Home / Preço / De 50 a 70 reais / Sushi brasileiro melhor do que o americano – Rokko Fine Japanese Cuisine
Rokko Fine Japanese Cuisine restaurante japones na california sashimi do chefe

Sushi brasileiro melhor do que o americano – Rokko Fine Japanese Cuisine

Eae gente, tudo bom?

Quem acompanha de perto o Gourmet San sabe que já tive a grata oportunidade de comer em restaurantes japoneses fora do Brasil (vejam a sessão de reviews internacionais), principalmente nos EUA.

Logo no início obviamente fiquei maravilhado com a oferta de ingredientes incrível eles possuem lá, sobretudo a ótimos preços, como a enguia, uni, bluefin, salmão selvagem e outros ingredientes importados que o poder aquisitivo americano e suas leis ajudam aos restaurantes americanos conseguirem.

Outro ponto importante a se ressaltar é que os americanos gostam de fartura, mas diferente de nós que gostamos de refeições infinitas através de nossos rodízios, eles focam em big bites, ou seja, refeições únicas mas bem fartas. Nos restaurantes japoneses não é diferente, os nigiris são em sua maioria muito bem servidos, nada de sushizinhos. Então sempre que vou pra lá aproveito ao máximo esses deleites, pedindo dupla de gigantes de enguia a 6-8 dólares, sushis de uni que custariam 50 reais no Brasil e sempre algo diferente que eles oferecem.

Porém….poréééém…….a culinária japonesa americana meio que para por aí, nos ingredientes e na fartura. Com as diversas experiências que tive, pude perceber que em técnica, criatividade em outros fatores estamos muito na frente!

O que me trouxe essa certeza foi minha experiência num local chamado Rokko Fine Japanese Cuisine, localizado na 190 S Frances St, Sunnyvale, CA, tel +1 408-773-8225. Sunnyvale é uma cidade próxima de San Francisco, 40 minutos de carro. Mas não coloquem seus preconceitos em prática pensando que é uma simples cidadezinha do interior, ela fica no Vale do Silício, onde tem muita gente com muito dinheiro (o que não é o meu caso, estava só a visita, rs).

O restaurante em si parecia uma boa promessa, mas a qualidade foi bem abaixo do esperado. Vou explicar por que.

Começamos com um tempurá de vegetais e camarão:

Ele estava gostoso, foi servido com o molho clássico de tempurás. Mas como eu disse acima, o fator preço é o que ganha, pois é bem mais barato do que no Brasil, porém do outro lado, foi um tempurá normal, com a casquinha até crocante demais, sabe dessas que machucam até a boca?

A seguir pedimos o “sashimi do chefe”:

Antes de mais nada, fatias minúsculas e mal cortadas. Das duas uma, ou o filé dos peixes cortados eram muito pequenos e magros ou foi má vontade e pouca técnica do sushiman.

Além disso o sabor estava longe de ser bom, sabor muito forte de peixe, polvo gelado e a sardinha estava muito forte, o que transparece que não era das mais frescas.

Sendo bem sincero, a qualidade não era tão ruim assim, porém o conjunto da obra foi fraco.

Também pedi um clássico norte americano, o spider roll, que consiste em shoftshell crab empanado num sushi farto e com outros ingredientes:

Sempre gosto de pedir esse sushi pois cada restaurante meio que tem sua receita e acaba ficando bem diferente, além disso, eu gosto muito do siri mole empanado, é algo que temos em poucos restaurante aqui no Brasil, aliás, só comi no excelente Dô Culinária Japonesa da craque sushiwoman Alice.

O spider roll do Rokko estava bom, mandaram bem =). Mas quero pegar o gancho desse enrolado para falar mais desse negócio de sushi brasileiro vs sushi americano. Se tem algo que eu lamento sobre a culinária japonesa americana é que o cardápio de todos restaurantes de lá possuem os mesmos sushis: spider roll, rainbow roll, rock and roll roll, lava roll, volcano roll etc. Poxa gente, cadê a criatividade!? Claro que cada acaba tendo pequenas variações na receita, mas mesmo assim, nós damos um banho neles nesse quesito.

Para finalizar o jantar fiz questão de pedir algo que eu sabia que ia me deixar feliz da vida, um dupla de enguia e uma de uni:

Aí em cima vocês podem ver onde mora a vantagem do sushi americano, esses sushis eram super fartos, tive de abrir e muito a boca para caber num bocado só.

Um sushi desse tamanho de enguia só comi no Hamatyo (e sai caro), já o de uni, no Brasil é quase impossível de se conseguir, pois a qualidade da procedência do uni é muito melhor mesmo, não temos chance quase. Mas vale a pena dizer que além do preço ser melhor também, no Brasil tem muitos sushimen muquiranas e que não servem sushis bem servidos, querem “economizar”, assim aproveitam e perdem o cliente, hahaha. Pois bem o uni estava animal, nota 10.

No final das contas o jantar foi ok. Um tempurá mediano, um sashimi fraco, um spider roll dentro das expectativas e para levantar o nível tive de pedir sushis que são o ponto forte americano e focar nos ingredientes.

É por isso e por todas minhas outras experiências que digo que a comida japonesa fria, de sushi e sashimi do Brasil, está muito a frente da americana, claro que não falo que em qualquer lugar, mas em média, os lugares bons daqui são melhores do que os bons de lá. Além disso nossa criatividade e variedade vai além. Torço para que um dia tenhamos os ingredientes que eles tem pelo preço que eles tem.

Abraços

Gourmet San

Comentários

comments

05 Passos para Fazer Sushi

About Gourmet San

Formou-se na Escola de Comunicações da USP mas segue carreira em uma multinacional do ramo da tecnologia. Compartilha no Gourmet San toda sua paixão pela culinária japonesa, que veio da visita de mais de 100 restaurantes diferentes, de centenas de horas de vídeos no Youtube e de muita leitura e bate papo com itamaes. Apesar de seus amigos acharem que ele só come sushi, não dispensa de forma alguma uma boa pizza ou um cheesebacon maionese.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*