor de São Paulo. Bom, claro que não é o melhor de São Paulo, nem perto disso, mas se o posicionarmos junto aos rodízios, ele faz frente com os melhores em custo benefício. O único ponto é que ele é super tradicional, não vai encontrar modernidades nem invencioníces.

Recomendo ir, mas não sozinho, vá em grupo para bater um bom papo e comer sem pressa. Chegue cedo também, para pegar tudo fresquinho.

Forte abraço

Gourmet San

 

Sushi Cake! Novidade da Sweet Sushi!

Olá a todos,

Além de vocês que sempre me mandam novidades, meus amigos e familiares sempre comentam comigo suas experiências em restaurantes, pedem dicas ou falam para combinarmos de ir a algum sushi ou fazer em casa. Ou seja, estou sempre cercado por informações de comida japonesa por todos os cantos!

Desta maneira, novidades batem a minha porta sempre! Desta vez foi algo que eu já tinha visto por aí “nas internets”, mas nunca tinha nem pensado que iria provar. Estou falando de sushicake (bolos de sushis), ou de sushis em formato de bolo!

Antes que vocês comecem a torcer ou nariz ou fazer cara feia, podem parar, isso já existe faz um bom tempo no exterior e grandes chefes já aprovaram, como o Morimoto (que foi um Iron Chef original), e é um dos maiores nomes da culinária japonesa do mundo.

Vocês então devem estar se perguntando: “mas então Gourmet San, nos diga, é bom? onde? quanto? como??”

Ok, vamos lá! Aqui em São Paulo temos uma empresa pioneira em sushi cakes (sushis em formato de bolo) que é a Sweet Sushi! Eles acabaram de começar as operações e já estão fazendo sucesso! Claro que fiquei sabendo rapidamente deles e fiz questão de ver qual que é a desse sushi em formato de bolo!

Por enquanto eles não possuem site, mas possuem uma fanpage no facebook e aceitam pedidos por lá, por email (sweetsushisp@gmail.com) ou telefone (11 95874-5248). Achei que eles estariam sem movimento, afinal acabaram de abrir, mas a coisa ta indo bem aparentemente, pois fiz um pedido correndo em cima no dia 23/12 e eles só puderem me enviar no dia 24/12 depois do almoço. Ou seja, programem-se, caso queiram provar um bolo de sushi no jantar, peçam no horário do almoço. Os bolos não estão prontos, como estamos falando de sushi

Eu pedi 2 bolos de tamanho P, que servem 2-3 pessoas e custam 70 reais cada um, ou seja, mais ou menos de 25-35 reais por pessoa, bem menos do que qualquer rodízio de comida japonesa! Bom, vamos ver se vale a pena abaixo?

Sushicake 1: Sweet & Spicy

Sushicake de salmão com raspas de limão, avocado e mais alguns ingredientes que não consegui decifrar. Para cortar é bem fácil, aliás muito mais do que um bolo normal, pois o arroz cede bem mas como o bolo é bem montado, ele não desmonta em nenhum momento.

O sabor desse sushicake é excelente! Ele traz a combinação de salmão com raspas de limão, que é classicamente conhecida e funciona muitíssimo bem. Além disso, o avocado (abacate) trabalha super bem e vale lembrar que ele é ingrediente comum na culinária japonesa nos EUA. Infelizmente os abacates estavam um pouquinho desformes, isso é por que não eram avocados.

Vejam abaixo o bolo de outro ângulo.

Pois é, dá pra ver que vai bastante salmão, não é um bolo de arroz. Para melhorar ainda mais esse bolo é só colocar um pouquinho de shoyu ou tarê, e foi o que eu fiz! Agora vamos ao  outro bolo!

Sushicake 2: Salmão Sweet & Frutas

Bonito né? Esse é um sushicake muito mais complexo, ele leva diversas frutas como morango, cerejas, amoras, manga além do avocado e essas foram a que percebi. Sendo bem sincero, foi um pouco fruta demais, mas estava gostoso também, apesar de eu ter preferido o sushicake anterior. Quando cortei o bolo percebi que tinha muito mais ainda, vejam abaixo.

Dentre os ingredientes ainda percebi o gergelim e filamentos de algum vegetal (talvez cebolinha e alga-nori). Diferente do outro, esse não acrescentei nem shoyu ou molho tarê, mas acho que caberia muito bem também. Vale a pena comentar que as frutas selecionadas combinam bem com o salmão e o arroz adocicado, então tudo caminha bem.

Mas vamos lá, é necessário fazer uma análise mais ampla do conceito desses sushicakes e não apenas dos sabores de cada um. Isso é muito importante pois a todos que mostrei o sushicake acharam estranho a primeira vista, com preconceito obviamente, mas depois de provarem a coisa mudou, davam uma risadinha e diziam: “não é que funciona mesmo? gostoso heim!”

Os sushicakes ou bolos de sushis, vão mais para o lado dos sushis do que de bolos, então não pense em algo como um pão-de-ló, suspiro e salmão e sim como um sushi grande com um trabalho especial. Para ser mais preciso ainda, eu diria que se trata de uma versão maior e mais bem elaborada dos bateras, famosos sushis prensados.

O sabor também não é algo super doce como os bolos normais, mas ele segue a linha de sushis agridoces que temos hoje em dia, portanto se trata de uma versão maior de sushis.

A Sweet Sushi possui diversas opções em seu cardápio, inclusive opções servidas em copos, vale a pena conferir, eu gostei muito da novidade!

Abraços

Gourmet San

Sushi Lika – Esperava mais…

Olá a todos!

Hoje a review é de um restaurante inédito aqui no Gourmet San! Voltei lá para o bairro da Liberdade e fui conferir um dos restaurantes mais tradicionais de lá, o Sushi Lika! Ele fica localizado na Rua dos Estudantes, 152 A – Liberdade, São Paulo, tel (11) 3207-7435.

Já ouço falar do Sushi Lika faz muito tempo, desde que comecei a explorar os restaurantes japoneses de São Paulo que leio reviews em outros blogs sobre esse restaurante. Todos, sem exceção falavam super bem dele, então claro que eu tinha que conferir em algum momento!

Aproveitando esses dias de final de ano e folga fui dar uma volta lá na Liberdade para finalizar umas pendências pessoais e aproveitei para almoçar pela região, não vou negar que minha intenção era encher a barriga e matar a saudade do Sushi Issao, mas como ele já está em recesso de final de ano, bati com a cara na porta e fui buscar um inédito! Lembrei do Sushi Lika e todo seu reconhecimento.

Entrando, fiquei surpreso com o ambiente, ele possui uma mistura de tradicionalismo com ambiente simples de rodízios, fiquei confuso! Ele possui também aqueles matames adaptados com buracos para colocar a perna, ou seja, lugar bacana para ir em grupo!

Como estava sozinho resolvi ir para o balcão que é como gosto e vocês sabem! Na minha frente um sushiman ocidental de idade avançada mas que estava com cara de quem entendi muito do que estava fazendo! O cardápio do Sushi Lika é grande e com fotos, assim como da grande maioria dos restaurantes na Liberdade. Meu pedido foi o Sushi Tokujo por 87,00 reais, que consistia em sushis e tekkamakis, mas numa seleção especial.

Bom, não demorou quase nada e me serviram o prato abaixo:

Os sushis possuem um bom tamanho, não dá pra reclamar! No combinado você encontra nigiris de camarão, vieira, robalo, polvo, lula, buri, atum, carapau e 2 de salmão! Pois bem, realmente fiquei incomodado com 2 sushis de salmão, para um combinado top do restaurante, eu não esperava dois de salmão. Na geladeirinha bem na minha frente tinha um chu-toro lindo e mais a direita tinha enguia, então achei um pouco de má vontade servir 2 salmões, que nem eram barriga ou algo do tipo, eles tinham outras opções.

Os peixes estavam excelentes e a lula nota 10, super macia. Os enrolados estavam bem bons, assim como o sushi jyo, eles tinham algum tipo de cobertura crocante, não identifiquei o que era, sinto muito, poderia ser tanto flocos de tempurá como alguma outra coisa, mas o que importa é que funcionou!

Também serviram 3 sushis de ovas:

Acima vocês veem uni (ovas de ouriço), green tobiko (ovas de peixe voador com tempero de wasabi) e ikura (ovas de salmão). Todos os sushis estavam bons, fiquei feliz com a seleção!

Mas ainda preciso falar de algo muito importante em todos esses sushis servidos, o arroz, ou melhor, o shari, que é o arroz temperado para sushi. O shari do Sushi Lika estava bem mais doce do que o costume, aliás, acho que foi o shari mais doce que já provei! Nada contra, mas é realmente uma receita bem diferente das que estou acostumado. Além disso, acho que os grãos de arroz ficaram um pouco mais grudados que o normal, então o sushi ficou mais massudo.

Bom, mas não se atenham a apenas o arroz, acho que o Sushi Lika vale uma visita com calma e em grupo, para pedir algumas entradas e um combinado maior, ir sozinho foi ok, retorno, mas só em grupo.

Abraços

Gourmet San

Sendai – por que ninguém fala de lá?

Faz anos, desde antes que eu comecei a escrever sobre comida japonesa, meu pai já tinha me indicado 2 restaurantes para ir, o primeiro é o Yashiro, onde já tive oportunidade de ir diversas vezes, o segundo é o Sendai, onde finalmente fui semana passada! Ele fica localizado na R. da Glória, 148 – Liberdade, tel (11) 3241-1129.

Um tempo atrás eu já tinha tentado ir ao Sendai, mas bati com a cara na porta fechada algumas vezes pois eles não abrem de domingo nem feriados (vai saber o motivo, mas fico feliz que tenha gente que trabalha sem se preocupar com as convenções do mercado). Pois bem, desta vez não teve erro, afinal era almoço durante a semana!

Entrei, e o como meu pai dizia: mesinhas a esquerda e balcão a direita, sentei a direito bem em frente do sushiman Ricardo. Depois de dar uma olhada, pedi do cardápio o Sushi Especial, que serve 12 peças de sushi e 3 uramakis, o preço é por volta de 90 reais. O preço achei ok…dependendo do que viesse, valeria a pena ou não!

Bom, não demorou muito e o Ricardo me serviu direito no balcão meu sushi especial:

Logo que vi todos sushis dispostos no balcão percebi que tinha feito uma excelente escolha! 3 generosos uramakis de salmão e sushis mais do que especiais, como enguia e vieira. Além disso os de polvo, atum, camarão e os de peixe branco estavam era ótimos! Vejam abaixo os uramakis de salmão com o broto de bambu:

Não vou negar, poder comer esses 4 sushis de ovas foi um dos pontos altos, afinal ali tinha uni (ovas de ouriço) e ikura (ovas de salmão). O sushi de uni foi um dos melhores que já provei na vida, é incrível a diferença que faz quando o ingrediente é fresquíssimo!

A vieira, super deliciosa e com essa parte vermelha em cima que eu não sabia o que era. O sushiman Ricardo me disse que alguma vieiras vem com isso e outras não. Fiquei um pouco receoso, mas depois de prová-la vi que era besteira e ela era uma delícia também.

Por fim, preciso ressaltar a enguia! Geralmente elas possuem uma textura que podemos perceber com a língua e o céu da boca, porém essa era super ultra macia, quase um bolinho de enguia. O sabor também estava de outro nível, uma das melhores que já provei na vida, sem dúvida nenhuma.

Fiquei impressionado e super surpreso com a qualidade do Sendai! Lamento por não ter ido antes a este restaurante, pois a comida é sensacional! Voltarei sem dúvida! E me pergunto, por que quase ninguém fala de lá? É bom demais!

Forte abraço

Gourmet San

Kidoairaku – almoçando na casa de uma família japonesa

Se você conhece a gastronomia alternativa de São Paulo, ou se é daqueles que gosta de comida japonesa tradicional, mas tradicional mesmo, sem dúvida você conhece o Kidoairaku. Se você acha(va) que era um desses 2 tipos citados acima, mas não conhece o Kidoairaku, você tá por fora!

O Kidoairaku fica localizado na R. São Joaquim, 394, Liberdade, umas boas quadras pra baixo da estação de metrô Liberdade e bem próxima da estação Joaquim também, é fácil de encontrar, fica exatamente na esquina da Rua Galvão Bueno com a Rua São Joaquim.

Eu estava passeando pelo bairro quando olhei o horário e era 11:25, pensei na hora que um restaurante mais tradicional como esse sem dúvida abriria em breve e já estaria aberto! Cheguei 11h31 e vi umas 8 pessoas entrando! Pensei na hora: “meu deus, esse é o tipo de restaurante que as pessoas se programam para ir e chegar cedo, porque…LOTA”

Entrei e vi o balcão livre, livre não, já tinha uma senhora japonesa sentada. Atrás do balcão um rapaz novo japonês que falava um português bem arrastado, mas um japonês fluente. Ele me deu o cardápio e depois de eu dar uma olhada resolvi pedir o tonkatsu kare, que é a carne porco a milanesa com molho e legumes no curry e arroz. Mas o rapaz até sincero demais me disse que o kare era bem apimentado, dando idéia que eu não ia aguentar, desta forma mudei de opção e escolhi o Sashimi Teishoku, por 45-48 reais.

Antes disso, preciso falar do ambiente, ele é incrível, parece que você está entrando na casa de alguém e que tem um balcão montado na sala, com uma televisão ligada e diversas revistas, CDs e outras coisas que aquela tia que todos nós temos tem espalhada pela casa.

Bom, sobre a comida, demorou um pouco para meu pedido chegar, uns 15 minutos pelo menos, mas veio:

Uma refeição completa japonesa, por isso que o teishoku é como se fosse nosso PF (Prato Feito). Veio uma saladinha de alface e tomate com um molho, gohan, missoshiru, legumes cozidos, ovo com nirá (vegetal japonês) e um outro que não identifiquei mas que estava gostoso também. Tudo estava ok, nada tão maravilhoso, com exceção dos sashimis:

Os sashimis estavam realmente esplendorosos, não é o que você espera de um teishoku, mas realmente eles estavam suculentos, incrível como dá pra perceber quando os peixes são super frescos, todos derretiam na boca!

Para sobremesa serviram uma gelatina de café, foi a primeira vez que tive a chance de experimentar. Incrível, é realmente como se tivessem pegado uma xícara de café e transformado numa gelatina. Quem gosta de café deve adorar!

Não vou negar, minha primeira experiência no Kidairaku foi abaixo das expectativas, os sashimis realmente estavam ótimos, mas todo resto estava apenas ok. Dá próxima vez serei firme e pedirei o karê!

Porém eu recomendaria muito a visita ao local, o ambiente, o atendimento, a comida, tudo é muito único!

Forte abraço

Gourmet San

Meu Sushi Delivery – o melhor delivery de comida japonesa de São Paulo

Queridos amantes do peixe cru e do arroz avinagrado!

Aqui encerro uma sequência de análises de deliveries de sushi, mas por que? Por 2 motivos, o primeiro é que está na hora de fazer um apanhado geral de todos e também por que começarei análises de alguns restaurantes um pouco mais tradicionais e visitarei outros bairros de São Paulo que muitos leitores tem me pedindo!

Hoje retorno ao meu primeiro pedido de comida japonesa delivery de todos, o Meu Sushi Delivery. Por incrível que possa parecer, digo logo de cara, eu tive a sorte de abrir e fechar as análises com chave de ouro! =) Se você quer acompanhar a análise abaixo de uma maneira melhor, recomendo que leia a review do primeiro pedido para ver como estavam minhas expectativas e como analisei tudo na época.

Resolvi fazer o pedido no Meu Sushi Delivery justamente para ter certeza de que é o melhor delivery de comida japonesa de São Paulo, afinal todo lugar pode ter seu dia de sorte ou azar, mas é melhor testar novamente o que foi bom e não os ruins, concordam? Hahaha

Não enrolando mais, fiz o pedido para minha família, 4 pessoas, diferente da primeira vez que pedimos para 2! Como queríamos comemorar algo especial mas não conseguimos sair de casa, não nos importamos em investir o que investiríamos num restaurante japonês bom, ou seja um pouco mais de 70 reais por pessoa. O pedido demorou 55 minutos para chegar, ou seja, praticamente 1h, não foi o delivery mais rápido, mas para um sábado a noite acho que foi ok.

O pedido chegou assim:

Logo de cara vocês podem comparar com outros restaurantes que fazem entrega, as sacolas de entrega são muito melhores e mais legais de serem recebidas, como eu já cansei de dizer, entregas em sacos pretos dá uma sensação muito de saco de lixo, desculpe dizer isso mas é a verdade, concordam comigo? Pois bem, vamos voltar a falar do Meu Sushi, né? Vejam abaixo tudo que veio dentro das sacolas personalizadas!

Além das sacolas personalizadas eles também possuem embalagens de sushi diferentes de todos outros deliveries, eu já tinha analisado isso na outra review porém vale a pena citar que, não sei o investimento que eles fazem para ter essas embalagens diferentes, mas não dever ser fácil ter algo tão personalizado assim.

Junto com as embalagens para a comida recebemos também os conjuntos abaixo com caixinhas para os hashis, mini shoyus, guardanapos e um ímã de geladeira:

Quando tiramos tudo de dentro houve um choque do pessoal que estava comigo. Minha mãe disse que parecia um presente que ela sem dúvida gostaria de receber ou até se sentiria feliz em dar para alguém. Interessante né, às vezes ficamos muito focados só em um tipo de análise e com outras pessoas comendo com você sua mente se abre a novas idéias.

Vamos lá, para a análise da COMIDA!!! To ficando faminto já, preciso começar a escrever essas análises enquanto como algo =(…

O primeiro prato que abri correndo foi o Hot Roll Salmao Meu Sushi R$ 32.90:

Nossa, me desculpem, a foto acima saiu horrível né, só percebi agora! Mas eu queria mostrar como a embalagem segurou a temperatura dos hot rolls, vejam abaixo uma foto melhor, ehehe:

Vocês perceberam algo diferentes desses hot rolls? Eles são empanados com o arroz para fora, diferentes da maioria dos lugares. Outro fato legal é que foi colocado pouco creamcheese, mas, apesar de eu não aprovar creamcheese em sushi, eu acho que faltou um pouco neste hot roll. Aliás, hot roll para mim é o único sushi que deveria ser permitido colocar creamcheese. Voltando ao hot roll de salmão do Meu Sushi, vale lembrar que mandaram um molho tarê para acompanhar e fica sensacional, esse é um dos melhores pratos deles, peçam!!

Seguindo, como eu estava com amantes de sashimi, pedimos um Sashimi mix 32 fatias por volta de 150 reais. Diferente de outros restaurante japoneses que me decepcionaram quando enviaram sua própria seleção de sashimis, O Meu Sushi mandou bem, graças a Deus, afinal 150 reais não é barato, mas recompensou, afinal mandaram bem no polvo que eu gosto demais.

Antes de você ver o prato na sua frente, você pode pensar que 32 fatias de sashimi é pouco para 4 pessoas, mas confie em mim, não é, no final nos esforçamos para não deixar nada pois acabou sendo sashimi demais! Todos peixes estavam bons, o polvo, salmão e atum estavam gostosos, fiquei feliz com o polvo, não tem nada pior do que ficar disputando fatias de peixe com as pessoas que você está comendo, mas com essa variedade e quantidade, ficou tudo mais fácil. Vejam abaixo mais duas fotos:

Seguindo, vamos ao evento principal para mim, os nigiris! Para mim não tem erro, o melhor tipo de sushi é o com arroz e fatia de peixe em cima, sou capaz de comer só isso num jantar japonês. O pedido foi o Degustacao de Duplas por volta de R$ 120,00! Veio mais do que eu esperava e mais variedade, inclusive com muitas ovas em sushis gunkan estilo djos.

Como vocês podem ver pela foto principal acima, vieram 4 nigiris de cada tipo, salmão, atum, polvo, prego entre outros que veremos abaixo. Os nigiris do Meu Sushi são o que eu espero de um restaurante japonês não super tradicional, não espero que me surpreendam, apenas que me agradem e matem a vontade de um sushi gostoso, com peixe fresco e arroz bem temperado.

Além dos nigiris da foto acima, também tiveram outros sushis que acompanharam este super combinado degustação de duplas, vejam abaixo os gunkan com ovas e o famoso e os amados djos:

Todos estavam ótimos, eu acho que hoje em dia restaurantes japoneses não devem pensar mais em não usar ovas em seus sushis, os amantes de comida japonesa já estão mais que preparados para dar os próximos passos e experimentar novos sabores, então eu mais que aprovo servir sushis com ovas! O único fato negativo, se podemos dizer isso, são os sushis de kanikama, mas acho que não cabe muito essa reclamação, afinal o nome do prato é combinado degustação de duplas, então é de se esperar qualquer tipo de sushi. O ruim são os restaurantes que focam em kani, o que não foi o caso.

A seguir, um dos pratos mais gostosos que o Meu Sushi possui, o Salmão selado sobre purê com wasabi R$ 59,90. Este prato é sensacional por alguns motivos, primeiro que não vem uma fatia fina sequer, elas são bem generosas e até um pouco mais do que deveria, pois alguns pedaços se desfizeram quando pegamos com os hashis. Falando um pouco mais, o salmão selado veio com crosta de gergelim, uma delícia e agora a melhor parte de todas: o purê de wasabi. O salmão selado com crosta de gergelim vem sobre uma caminha de purê com tempero de wasabi, não achem que é ardido demais, não é! O sabor fica apenas um pouco mais desenvolvido e sofisticado, aprovadíssimo!

Deem uma olhada numa outra foto, é de encher de água e boca!

Gente, o pedido foi esse, o que acharam? Além desses pratos, vieram brigadeiros de colher para sobremesa como cortesia que eles sempre enviam! Demais! Dá vontade de pedir sempre! Claro que o Meu Sushi não é barato, mas é moderno e a comida possui um quê de estilo japonês tradicional, com poucas invenções sem pé nem cabeça como vemos por aí, do corte dos peixes aos pratos quentes. Com exceção de alguns pratos exclusivos, mas que aprovo, como o salmão selado com crosta de gergelim sobre purê de wasabi.

Em São Paulo, dentre todos restaurantes japoneses com delivery que teste, escolho o Hideki para ir e frenqüentar (sobretudo no buffet do almoço), mas sem dúvida o Meu Sushi Delivery é o melhor delivery de comida japonesa para pedir e comer tranquilo e feliz em casa, pois eles são especializados mesmo, o foco deles é o delivery, não atendem no local, apenas para retirar e lembrem-se, pode pedir até 3h de manhã!

Áreas de entrega e cardápio em www.meusushi-delivery.com.br

Bom, vou ficando por aqui hoje!

Abraços

Gourmet San

Restaurante Itidai na Liberdade – rodízio barato com ovas e enguia!

Olá a todos!

Hoje o Gourmet San traz mais uma review de um restaurante da Liberdade, bairro oriental de São Paulo! Vocês devem perceber que nesses últimos posts temos nos focado bastante nesta região, certo? Isso se deve a riqueza de opções que ela oferece e nós a temos negligenciado até agora! O restaurante visitado foi o Restaurante Itidai, localizado na Rua Thomás Gonzaga, 70, tel 3207-3975. Ele serve rodízio de sushi completíssimo e de alto nível, o preço no almoço é de 43,90!

O restaurante tem uma entrada bem discreta e fica no meio de outros 10 restaurantes japoneses dessa parte da Rua Thomás Gonzaga! Bom, a minha decisão por esse restaurante se deu por 2 motivos que vi no menu que estava na porta: 1-) sashimi de polvo e 2-) sushi de enguia anago! São raros os rodízios que oferecem sashimi de polvo a este preço e muito menos sushis de enguia anago!! Eu nunca havia experimentado este tipo de enguia, geralmente servem a espécie de água doce, unagui.

Assim que entrei no restaurante gostei muito do ambiente simples e tradicional e com o chefe e responsável pelo recinto detrás do balcão de sushi preparando os combinados! Outro fato que me impressionou foi o dos combinados serem servidos em recipientes especiais para sushi, vocês verão abaixo!

Bom, avistei um lugar no balcão e obviamente me sentei ali, logo me atenderam e fiz meus pedidos. Me serviram rapidamente uma saladinha de entrada de uma maneira que eu nunca tinha visto! Ela estava bem gostosa, sobretudo as cenouras, bem crocantes! O molho que vocês veem a esquerda é o molhinho para o tempurá que seria me servido posteriormente!

Eu também pedi chá verde para acompanhar! Para minha felicidade, me serviram o bule junto! Muito legal, o único restaurante que já vi que serve assim também é o Yokozuna! Como o Gourmet San sempre diz, restaurante japonês que cobra por chá verde deveria tomar vergonha na cara!

Pois bem, infelizmente eu estava com um pouco de pressa, afinal era horário de almoço, e os pratos quentes demoraram a chegar, uns 15 minutos mais ou menos! Mas depois eu percebi o motivo…eles preparam pela demanda! Ou seja nada chegou frio, tudo quentinho e recém feito! Vejam o tempurá de legumes abaixo, empanados com uma casquinha bem sequinha! Comi todos!

Outra entrada que também pedi e que realmente me tornei fã de uns tempos para cá foi o shimeji! No caso do Itidai, o shimeji estava com o gosto mais diferente que já provei! Um gosto muito mais forte, longe daquele exagero de manteiga de alguns! Eu desconfio que esse sabor diferente se deve a quantidade de sakê utilizada na receita. Bom, fiquei feliz demais de encontrar um shimeji que foge da maioria dos outros, as vezes cansa o “mesmismo” dos rodízios de sushi!

Após comer as entradas, fiquei de olho no chefe atrás do balcão para ver o que ele iria me servir! Tive de aguardar um pouco pois a casa até que estava movimentada e ele prepara os combinados com bastante cuidado! Primeiro levei um susto com a quantidade! Deu pra perceber que o chefe capricha nos sashimis! Foi um dos melhores combinados de sushi já servidos ao Gourmet San! Ah e vejam o recipiente especial que foi servido! Muito legal!!

Bom, vamos analisar o combinado: pedaços de polvo, sashimi de salmão, salmão gordo, atum, saint peter, buri, 2 nigiris de salmão, 1 nigiri de atum, um sushi gunkam de ovas de peixe voador, um djô de salmão com atum, 4 hossomakis, 1 uramaki de salmão skin e um sushi oshi de anago (enguia marinha)!

Não tem o que dizer, tudo estava uma delícia, top mesmo, muito bom! Os pontos altos sem dúvida foram os sashimis (apesar que foi servidos demais), os nigiris, o gunkam de ovas e o que deixei para último, o oshi sushi de anago! Caramba incrível como enguia é gostoso! É difícil, dá vontade de comer só isso!

Bom, após terminar esse belo combinado, esperei um tempo para pedir algum repeteco, confesso que dei uma forçada pois a fome já tinha sido saciada, mas a comida estava muito boa e eu não sairia de lá sem pedir mais ovas e enguia!

Aproveitei para trocar algumas palavras com o chefe e perguntar sobre os peixes e as ovas! Analisei também a geladeirinha clássica de sushibars onde guardam os peixes e vi que eles tinham sardinha! Não se assustem a sardinha não é servida totalmente crua como os outros peixes, ela também não é cozida, porém há um processo especial de trato do peixe para então o servir! Bom, perguntei ao chefe sem muita esperança que fosse fazer parte do rodízio, mas sim, fazia! Aliás praticamente tudo faz mesmo!

Então me decidi e pedi meu repeteco: um oshi sushi de anago, um nigiri sushi de sardinha e um gunkam de ovas de capelim. O sushi de ovas o próprio chefe me perguntou se eu queria comer uma diferente, eu disse que sim!

Se tem uma coisa que vocês podem confiar no Gourmet San é sua sinceridade, ele te contará sempre 100% o que achou e agora não será diferente. Eu não recomendo aos principiantes e não abertos a gostos diferentes, experimentar nigiri de sardinha, possui um sabor bem forte e uma textura mais massuda! É gostoso, mas não achei uma delícia, mas da mesma forma que não gostei de uni (ovas de ouriço) da primeira vez, e hoje amo, comerei de novo sardinha quando tiver a oportunidade! Os outros sushis não tem muito mais o que comentar, o anago é delicioso e as ovas também, o gunkam estava com a alga especialmente crocante!

Mais uma foto:

Neste momento eu estava 100% satisfeito, agradeci ao chefe, me levantei e fui pagar no caixa a quem parecia ser a mulher dele!

Sem dúvida retornarei ao Restaurante Itidai, mas não sozinho, quero mostrar para outras pessoas como vale a pena a visita a este lugar!

Visitem e depois passem aqui para contar!

Curtiu? Compartilhe com seus amigos!

Abs

Gourmet San

Restaurante Cia Oriental – self service na Liberdade

Olá a todos,

Gourmet San está bem entusiasmado com o bairro da Liberdade em São Paulo! São muitos restaurantes japoneses para se visitar! Dessa vez foi visitado um self-service famoso da região, o Cia Oriental Fast Food, um restaurante japonês por kilo localizado no 3º andar do Shopping Sogo, na Rua Galvão Bueno, 40, super próximo a estação do metrô Liberdade.

Não tem erro a proposta deles, misturar a comida do dia a dia de self services com comida japonesa! Mas esse é o self service com melhores e mais diversas opções, desde vinagrete de lula até arroz feijão e batata frita!

Como um restaurante desse tipo não tem muito segredo, não vou enrolar vocês, vamos ver as fotos que o Gourmet San tirou e comentar a partir delas!

A primeira foto é do início da fila para pegar a comida, avisa quanto custa o kilo e que eles funcionam em finais de semana e feriados! Ótima notícia não?! Vocês também podem ver que não é um restaurante por kilo dos mais barato…aliás, ele é caro! Porém pelo o que oferecem não há outra maneira, acompanhem e entenderão!

Eu levei certo tempo para chegar a comida, fiquem atentos, a fila é recorrente! Porém em 5min chegou minha vez! =)

Em self services sempre tento me segurar para pegar apenas o que realmente quero, pois são tantas opções que você corre o risco de encher o prato de comida e seu almoço sair caro! Pois bem, no Cia Oriental a sequência é mais ou menos assim: saladas, pratos quentes, saladas orientais, comida japonesa, comida japonesa quente, churrasco, outros pratos quentes e por final bebidas. Depois vem o caixa e de cortesia a sobremesa, geralmente melancia, missoshiro e wassabi. O legal do Cia Oriental é que a grande parte da cozinha fica aberta, inclusive a área em que preparam os sushis e sashimis!

No final das contas selecionei para o meu almoço: hot roll, uramakis de salmão skin, acelga maki de salmão, sashimi de robalo e atum, nigiris de salmão e salmão skin, vinagrete de lula, ovos de codorna, pimenta biquinho, raiz de barbadama, tainha no valor, tempurá de legumes e gari! Tudo isso pelo valor de 18 reais aproximadamente, vejam abaixo:

Estava tudo uma delícia, nota especial para os enrolados, os sashimis, a pimenta biquinho e a raiz de barbadana! Para quem não sabe do que estou falando, a raiz de barbadana é o elemento na parte de cima do prato de cor marrom! Geralmente é servida como entrada em restaurantes japoneses tradicionais , não percam a chance de experimentar, é muito bom e faz super bem!

Acima uma foto em close dos belos sashimis que eles oferecem, atum e robalo! Eu acho que é proposital e de forma muito sábia que eles não ofereçam sashimi de salmão pois a demanda seria grande demais! Os sashimis estavam bem frescos e muito gostosos. A pimenta biquinho me surpreendeu e muito, é fácil de a identificar na foto, está a direita em cima, ela é super doce e nem um pouco picante.

Vejam abaixo a 3a foto do prato:

Bom gente, dentre as muitas opções de comida japonesa no bairro da Liberdade, talvez a mais econômica seja a do self service Cia Oriental, não é nem um pouco ruim, vale muito a visita! É uma maneira econômica de comer comida japonesa de uma qualidade satisfatória a um bom preço!

Espero que tenham gostado dessa opção que o Gourmet San apresentou a vocês!

Abs

Gourmet San