Home / Bairros / Kawa Sushi Jardins – a indicação que faltava na minha lista
Kawa Sushi Jardins sushis

Kawa Sushi Jardins – a indicação que faltava na minha lista

Oi gente, tudo bom?

A pergunta que eu mais respondo no meu dia-a-dia são indicações de rodízios para meus amigos e conhecidos. Apesar de eu preferir restaurantes tradicionais a la carte, não há como negar, a paixão do brasileiro (pelo menos o paulistano) é o rodízio.

Mas o paulistano não está mais satisfeito com os rodízios baratos, isso tanto é uma verdade que o número de restaurante que oferecem o all-you-can-eat está cada vez menor. Hoje é difícil você ouvir alguém falar que vai com frequência num rodízio de 40-50 reais. As pessoas que gostam de rodízio fizeram suas escolhas nos últimos anos e se apegaram a elas. Os escolhidos da cidade são os famosos Aoyama e Mori Ohta, o 2o escalão é bem variado então fica difícil citar, apesar de eu ter minhas preferências.

Mas voltando ao assunto do dia, descobri um novo restaurante com rodízio e que é EXCELENTE, o Kawa! Mas atenção, o Kawa tem 2 restaurantes, o do Brooklyn (região da Berrini) e o do Jardins, e eles tem propostas totalmente diferentes. O Kawa da Berrini tem como foco 100% o público do almoço que busca um sushi rápido, nada mais, então as vezes o resultado é um pouco insatisfatório. Já o Kawa dos Jardins o papo é outro e é desse que vou falar hoje.

O Kawa Jardins fica localizado na Al. Lorena, 300 – Jardins, tel: (11) 3057-1582, fica a dica, fica pra lá da 9 de Julho, pro lado mais Paraíso. Para estacionar é bem tranquilo, eles tem valet, mas eu parei o carro por conta própria na rua pois a região, já mais distante do burburinho incessante da Oscar Freire, facilita a tarefa.

Quando entrei no restaurante percebi que alo o papo era outro, ambiente super bonito e amplo, bem alinhado com o nível do Aoyama e o Mori Ohta. O restaurante possui 2 opções de rodízio com o mesmo preço (uns 70 e poucos reais), uma opção “normal” e outra “gourmet” que oferece sushis mais diferentes. Ah o foco do Kawa é servir na mesa, então não há balcão.

As opções são bem variadas e consegui provar quase tudo! Vejam abaixo:

Tudo coisa boa e muito bem feita! Realmente fiquei impressionado como eu nunca tinha ido lá antes. Na verdade eu sei por que eu nunca fui, pois tive uma impressão não tão boa do Kawa da Berrini.

Logo de início gostei muito de ver 4 tipos de carpaccio para serem servidos: salmão, atum, polvo e peixe branco. E como sempre digo que deve ser, cada um deles com um tempero e molho diferente. Claro que não deve ser toda noite que eles conseguem ter essa variedade, mas gostei muito do que vi e comi.

Dificilmente como algo inédito num rodízio, mas dessa vez comi a famosa lula com recheio de shimeji que só vejo em restaurante a la carte. Adorei a idéia de oferecer no rodízio, claro que não estava primorosa, mas me surpreendeu.

No rodízio do Kawa você também encontra ingredientes que nenhum outro oferece, como vieira, peixes defumados e sushi com ovo de codorna. Os sushis são de um tamanho médio pra pequeno pois segundo eles mesmo o foco é que os clientes comam variedade. Outro fator que me agradou muito foi que tudo estava muito bem montado e servido, vejam os carpaccios, por exemplo, ou o prato com os niguiris.

Para finalizar, o Kawa não tem combinados ou sushis pré-feitos, como é de praxe em rodízios, eles fazem tudo na HORA! Eles só precisam ficar bem atentos nessa diferença grande de padrão entre o Kawa Berrini e o do Jardins, eu mesmo vejo isso como um enorme desafio administrativo e de cunho mídia, afinal, como lidar?

O Okawa já se tornou um dos meus rodízios favoritos, e eu o colocaria na minha lista de melhores rodízios. Aliás, assim que eu montar o meu ranking de rodízios, ele estará nas cabeças.

E vocês já foram lá?

Abraços

Gourmet San

Comentários

comments

05 Passos para Fazer Sushi

About Gourmet San

Formou-se na Escola de Comunicações da USP mas segue carreira em uma multinacional do ramo da tecnologia. Compartilha no Gourmet San toda sua paixão pela culinária japonesa, que veio da visita de mais de 100 restaurantes diferentes, de centenas de horas de vídeos no Youtube e de muita leitura e bate papo com itamaes. Apesar de seus amigos acharem que ele só come sushi, não dispensa de forma alguma uma boa pizza ou um cheesebacon maionese.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*