Home / Aze Sushi / Aze Sushi – Sushi incrível em ambiente moderno

Aze Sushi – Sushi incrível em ambiente moderno

Gourmet San promete, Gourmet San cumpre.

Um tempo atrás eu disse que começaria a visitar restaurantes japoneses em São Paulo que fossem um pouco mais top, deixando por um tempo, os clássicos rodízios de sushi um pouco de lado. Desta vez visitei o Aze Sushi, localizado na Rua Dr. Renato Paes de Barros, 769, Itaim Bibi, tel 11 3071.2047 (www.azesushi.com.br), o chefe a frente da casa é o famoso Edson Yamashita (Ex Shin Zushi).

Um dos motivos que fui ao Aze Sushi, além da curiosidade de ver se o sushi que serviam realmente era top, foi o convênio deles com o Grubster, um site que traz descontes em diversos restaurantes. Como o desconto é de 30%, achei que valia a pena tentar. Segui todos os passos do site do Grubster e fiz uma reserva para o horário de almoço. Chegando lá, sem erro, falei que tinha uma reserva e pedi para sentar no balcão.

O ambiente do Aze Sushi é bem moderno, um balcão colorido e chamativo, fotografias contemporâneas espalhadas pelas paredes e inclusive com direito a uma ponte de madeira no primeiro andar ligando o salão com mesas até o espaço reservado aos banheiros.

Rapidamente fui atendido e pedi uma água e um copo com gelo, o calor em São Paulo está cruel nessa época e, apesar do ambiente ser super bem climatizado, eu queria era mesmo uma água gelada.

O cardápio é bem extenso e tem de tudo, pessoas ao meu lado saboreavam uma porção animal de tempurá de camarão e lámen. Eu fui para o sushi é claro, afinal um local chamado Aze Sushi já mostra para que veio. Confesso para vocês que é muito mais confortável escolher sabendo já que terá 30% no valor final da conta!

Fiquei surpreso em ver que ele possuem uma sequência top de sushis (nigiris) por 70 reais, não tive nem dúvida e pedi, diretamente para o sushiman na minha frente, o super rápido e dinâmico Danilo. Digo isso do sushiman pois fiquei impressionado com sua velocidade em me servir os sushis e ainda montar os outros combinados que não paravam de sair. Ah, fica a nota que o Danilo foi me servindo um por vez, sempre me esperando terminar um sushi para servir o seguinte, também sinto me obrigado a dizer que não precisei colocar shoyu em nenhum sushi, pois todos já vinham com wasabi e pincelados com o molho de soja.

Começamos rapidamente e de forma incrível: atum gordo (o toro). Estava delicioso e desmanchando, além de que é a forma pra causar impacto e impressionar qualquer um. Dá vontade de falar assim: “me manda mais 3!”

A sequência foi óbvia, mas absolutamente necessária, atum meio gordo (chu toro) e atum menos gordo (akami), tirado das costas do atum,  mas tão delicioso quanto poderia estar. Vejam só

Atum semi gordo (chu toro):

Atum das costas do peixe (akami), sabor super pronunciado, demais!

O nigiri seguinte mostrou um pouco que linha de nigiris eles iam seguir, sushis com acréscimo de pequenos temperos! Danilo me serviu um levíssimo buri com flor de sal e raspas de limão.

Algo que me impressionou muito foram alguns sushis não pareciam ser os peixes que normalmente aparentam e realmente eu fiquei em muita dúvida antes de me falarem qual era. Um destes é o próximo que vocês veem abaixo, o nigiri de serra com gengibre e cebolinha.

Seguindo a mesma linha do serra, o carapau veio bem diferente do que eu normalmente já vi:

Danilo também me serviu um sushi com um peixe que eu nunca tinha provado antes e, aliás, nunca tinha ouvido nenhum sushiman antes citar, xaréu! Vejam que belíssimo sushi abaixo:

Em seguida, um sushi que é um dos meu favoritos e que aprendi a saborear com o tempo, vieira! Claro que essa viera não foi uma monstra como a do Hamatyo, mas estava perfeita, do tamanho corretíssimo, servida com flor de sal e raspas de limão!

Agora um dos que sem dúvida todo restaurante japonês deveria explorar: barriga de salmão chamuscada, nossa, sem brincadeira, minha boca enche de água só de lembrar!

Quase terminando a sequência, Danilo me surpreendeu, e muito ao servir um dos gunkan mais sofisticados do cardápio, o Shisso Shirauo que é um sushi de peixinho branco com folha de perila.

E para finalizar a sequência de nigiris, nada melhor do que um extraordinário gunkan de uni (ovas de ouriço). Foi o melhor sushi de uni que já comi junto com o do Hamatyo, estava frequíssimo!

Ahh e tenho uma surpresa no final! Essa sequência de sushis por 70 reais não era só de nigiris e gunkan não! Para finalizar me serviram 6 tekkamakis (enrolados de atum) com nabo desidratado, outro sushi inédito! Digo que o nabo desidratado acompanha muito bem o hossomaki de atum e estou pensando seriamente em usar na próxima vez que eu fizer em casa! Recomendo. Também não posso deixar de enfatizar de que esse foi um dos melhores enrolados de atum que já comi, junto com o do Aya, não tem como, quando o shari (arroz para sushi) é bom, faz toda diferença.

Ahá peguei vocês, eu não terminei ainda! Empolgado com os 30% resolvi aproveitar que já estava lá e pedi mais alguns a la carte, Hahaha, brasileiro é fogo né, não pode ter um desconto que já perde a linha! Meus pedidos foram 3 clássicos: tamagoyaki, enguia (anagô) e lula (ika).

O tamagoyaki foi muito especial, foi a primeira vez que me serviram um omelete japonês que não era enrolado e sim feito como no filme do Jiro Dreams of Sushi, eu acho.

Eu perguntei ao Danilo se eles tinham unagui (ou seja enguia de água doce), mas infelizmente eles estavam em falta. Porém não tenho do que reclamar, Danilo preparou um sushi de anagô gigantesco e super farto, vejam abaixo!

E para finalizar, um clássico sushi de lula que foi servido com um formato bem diferente, tenho de reconhecer que já comi melhores, ele estava ok.

Bom gente, minha visita ao Aze Sushi foi essa! Sensacional não acham? Fiquei impressionadíssimo com toda qualidade servida, variedade de peixes e frutos do mar, além do preço ser bem ok e ainda com os 30% é algo que você não podem perder!

Voltarei sem dúvida! Recomendadíssimo! Não é barato, mas vale cada centavo!

abraços

Gourmet San

 

Comentários

comments

05 Passos para Fazer Sushi

About Gourmet San

Formou-se na Escola de Comunicações da USP mas segue carreira em uma multinacional do ramo da tecnologia. Compartilha no Gourmet San toda sua paixão pela culinária japonesa, que veio da visita de mais de 100 restaurantes diferentes, de centenas de horas de vídeos no Youtube e de muita leitura e bate papo com itamaes. Apesar de seus amigos acharem que ele só come sushi, não dispensa de forma alguma uma boa pizza ou um cheesebacon maionese.

4 comments

  1. Fui lá ontem, tava bom demais! Repetimos a Vieira, maravilhosa!
    Abs!

  2. RICARDO DE MATOS FEIJÓ

    Sou de Porto Alegre e venho acompanhando o blog a uns dois meses. Faço sushi a mais de 10 anos e a maior parte dos pratos que você posta não encontro nos restaurantes daqui que na minha opinião estão “involuindo” para meras temakerias. Graças ao blog tenho testado muitas ideias novas. Se poder postar sempre detalhes sobre os pratos principais eu agradeço! Abraço

    • Oi Ricardo, tudo bom?

      Muito obrigado por acompanhar o blog, são de depoimentos como o seu que me fazem continuar visitando restaurantes novos e sempre postando novidades! Realmente São Paulo é uma região agraciada com grandes entusiastas da culinária japonesa, além de que o público especializado tem crescido muito. Sobre a maneira que faço as descrições, está bom como está ou precisa ser mais detalhado?

      abs!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*