Home / Curiosidades sobre sushi / 7 Temakis diferentes que comi nos últimos anos
Temaki de atum com cebolinha (negui-maguro ou negui-toro)

7 Temakis diferentes que comi nos últimos anos

Eae gente, tudo bem?

Muitas pessoas me perguntam, qual o melhor sushi? qual o melhor sashimi? Mas vou falar que por incrível que pareça, “qual o melhor temaki?” não ouço muito! Pelo meu entendimento e observação de como as pessoas interagem com a culinária japonesa fria, eu tenho uma idéia do motivo que isso ocorre.

O temaki, sem dúvida nenhuma, é a forma mais popular de sushi que encontramos. Não tem como negar, tem gente que “ama” temaki de uma forma até irracional (ou passional?! rs) eu diria. Dessa maneira eu sinto que as pessoas acabam ficando na mesmice e adorando temakis “ordinários” (leia-se comuns).

Mas não é bem assim, apesar do temaki ter se tornado corriqueiro, ele é uma arte e envolve muita técnica e sobretudo ingredientes bons e bem combinados.

Então hoje gostaria de compartilhar com vocês alguns temakis que com que me deparei no decorrer dos anos!

1) Temaki em Cubos da Temakeria e Cia (reviews aqui):

Parece fácil, mas não é. A Temakeria e Cia meio que quebrou o paradigma popular do temaki “batidinho” e sempre serviu temakis bem fartos (não tanto ultimamente) de salmão em cubos. O desafio principal é o temaki ficar bem montado e a grande vantagem pra quem está comendo é saber e ver que os pedaços são de partes boas do salmão.

2) Temaki de salmão empanado e alface (review aqui):

O Makis Place quando surgiu fez algo que me surpreendeu bastante, criou uma variedade de combinações enorme. O cardápio tinha, e ainda tem, pelo menos 30-40 opções diferentes. Algumas funcionam, outra não. Mas esse aí de cima é um ótimo acerto. Pequenos cubos de salmão empanado e com um refrescante folha de alface. Para quem nunca experimentou, a folha de alface combina muito bem com sushis, sobretudo com o arroz, nori, algum recheio e molho. Esse temaki vai muito bem com o tarê). Fica a nota para esse temaki, você comer os cubos de salmão quentinhos ainda.

3) Mini temakis do Ras Robataria e Temakeria (review aqui):

O Ras é um lugar único. Eles escolheram um filão que ninguém possui, temakis com robatas, e faz ambos muito bem. A grande nota para os temakis é o tamanho deles, são pequeninos (metade de uma temaki normal), você termina com 2 mordidas. Sabe o que o Ras consegue com isso? Temakis super crocantes, além de você conseguir aprovar uma variedade maior!

4) Temaki Empanado (review aqui):

Não lembro onde comi esse temaki, lembro que foi num restaurante perto do Aeroporto de Congonhas. E não, eu não gostei muito dele, mas isso não quer dizer que uma grande parte da população siga meu gosto. Ele basicamente é um hot roll em forma de temaki. Recheio de camarão ou salmão, com cani e depois finalizado com cream-cheese e a sempre deliciosa couve crocante. Eu achei ele difícil de comer e meio lambuzento, porém ele era febre no restaurante que provei, as vezes quem está errado sou eu não?

5) Temaki de atum com cebolinha (negui-maguro ou negui-toro) (review aqui):

Coloquei 2 fotos desse temakis de atum com cebolinha pois eles são justamente um denegui-maguro e o outro de negui-toro. Vale também enfatizar e muito que ambos são do Tanuki, restaurante tradicional de Vila Madalena (cujo dono é o simpaticíssimo Shigueru). Os temakis de atum com cebolinha do Tanuki são os melhores que já provei e vou dizer por que. Eles usam partes boas do atum, não usam as pontinhas ou restos que não iam virar sushi e sashimi, o resultado são temakis muito acima da média. Além disso a alga é sempre fresquinha e crocante e o shoyu kikkoman disponível deixa o temaki imperdível.

6) Temaki de camarão empanado com maionese a base de ovas da Temakeria e Cia (reviews aqui):

Esse já foi um dos melhores temakis da Temakeria e Cia, mas eles andam mandando mal na execução, porém a idéia ainda é fantástico. É um temaki de camarão empanado crocantíssimo envolto numa maionese um pouco spicy e com ovas tobiko vermelhas, simplesmente delicioso, é uma combinação certeira! O grande desafio aqui é montar o temaki com uma fartura de camarões, precisa ser um temaki mais robusto, não tem como.

7) Temaki tradicional (charutinho) (review aqui):

Pois é gente, más notícias para os fãs de temaki, o formato original do temaki não é de cone e sim de charutinho. É como se fosse um hossomaki antes de ser cortado em sushis menores. A parte de baixo dele não é vazada, então necessita um corte especial na alga para fechar a parte de baixo.

Comentários

comments

05 Passos para Fazer Sushi

About Gourmet San

Formou-se na Escola de Comunicações da USP mas segue carreira em uma multinacional do ramo da tecnologia. Compartilha no Gourmet San toda sua paixão pela culinária japonesa, que veio da visita de mais de 100 restaurantes diferentes, de centenas de horas de vídeos no Youtube e de muita leitura e bate papo com itamaes. Apesar de seus amigos acharem que ele só come sushi, não dispensa de forma alguma uma boa pizza ou um cheesebacon maionese.

2 comments

  1. Olá, gostaria que viesse em nosso restaurante fazer uma review, sou sushiman do Garage380 e gostaria muito que fosse experimentar meu sushi!! Meu número para entrar em contato 11 949232187

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*