Home / Preço / Acima de 150 reais / Os melhores de SP em 6 semanas epi 4: Aizomê
Aizome 7 - Magret de Pato com molho de laranja e pure de mandioquinha

Os melhores de SP em 6 semanas epi 4: Aizomê

Olá a todos,

Hoje é o quarto episódio de uma série especial, todo domingo a noite, um post inédito sobre um restaurante japonês top de São Paulo e seu menu degustação (omakasse).

As visitas foram feitas por um enviado especial do Gourmet San, o Will, um colega fanático por comida japonesa e que visitou  apenas as indicações dos melhores! Foi assim, através de indicações minhas e uma pré-lista dele que se deu início a o que talvez tenha sido uma das maiores sagas de restaurantes japoneses, ele percorreu os melhores restaurantes japoneses seguidos, um por semana! Então ele tem a visão única do atual estado dos melhores!

A review dessa semana é de um restaurante fora de série em muitos sentidos, o Aizomê! Já escrevi sobre ele muito tempo atrás, quando fui almoçar uma vez lá gostei tanto que o apelidei de a Pérola do Jardim Paulistano, não é pra menos eu acho. Bom o Will foi lá para uma proposta diferente da minha, ele pediu o omakasse no jantar e nos deixou suas impressões e as fotos é claro!

Logo ao chegar, o Will teve a mesma impressão que eu, o lugar é só pra quem conhece, afinal fica bem escondidinho, não tem placa com o nome e a porta de entrada fica na lateral da casa. Indo um pouco além, é só pra quem sabe e deve saber, se é que vocês me entendem, eles não buscam a massificação.

Para não perdermos mais tempo, veja abaixo que belas fotos, para vê-las ampliadas basta clicar nelas.

Fotos incríveis, não? E se você reparou bem, pouquíssimos sushis, pois o foco do Aizomê é em pratos, portanto segundo o Will, ele se compara e segue mais na linha do Kinoshita!

Will apontou como ponto forte a grande variação, o menu não é fixo, eles sempre trabalham com o que há de melhor no dia, então não se espante de indicar para alguém certo prato e ele não ser servido, essa a graça do Aizomê, ele sempre muda. Aliás, isso é algo muito bom, pois permite que os clientes retornem sempre e sempre!

Ainda falando dos ingredientes, o Will citou o excelente magret de pato, que você dificilmente vê em casas japoneses e que o do Aizomê estava absolutamente incrível, super bem preparado! Todos os pratos seguiram a mesma linha do magret de pato, preparados com muita técnica e servidos de forma muito bonita, mesmo se você é um fã de comida japonesa fria, irá adorar os pratos quentes servidos.

O Aizomê possui molhos especiais para cada prato, o que denota o nível da casa, o gabarito do chefe (Shin Koike) e o que você pode esperar da experiência!

Os sushis e sashimis servidos na degustação estavam divinos, Will comentou que deu pra perceber que cada peixe servido recebeu algum tipo de trato especial, seja defumado, maturado, chamuscado etc.

Mas, mesmo os sushis e sashimis estando excelente, o foco do restaurante não é a parte fria, portanto se você come apenas sushis e sashimi, talvez não seja a melhor opção, mas é recomendado que você abra sua mente e vá em frente. Will percebeu isso quando pediu alguns sushis a la carte, a variedade não era grande e o preço foi bem salgado, ele pediu uma dupla de toro e uma de vieira e saiu 70 reais esses 4 sushis.

Resumindo, o Aizomê tem tudo para te dar uma experiência gatronômica incrível, mas não vá com foco em sushis e sashimis, aproveite tudo que eles podem oferecer.

Ah, quase esqueci, o valor do omakasse é de 190,00 reais.

Abraços

Gourmet San

Comentários

comments

05 Passos para Fazer Sushi

About Gourmet San

Formou-se na Escola de Comunicações da USP mas segue carreira em uma multinacional do ramo da tecnologia. Compartilha no Gourmet San toda sua paixão pela culinária japonesa, que veio da visita de mais de 100 restaurantes diferentes, de centenas de horas de vídeos no Youtube e de muita leitura e bate papo com itamaes. Apesar de seus amigos acharem que ele só come sushi, não dispensa de forma alguma uma boa pizza ou um cheesebacon maionese.

2 comments

  1. Parece bom! hehehe, pena que o uni no BR seja tão feio… (comparando com os do JP)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*