Home / Bairros / Izakaya Quito-Quito, tire suas conclusões
Izakaya Quito Quito tonkatsu kare

Izakaya Quito-Quito, tire suas conclusões

Eae pessoal, tudo bem?

Hoje escrevo pra vocês mais uma review de um dos formatos de restaurantes japoneses que mais cresce em São Paulo, os izakayas. Não ache que eles são todos iguais, aliás, de todos que já fui, nenhum segue muito o mesmo padrão, podemos dizer que eles provavelmente levam a cara do dono.

O Izakaya Quito-Quito fica na Vila Madalena, na Rua Wisard, 193 (http://quitoquito.com.br), bem perto de todos barzinhos já conhecidos do bairro. Visto de fora ele é bem diferente do que esperamos de um izakaya (uma portinha pequena e com pequenas janelas?), ele é todo envidraçado e da pra ver todo restaurante de fora. Na porta tem o cardápio do dia numa lousinha.

Eu fui com um colega meu, o Daniel, que também ama comida japonesa, além de nós, mais 1 pessoa estava no restaurante que logo saiu. Isso é estranho, muito vazio, muito. Bom depois falo mais disso.

O cardápio do Quito-Quito tem opções bem bacanas e não é nada limitado, confesso a vocês que não foi fácil escolher, quem curte comida japonesa quente não terá problemas!

Eu pedi de entrada o shimazushi, 24 reais, foi a primeira vez que sequer ouvi falar desse tipo de sushi, vejam abaixo:

Consiste num sushi onde o neta (fatia de peixe) foi marinado no shoyu e mostarda, então ele não precisa de nenhum outro tempero. Não vou negar que na hora achei o sabor muito forte e pesado, o garçon poderia ter explicado um pouco mais sobre ele, só descobri quando cheguei em casa para pesquisar que diabos era “shimazushi”. Consiste em um sushi dos mais tradicionais, que remate a era Edo, ou seja, primórdios do sushi! Valeu a experiência!

De prato principal, eu me rendi a um prato que gosto demais, o tonkatsu kare, que nada mais é do que um delicioso porco empanado servido com molho a base de curry japonês, o kare. Esse prato é bem caseiro e cada restaurante tem uma receita um pouco diferente, o que é ótimo!

Esse tonkatsu kare me chamou a atenção pela coloração bem mais escura do que os outros que estou acostumado a comer, gostei logo de cara! O porco estava com a casquinha bem crocante porém soltando um pouco da carne (pééémm ponto negativo), mas não vou negar que estava saboroso!

Já em específico o kare, estava delicioso, muito, muito bem temperado mesmo e esse toque verdinho por cima deixou o prato com uma apresentação bem mais bonita! O kare do Quito Quito tinha tudo para ser excelente, mas veio muito ralinho, poderia ser mais denso, faz toda diferença, fica a dica!

Sobre o arroz, foi o que eu já tinha lido em alguns lugares, mediano. Mas como conjunto final valeu a pena, tonkatsu kare sempre vale, rs!

Meu amigo Daniel pediu um missoshiro que veio com somem, um macarrão bem fininho:

Ele pediu de prato principal um zuke don de atum:

Veio uma baita chawan com arroz coberta por fatias de atum com gergelim, cebolinha e nori picado bem fininho!

Daniel disse que tudo estava bom e parecia mesmo!

Os preços são bons, o tonkatsu foi uns 50 reais, o shimazushi 24 reais, já o zune dom foi por volta de uns 30 eu acho.

Minhas considerações finais sobre o Quito Quito…não tem aura de izakaya, parece que tem algumas coisas desconexas, o ambiente com o cardápio, sei lá. Além disso ouvi mais de uma pessoa falando um pouco mal.

Da minha parte? Eu acho que você tem de ir conferir e tirar suas próprias conclusões. Eu não achei as mil maravilhas, mas também nada horrível. Pratos corretos e bem gostosos mas com ajustes necessários. Voltaria? Sim! Mas espero que tenha mais gente na próxima vez, é estranho comer num restaurante vazio.

Abraços

Gourmet San

 

Comentários

comments

05 Passos para Fazer Sushi

About Gourmet San

Formou-se na Escola de Comunicações da USP mas segue carreira em uma multinacional do ramo da tecnologia. Compartilha no Gourmet San toda sua paixão pela culinária japonesa, que veio da visita de mais de 100 restaurantes diferentes, de centenas de horas de vídeos no Youtube e de muita leitura e bate papo com itamaes. Apesar de seus amigos acharem que ele só come sushi, não dispensa de forma alguma uma boa pizza ou um cheesebacon maionese.

One comment

  1. Restaurante muito grande pra um cardápio tradicional, as pessoas no dia a dia vão no certeiro. Difícil arriscar num curto tempo de almoço, ainda mais naquela região com restaurantes já famosos pra galera de lá. Achei que o ambiente te afasta. Culinária japonesa pra mim tem relação com proximidade, confiança, e um prazer de quem faz e de quem come. Apresentam histórias dos pratos super curiosas que faz você ficar proximo, mas a sensação daquele espaço é de te afastamento. A comida achei bem boa, pois acredito que os ingredientes são bons e os sushimans/cozinheiros tbm. Pelo que parece deve ter mais gente no periodo da noite, por causa do sake, cervejas japonesas, etc.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*