Aze Sushi, um papo com Edson Yamashita e um Tirashi sensacional

Olá a todos!

Este post escrevo com muito júbilo (olha só que palavra incrementada)! Digo isso pois tem um restaurante que está caindo totalmente nas graças do Gourmet San, este restaurante é o Aze Sushi, localizado na Rua Dr. Renato Paes de Barros, 769, Itaim Bibi, tel 11 3071.2047 (www.azesushi.com.br) É apenas minha segunda visita ao restaurante mas foi tão boa quanto a primeira, se não melhor!

Desta vez fui com um foco, comer um Tirashi dos bons e ver se o chefe Edson Yamashita estava por lá, afinal ele é o nome que chama atenção ao restaurante, sai sempre na mídia e é relacionado diretamente a um dos mais famosos restaurantes de São Paulo, o clássico Shin Zushi, que ainda não tive a oportunidade de ir.

Fui no mesmo esquema da primeira vez, utilizando o desconto do Grubster, que me proporciona ótimos 30% sobre o valor total da refeição! Yeah! Se tem algo que gosto em restaurantes de um certo nível mais respeitável é a consistência no serviço e o Aze Sushi não deixa a desejar, o serviço dos garçons e da hostess foram iguais ao anterior, rápidos e atenciosos, sem confusão nenhuma, como as vezes acontece em alguns lugares. Pedi um bancha logo de cara e para minha surpresa, ele veio no copo mais legal que já vi:

Sobre o meu pedido, nem pensei, já sabia o que queria, um Tirashi (chirashi-zushi), que se trata de um prato clássico japonês onde é servido diversas fatias de peixes (sashimi) e frutos do mar sobre arroz. Dei apenas uma olhadinha no cardápio para ver as opções de Tirashi e como estava com um desconto de 30%, nem pensei, pedi logo o mais caro, um Tirashi especial de 90 reais!

Rapidamente me serviram uma salada de entrada bem caprichada. Isso faz a diferença, sabe? Te servirem algo que não está na descrição, mas que é importante para a composição da refeição como um todo. A salada estava bem temperada, me lembrou um pouco a do Aizomê, mas maior.

Enquanto esperava meu tirashi aproveitei que o cliente com quem o Edson Yamashita conversava atendeu o celular e puxei um papo, e que surpresa! Talvez a pessoa mais aprazível de se bater um papo que já vi num restaurante! Comecei perguntando o que ele achava do Hamatyo, me respondeu de forma super sincera, dizendo que aquilo ali deve ser maravilhoso de se ter e que ele imaginava algo assim bem mais pra frente, eu concordei apenas. O papo seguiu e me apresentei, o papo fluiu mais ainda, afinal não é sempre que orientais se abrem para não orientais.

Conversamos mais e ele contou de sua experiência no Japão, do Shin Zushi, da idéia do Aze Sushi etc. E algo que me impressionou foi como ele se direcionava aos clientes, sabe? Chamando sempre pelo nome, algo notável, se lembrarmos que a maioria das pessoas mal pergunta ou lembra seu nome…

No meio da conversa chegou o tirashi, meu Deus! Um SENHOR Tirashi, grande, variado, demais, estava louco para começar a experimentar cada um. Eu sempre sigo uma técnica minha ao comer comida japonesa, pego um de cada e depois vou repetindo até terminar.

O que dizer deste tirashi? Completíssimo! Tamago, atum, vieira, camarão, uni com shissô, lula, ikura (ovas de salmão) e por aí vai. Não se esqueçam que por baixo ainda havia uma deliciosa cama de arroz, juro que tentei comer tudo, mas não consegui =( Odeio deixar comida no prato, mas realmente não aguentava mais. Ou seja, um tirashi que vale muito a pena!

O tirashi servido vale os 90 reais, com o desconto de 30% ficou bom demais! Tudo estava fresquíssimo, fiquei feliz em ver principalmente as vieiras, uni e ovas. Sem arrependimentos!

No final, uma das experiência mais gratificantes que já tive num restaurante japonês em horário de almoço: um ótimo e enriquecedor papo com um sushi chefe super gabaritado, além de uma comida do mais alto nível, com o melhor tirashi que já comi!

Voltarei, sem dúvida nenhuma!

Abraços

Gourmet San

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *