Home / Receitas / Faça comida japonesa sem curso – como fazer hot roll
Hot Roll Mussashino

Faça comida japonesa sem curso – como fazer hot roll

Olá a todos,

O Gourmet San quer ajudar vocês a fazer comida japonesa em casa sem a necessidade de fazer cursos! A tarefa não será fácil, porém é totalmente possível, não se desespere! Siga atento a sequência de posts e não desista após a primeira vez, você evoluirá muito com as seguintes tentativas! O próprio Gourmet San aprendeu a fazer sozinho e hoje de tempos em tempos faz com seus amigos e familiares, todos gostam muito!

Já existem alguns posts aqui dentro do blog do Gourmet San que complementarão cada passo, facilitando a leitura e aprendizado de vocês! Vamos montar uma refeição com guioza, harumaki (rolinho primavera), sushis, sashimis, uramakis, hossomakis, hot roll e pratos especiais!

O primeiro post da sequência de “como fazer comida japonesa em casa sem curso” foi sobre os utensílios básicos para se ter na cozinha, depois lançamos ainda como preparar o arroz para sushi corretamente, tudo sobre os sashimis,  as entradas guiozas e harumakis (rolinho primavera),  os clássicos nigiris, o últimos foi o mais famoso tipo de sushi aqui no Brasil, os enrolados hossomaki e uramakis. E hoje, talvez o favorito da maioria, o hot roll! Se você perdeu algum post, clique nos links e dê uma lida no material.

O hot roll é uma invenção das melhores vocês não concordam? Aquele hot roll bem quentinho, com a casquinha crocante e coberto pelo delicioso molho tarê (clique aqui para ver a receita). Há muitas variações deste prato, vocês mesmo já devem ter atestado isso visitando diferentes restaurantes japoneses por aí. Porém no post de hoje ensinaremos a fazer um hot roll clássico e que segue o mesmo modelo do melhor hot roll de São Paulo, o do restaurante Mussashino! Vamos lá!

Hot Roll Mussashino

Como fazer hot roll

Preparando os ingredientes:

Pegue metade de uma folha de nori  assim como na receita dos hossomakis e uramakis. Porém, atenção, você não colocará ela de comprido na sua frente, mas sim de pé. O recheio é de salmão (duas tiras), cream cheese (polenguinho é preferível) e meio kani!

Prepare também a massinha para empanar, pode ser como na receita de tempurá. Separe farinha de trigo normal e a farinha de trigo misturada com água em recipientes distintos.

Montando o hot roll:

Preencha com arroz a alga nori de baixo para cima e deixe 4 dedos sem arroz na parte superior. Essa alga sobressalente ajudará a enrolar o hot roll e dar firmeza ao rolinho na hora de empanar e fritar. Coloque primeiro o kani, de comprido no centro da área coberta por arroz, você vai ver que o comprimento dele é bem similar ao da alga. Depois coloque uma tira de salmão de cada lado do kani (as tiras de salmão devem ter o mesmo comprimento do kani e da alga). Depois coloque o polenguinho por cima, formando uma montanhinha. Seguindo a mesma técnica ensinada no post do enrolados, faça o rolo e reserve enquanto você faz os outros pois sem dúvida você fará muito mais que um!

Empanando e fritando:

Agora você seguirá praticamente a receita do tempurá. Passe o rolo na farinha de trigo e depois na massinha de farinha com água! Leve ao óleo quente, cuidado que espirra! Enquanto frita, fique atento, vá virando o hot roll para ele pegar cor em todos os lados. Quando ele pegar uma cor marronzinha, retire e deixe esfriar no papel toalha.

Servindo:

Fatie em 6 pedaços, sirva com o molho tarê. Se prepare para fazer esse prato por último pois é gostoso comer quentinho mesmo!

Bom gente!!! Se preparem!!! Esse prato é campeão nos jantares japoneses que o Gourmet San faz! Eles acabam muito rápido! Para vocês terem uma noção cheguei a fazer 6 rolos para 8 pessoas, ou seja, 36 sushis (depois de cortado), isso além de todos os outros pratos!

Não tem muito como errar e ele ficar ruim, afinal é fritura né?

Bom, existem outros tipos e receitas de hot roll! Vale a pena pesquisar e tentar também, dê uma olhada abaixo:

Hot Roll Meu Sushi

Hot Roll Sushi Guinza

 

 

 

 

 

 

 

Agora mãos a obra!

Abs

Gourmet San

Comentários

comments

05 Passos para Fazer Sushi

About Gourmet San

Formou-se na Escola de Comunicações da USP mas segue carreira em uma multinacional do ramo da tecnologia. Compartilha no Gourmet San toda sua paixão pela culinária japonesa, que veio da visita de mais de 100 restaurantes diferentes, de centenas de horas de vídeos no Youtube e de muita leitura e bate papo com itamaes. Apesar de seus amigos acharem que ele só come sushi, não dispensa de forma alguma uma boa pizza ou um cheesebacon maionese.

10 comments

  1. A intenção é boa.. mas acho que deveria ter fotos de passo-a-passo.. ficaria muito mais fácil. não consegui assimilar legal. vou recorrer ao youtube. e outra dica, dar o nome de supermercados que vendam esse tipo de produto. pelo menos no RJ é mt difícil de encontrar

    • Oi Anny, muitíssimo obrigado pelo seu comentário!

      Vamos fazer assim, vou providenciar o passo a passo com fotos e posto aqui, que tal?

      Infelizmente não possuo conhecimentos sobre lojas e supermercados no Rio de Janeiro, mas recomendo fortemente que, se não conhecer lojas orientais, vá em supermercados! =)

      Caso você tenha se perdido em alguma parte do processo, por favor, me pergunte, será um prazer te ajudar.

      Um forte abraço

      Gourmet San

  2. Olá notei que você não fala de colocar Filadélfia. Não tem que colocar em todos recheios ?

    • Oi Ana, tudo bom?

      Veja que eu cito o polenguinho, ele nada mais é do que uma versão mais durinha que o Filadélfia (que na verdade é uma marca de creamcheese).

      Inclusive é até curioso notar como o pessoal do Rio de Janeiro em si se refere ao creamcheese (que possui diversas marcas) como Filadélfia. Mas enfim, não vou fugir do assunto, pode usar filadélfia no lugar do polenguinho sim!

      Forte abraço e seja bem vinda ao site!

  3. Olá Gourmet San gostei muito do site… to aprendendo muito… gostaria de saber se vc sabe me informar o que é preciso para abrir um pequeno estabelecimento de japa, começando bem simples no meu próprio bairro coisa pequena =)

    • Oi Josi, tudo bom?
      Mas que bom ler palavras como as suas, muito gentis, obrigado! =)

      Para quem está começando eu recomendaria talvez iniciar com um delivery pois seu investimento seria bem pequeno e não correria tantos riscos. Mas se quer abrir um restaurante japonês pequenininho mesmo eu recomendo não fazer em sistema de rodízio, faça culinária japonesa tradicional num preço camarada.

      Abraços e boa sorte!

  4. Leio seu blog todos os dias e a cada dia me surpreendo com algo. Por várias vezes pensei e planejei inserir-me na arte da culinária japonesa, e depois desanimava, achando ser muito difícil, mas o seu blog inspira muito e com certeza depois de conhecê-lo meu projeto vai se tornar realidade, vou fazer muitos pratos da culinária japonesa. Gostaria de saber, na minha cidade não tem mercado de peixe, onde seria melhor comprar os peixes, no supermercado tipo Extra, na peixaria, ou nas feiras-livres? Beijos.

    • Oi Neli e Paolo, tudo bom?

      Fico muitíssimo feliz com seu comentário! É o que me faz continuar escrevendo! Siga seus sonhos com perseverança!

      Sobre sua pergunta, qualidade do peixe é algo super importante mesmo, o que indico é dar uma sondada com quem está vendendo e deixar bem claro que você vai consumir cru, assim eles sentem mais responsabilidade.

      Sobre as fontes, o ideal é pegar um peixe com o mínimo de tempo desde que ele foi pescado, nesse caso, seria um fornecedor direto.

      abraços e boa sorte!

  5. Carlos Henrique da Silva

    Bom dia gostaria de saber qual a possibilidade de receber a receita de shimeji. Desde ja agradeço a atençao dada.

    • Oi Carlos!

      Vou te passar meio que de cabeça, ok?

      Saltea o shimeji (e shitake que eu prefiro) na manteiga até eles ficarem semi dourados. Joga um pouco de sakê e deixa evaporar. Depois joga um pouco de vinagre de arroz tb e deixa evaporar. Aí você jogar 1 fio de oleo de gergelim (fundamental) e depois 1 fio de shoyu tb. No final desliga e coloca cebolinha picada.

      abs!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*